Anote: 6 alimentos que ajudam a queimar gordura para incluir no café da manhã já!

Abacate, ovos e aveia são alguns dos alimentos que, segundo especialistas, vão te dar energia extra e ainda ajudar a controlar a fome até o almoço

6alimentos

ABACATE FUNCIONA COMO UMA FONTE EXTRA DE ENERGIA PARA QUEM SE EXERCITA NAS PRIMEIRAS HORAS DA MANHÃ (FOTO: THINK STOCK)

Pensando numa maneira de queimar algumas gordurinhas extras sem passar fome? A Marie Claire americana consultou dois especialistas em nutrição que indicam seis alimentos como esse objetivo.

Além de acelerar o metabolismo, os produtos da lista ajudarão você a se manter saciada até o almoço. É claro, tudo isso tem que ser combinado com uma rotina deexercícios, por isso a lista também é rica em proteína para ajudar na malhação e naperda de peso.

OVOS

 

Segundo a terapeuta nutricional e chef Christine Bailey, estudos recentes sugerem que, ao contrário do que se pensava antes, as pessoas que começam o dia comendoovos tendem a consumir menos calorias ao longo do dia –um incentivo e tanto para a perda de gordura.

SUCOS VERDES E SMOOTHIES

 

Um café da manhã rico em proteína é a melhor maneira de despertar o metabolismo, diz o nutricionista Rick Hay. Para isso, nada melhor do que fazer sucos que misturem amêndoas, sementes e frutas. “Se você está com pressa, uma mão cheia de amêndoas batida com suco de maçã irão te ajudar a se sentir saciada por mais tempo, graças à combinação de proteína e pectina”, diz o especialista, se referindo ao componente natural de algumas frutas que ajuda nadigestão.

ABACATE

 

“Abacates são ricos em gorduras monossaturadas que funcionam como um combustível extra para o corpo, principalmente aquelas que se exercitam nas primeiras horas da manhã. Também têm pouco carboidrato e uma boa quantidade de proteina, deixando você satisfeita e cheia de energia”, diz Christine.

AVEIA

 

Nutricionista especializada em perda de peso, Jane Michell afirma que a aveia é “uma fonte fantástica de energia” para dar um impulso no metabolismo de manhã cedo. “Eu adoro misturar com frutas como amora, framboesa, sementes de romã, mirtilo e um iogurte light”, sugere.

CHÁ VERDE

 

Trocar o café matinal por chá verde ajuda a melhorar o metabolismo e acelera a queima de gordura, diz Christine. “A maneira mais potente de obter esses benefícios é usando a versão em pó do matchá”, diz. Mas além de consumir o chá quente, a nutricionista sugere misturár a um shake ou a iogurte grego.

TORANJA

 

Ok, a fruta, também conhecida como grapefruit não é das mais populares no Brasil. Mas se você encontrá-la, saiba que ela é rica em fibras que vão controlar seu apetite ajudar a reduzir os níveis de insulina, prevenindo o ganho de gordura. Um substituto? “Tomar um pouco de água morna com limão espremido antes do café da manhã ajuda a purificar e despertar o sistema linfático”, diz Rick.

Crédito: Marie Claire

Curso ensina a preparar receitas nutritivas e saudáveis de papinhas de bebês

Mamães, pais, babás e demais interessados vão poder tirar dúvidas sobre alimentação dos bebês e aprender deliciosas receitas.

bebe banana

A inclusão da papinha na alimentação é um processo de grande importância na formação dos hábitos alimentares dos bebês, tendo influência até mesmo na vida adulta. É o que afirma a nutricionista Carolina Theilacker Sommerfeld, especialista em Nutrição Funcional e Infantil.

A recomendação dos especialistas é que, até os 6 meses de vida, o aleitamento materno seja a a fonte de alimentação exclusiva para o bebê. Após esse período inicia a inclusão da papinhas, e com ela uma série de dúvidas quanto ao preparo, formas de armazenamento, a transição da papinha mais pastosa para a mais sólida, e também sobre como deixar as refeições do bebê mais saborosas,saudáveis e nutritivas.

O programa Mamães em Treinamento da Clínica Finestética promove no dia 9 de junho o curso Cozinhe para seu bebê. O workshop será ministrado pela nutricionista Carolina Theilacker Sommerfeld, especialista  em Nutrição Clínica Funcional e Nutrição Infantil.

 

A nutricionista destaca a importância de que, após o 6 meses de vida, sejam apresentados ao paladar do bebê os diversos tipos de alimentos, com diferentes sabores e texturas para garantir que ele tenha maior facilidade de aceitar os alimentos mais tarde.

“Até hoje no consultório eu tenho pacientes adultos que tem uma restrição de sabores, que comem uma ou duas frutas no máximo, não gostam de salada; tudo por conta de uma introdução alimentar errada nessa fase das papinhas.

No curso, gestantes, mamães, papais, babás e demais interessados vão aprender receitas doces e salgadas, técnicas de armazenamento, combinação de alimentos e muitas dicas para o preparo da papinha ideal para o bebê, em cada fase da primeira infância. O curso acontece no restaurante Hortelã e Pimenta, na Praia dos Amores, em Balneário Camboriú, a partir das 18:30 horas. Ao final do curso, haverá degustação e os participantes ganharão um livro de receitas.

 

Serviço: Curso de Papinhas – Programa Mamães em treinamento

Data: 9 de junho às 18:30 hs

Local: Restaurante Hortelã e Pimenta

Informações e inscrições: Clínica Finestética no telefone (47) 3036-1746 ou  por e-mail: finestetica@gmail.com

Texto: Walkiria Verkade, Assessora de Comunicação da Finestética.

 

 

 

TEIA ORGÂNICA

Buscador online mapeia fornecedores e comerciantes de produtos orgânicos

 

Além de mais nutritiva e saborosa, a alimentação orgânica faz bem não apenas para quem a consome. Ela também contribui para o bem-estar de quem produz e para o equilíbrio do meio ambiente. Para facilitar o processo de consumo de produtos agroecológicos e certificados, surge o buscador Teia Orgânica  um guia online que mapeia fornecedores e comerciantes orgânicos, de todo tipo de cultura, da região sul.

 

No site, os visitantes encontram restaurantes vegetarianos, veganos e convencionais  que priorizam ingredientes orgânicos , lojas especializadas, produtores agropecuários e agroindustriais, feiras orgânicas, além de informações sobre produtos orgânicos manufaturados.

 

A ideia surgiu da dificuldade dos sócios do projeto, Guilherme Soster Santos e Carolina Rigo, em encontrar informações sobre venda e produção de orgânicos, e também da preocupação de ambos com os rumos da alimentação no mundo. A dupla decidiu desenvolver o guia para aproximar cada vez mais as pessoas dos alimentos sem agrotóxicos e livres de fertilizantes sintéticos e dar visibilidade aos fornecedores e comerciantes que acreditam nessa proposta.

 

O Teia Orgânica pretende valorizar o sistema orgânico, apostar no seu crescimento e no fortalecimento dessa rede frente à produção convencional. O projeto também objetiva colaborar para a importância da agricultura familiar, dos produtores agroecológicos, dos empresários do universo orgânico e nos modelos de produção mais sustentáveis  com uso otimizado e responsável dos recursos naturais.

 

Sobre os sócios                    

 

Guilherme Soster Santos – Tornou-se vegetariano em 2005. As poucas opções vegetarianas para se comer fora de casa, aumentaram o seu interesse pelo tema da alimentação. Sua relação com os alimentos saíram da cozinha para chegar ao campo. Trabalhou por um ano em fazendas convencionais podando videiras, colhendo maçãs e ajudando a montar sistemas de irrigação. Vendo no cultivo de alimentos uma linha de produção que usava venenos nocivos a qualquer forma de vida, mas que eram rotulados como saudáveis apenas por serem “verdes”, ele refletiu sobre como eram tratados a natureza e os alimentos entregues para todas as pessoas. Guilherme começou a pesquisar por locais que se preocupassem em ter produtos orgânicos e por propriedades que cultivavam alimento limpo e de qualidade. Nessa busca, encontrou a dificuldade da informação espalhada por sites, blogs e comunidades. Assim, surgiu a ideia do Teia Orgânica.

 

Carolina Rigo – Formada em comunicação social pela PUCRS, Carolina trabalhou em planejamento de comunicação por dez anos. Questionadora do lugar central que ocupa o consumo na atualidade, ela decidiu largar a vida em agência de publicidade para estudar o assunto no mestrado em Processos e Manifestações Culturais na Feevale. Sua preocupação com uma alimentação saudável sempre foi presente e se tornou mais marcante quando, em 2014, engravidou. A tentativa, frustrada, de comer apenas orgânicos durante a gestação foi um elemento impulsionador na decisão de aceitar o convite de Guilherme para se tornar sócia do Teia Orgânica. No entanto, o maior motivo de se engajar no projeto foi o desejo por fortalecer e ampliar esse modo de produção que tem inúmeras vantagens em comparação ao modelo convencional.

 

Teia Orgânica

 

Crédito: Carol Moura/ Assessoria de Imprensa Débora Tessler Conteúdo & Relacionamento

 

Mamães em treinamento: grávidas buscam orientação nutricional para filhos mais saudáveis!

A notícia da gravidez costuma vir acompanhada de medos e um turbilhão de
dúvidas sobre o que é melhor fazer quando se está grávida. A ideia de que
comer bem na gestação é comer por dois já foi há muito deixada de lado, e
por isso, as mamães estão cada vez mais em busca de informações sobre a
nutrição nesse período tão importante da vida da mulher.
A importância da nutrição da gestante esteve muitas vezes relacionada às
conseqüências para o peso da mãe e o risco de obesidade infantil para o
bebê. Hoje as pesquisas mais recentes sobre nutrição na gravidez
confirmam que o desenvolvimento do bebê, em vários aspectos, está ligado
à forma como a mãe se alimenta antes de engravidar e durante a gravidez.

A nutricionista Carolina Theilacker Sommerfeld usou da experiência pessoal
como mãe para desenvolver o programa “Mamães em Treinamento” que
consiste principalmente em acompanhamento nutricional de gestantes. “Após
as descobertas da alimentação durante minha gestação, me motivei a
desenvolver um projeto de atendimento especializado em nutrição maternoinfantil”,
afirma Carolina, que possui especialização na área.
O Mamães em Treinamento existe há um ano e está com uma procura cada
vez maior. Entre as atividades oferecidas pelo pelo programa estão palestras
em grupo com grávidas que estejam no mesmo período da gestação. “A
palestra dura em média uma hora e nós oferecemos um coquetel funcional.
As mães que estão no mesmo período de gestação tem as mesmas dúvidas
e interagem muito nesses encontros.Trata-se de uma experiência de
bastante aprendizado para todas”, afirma a nutricionista.
Além das palestras em grupo, o programa prevê ainda o atendimento
individual para acompanhamento nutricional da gestante. Carolina
Sommerfeld explica que a gestação é dividida em trimestres e que, cada
período da gestação traz especificidades com relação à necessidade de
cada nutriente.
Na consultas individuais, as mães recebem uma orientação mensal sobre o
que não pode faltar na alimentação, quais nutrientes devem ser consumidos,
e se há necessidade ou não do uso de suplementos. Segundo Carolina
Sommerfeld, ao seguir essas orientações nutricionais, a futura mamãe
contribui não apenas para o bom crescimento do bebê, como também para
uma melhor desenvolvimento do sistema gastrointestinal do feto.
“A nutrição adequada no período de gravidez já é relacionada à saúde na
vida adulta dos nossos filhos. Alguns estudiosos afirmam que o que
comemos nos 9 meses de gravidez pode contribuir para que o filho
desenvolva hipertensão aos 30, ou diabetes aos 40, ou até um ataque
cardíaco aos 55”, declara.
O curso desenvolvido por Carolina Sommerfeld e pela sócia, a esteticista
Camila Theilacker, também conta com atendimento estético como drenagens
linfáticas, massagem relaxantes para as mamães e massagem Shantala
para os bebês. O tratamentos são feitos sob autorização do obstetra. “Nós
temos uma maca especial para a grávida deitar de bruço e receber uma
massagem relaxante nas costas. Tudo para a saúde e bem-estar das futuras
mamães e seus filhos”, completa Camila Theilacker.

Crédito: Walkiria Verkade, Assessora de Comunicação.

Chef Kids leva mães e filhos para a cozinha

O próximo fim de semana será de muitos abraços, beijos e de reuniões familiares em torno da sempre saborosa cozinha das mamães. Mas, para integrar ainda mais mães e filhos, o Chef Kids, projeto de educação nutricional sediado em Jaraguá do Sul, vai promover um workshop dedicado à data e com foco da alimentação saudável.

 

Na tarde de sábado, 9, a equipe do Chef Kids ensina preparações especiais de cookies às crianças e também às mamães. O objetivo é oferecer a ambos uma tarde gostosa e repleta de aprendizados. “Juntos, poderão se divertir e aprender sobre uma nutrição saudável”, explica a psicóloga do projeto, Debora Girolla.

 

Assim como nas demais oficinas, realizadas mensalmente pela iniciativa, nesta, os participantes também poderão manipular os ingredientes, preparar as receitas e saber mais a respeito das propriedades os alimentos. As inscrições estão abertas e podem ser feitas pelo telefone (47) 9911-4866 ou e-mailchefkidsbrasil@gmail.com. O investimento é de R$ 140.

 

O workshop será ministrado pela nutricionista Alessandra Gaboardi, das 15h às 17h. As atividades ocorrem na sede do Chef Kids, que fica na Rua Oscar Mohr, 55, no Centro de Jaraguá do Sul.

 

Sobre o Chef Kids

Com o objetivo de despertar nas crianças o interesse pela alimentação saudável, o Chef Kids é um projeto inovador. Por meio de oficinas lúdicas e divertidas, os alunos acessam informações sobre as propriedades dos alimentos e conhecem aromas, texturas, sabores e temperos. Além disso, também manipulam receitas e degustam pratos preparados por eles mesmos com ingredientes cultivados na horta orgânica da iniciativa. Informações e inscrições: (47) 9911-4866 ou www.facebook.com/OficinasChefKids.

Chef Kids - 3

Fontes: Alessandra Gaboardi – (47) 9990-6578 / Debora Girolla – (47) 9911-4866

Foto: divulgação Chef Kids

 

Alimentação vegetariana e vegana também exige cuidados

A cada dia aumenta o interesse das pessoas pela alimentação vegetariana e vegana. Ideologia, religião, paladar, esses são apenas alguns dos motivos que têm levado muitas pessoas a tomar a decisão de não comer carne.

Mas, antes de optar por uma delas, é preciso entender que existem dois tipos de vegetarianos. Os que não comem nenhum alimento de origem animal, nem mesmo ovos ou leite, são conhecidos como veganos. Os outros, tecnicamente chamados de ovolactovegetarianos, só eliminam a carne do cardápio.

Para ambos os grupos, minha orientação inicial é que se tenha muito cuidado na transição de alimentação com carne pela opção sem carne. Cortando os alimentos sem a substituição adequada, pode-se desencadear deficiências nutricionais importantes, como a anemia e atrofia muscular. É também necessário estar atento, principalmente, em relação à falta de vitamina B12. Ela não existe no reino vegetal e não há como repô-la se não for por meio de suplementação.

Em contrapartida, vegetarianos têm menos probabilidade de desenvolver problemas cardiovasculares e alguns tipos de câncer. O excesso de carne vermelha pode aumentar os sintomas de TPM (Tensão Pré-Menstrual) e elevar os níveis de ácido úrico.

O ideal é o equilíbrio, uma dieta vegetariana pode ajudar a perder peso ou não. Isso porque, se a pessoa deixar de comer carne, mas só ingerir massas, ela irá engorda. Sugiro sempre a preparação de um novo cardápio, com a substituição adequada dos alimentos que não serão mais ingeridos. Transformar o vegetarianismo em uma opção saudável de vida vai depender das escolhas posteriores.

Para os que estão pensando em virar vegetarianos ou veganos, elenquei algumas dicas para iniciar a transição:

– Inicialmente, procure orientação de um profissional. É bom fazer um check-up dosando o nível de ferro, vitamina B12, cálcio, magnésio, para saber qual é a sua condição nutricional e metabólica e, assim, repor todos os nutrientes necessários para ter o organismo equilibrado;

– Evite começar pelos cortes no seu cardápio. Adote uma estratégia diferente: comece adicionando frutas, vegetais, legumes e grãos;

– Evite consumir alimentos industrializados sem qualidade nutricional, como embutidos, enlatados, linguiças e sucos de caixinhas;

– Cuidado para não cair na armadilha dos carboidratos e gorduras em excesso. Dependendo do preparo, a alimentação sem carne pode ser muito calórica e engordativa;

– Vá diminuindo aos poucos o consumo de produtos de origem animal. Essa transição pode levar semanas;

– Aprenda a cozinhar, nem que sejam legumes refogados ou grãos, como feijão, lentilha, ervilha e grão de bico. Assim, é mais fácil garantir alimentação de qualidade e com equilíbrio nutricional;

– É interessante frequentar cursos, conhecer pessoas, sites e profissionais que simpatizam com a alimentação vegetariana ou vegana. Com um pouco de motivação e criatividade você vai criar novas receitas e adaptar antigas;

– Ao retirar a proteína animal, lembrem-se das fontes de proteínas vegetais, principalmente, dos feijões, grão de bico, ervilha, lentilha, quinua, amaranto;​

– Outro cuidado: não se encha de produtos de soja! É comum as pessoas que acabaram de se tornar vegetarianas/veganas substituírem os produtos de origem animal (leite, requeijão, manteiga, carne) por equivalentes de soja. O excesso de soja não faz bem, em suma, para pessoas com hipotireoidismo e aos homens.

– Os vegetarianos e veganos podem praticar atividade física normalmente e sem perder massa muscular, quando bem orientados.

Enfim, seja feliz com sua escolha alimentar!

*Cristiane Molon é médica especializada em Nutrologia.

Crédito: Entrelinhas Assessoria de Comunicação.

Está confirmado! Brava Food Truck Festival começa nesta sexta-feira (1º/5)

ITAJAÍ (SC) – Estão confirmados 12 trucks no festival que vai agitar a Praia Brava no próximo feriadão do Dia do Trabalho (1º/5). O Brava Food Truck vai reunir especialistas em lanches, pizzas, sorvetes, café, gastronomia árabe, italiana, vegetariana, entre outros que vêm de várias regiões. Além de opções para todos os paladares, o evento terá a cervejaria artesanal Das Bier como chope oficial. Os organizadores do Brava Food Truck esperam receber mais de 15 mil pessoas durante os dias 1º, 2 e 3 de maio.

O primeiro festival do estilo na região é comandado pelos proprietários do TJ’s Mexican Food, o modelo internacional Marlon Teixeira e o empresário Hamilton Waltrick. O festival vai além da gastronomia e promete surpreender visitantes de todos os estilos. “A nossa ideia é reunir uma galera divertida e que gosta de música, arte, surfe e culinária diversificada. Pretendemos dar sequência no próximo ano e melhorar cada vez mais”, conta o organizador do evento, Hamilton Waltrick.

No primeiro dia de Festival mais de 70 surfistas amadores de Santa Catarina se enfrentam na 1ª etapa do Circuito Itajaí Open de Surf 2015, a partir das 8h. Caso as ondas não estejam em condições para a prática do esporte, o campeonato será transferido para sábado (2/5) no mesmo horário. Já para a turma do skate, será montada uma estruturaHalfpipe, que é uma pista em formato de U, ideal para manobras radicais. Além do esporte, o público poderá conferir exposições fotográficas e para os amantes da arte na pele, tatuadores estarão marcando presença. O festival começa a partir das 14h, todos os dias.

 

Confira os Trucks confirmados

Bib’s Chawarma (Itajaí)

Das Bier (Gaspar)

Italian Food Truck (Florianópolis)

Jet Pizzas (Itajaí)

La Pale Sorvetes (Balneário Camboriú)

Mov’Café (Balneário Camboriú)

Naturalize Food Truck (Florianópolis)

Pepper Jack (Blumenau)

Root Truck (Florianópolis)

Santo Bier (Florianópolis)

TJ’s Mexican Food (Itajaí)

Wagners Europa Food (Balneário Camboriú)

 

Confira a programação musical

Sexta-feira (1º/5), a partir das 19h

Andi Frizzo

Pablo Rodrigues

DJ Grilo

 

Sábado (2/5), a partir das 19h

Serena Trio

Guanabera

DJ Grilo

 

Domingo (3/5), a partir das 19h

João Coiote

Colby Lee

DJ Grilo

 

Brava Food Truck Festival

De 1º a 3 de maio, a partir das 14h. Entrada gratuita.

Av. José Medeiros Vieira, nº796

Praia Brava – Itajaí (SC)

 

Crédito: Slain Franco, Oficina das Palavras.

 

Café da manhã é refeição mais importante para quem quer emagrecer!

Dica é do médico nutrologo, Dr. Fernando Querne, que atende em Balneário Camboriú
Na correria atual, muitas são as desculpas para quem deixa de tomar o café da manhã. Falta de tempo no preparo, falta de fome ao acordar, preguiça, entre outros pretextos fazem parte da lista de quem pula esta refeição e fatalmente acaba descontando nas próximas.

Segundo o Médico Nutrologo da Clínica Conceitualle, Dr. Fernando Querne, muitos são os que ainda pulam essa refeição porque tem preguiça de acordar um pouco mais cedo para fazê-la, ou por não sentir fome quando acordam, ou talvez por desconhecerem sua importância para saúde. “As pessoas precisam entender que o café da manhã é a refeição mais importante do dia e pode ser uma aliada quando o assunto é perda de peso”, acrescenta o médico.
Entre a última refeição do dia e a primeira há um longo período de jejum. No entanto, durante o sono, o organismo continua trabalhando, em um ritmo menor, mas ele precisa manter as funções básicas como respirar, funcionamento cardíaco, circulação, entre outros. Todas essas funções precisam de energia para serem realizadas, por isso quando acordamos devemos repor essa energia.
Dr. Fernando explica que o café da manhã dá ao corpo os nutrientes necessários para que sejam realizadas as tarefas do dia. “Quando não se faz essa refeição é comum alguns sintomas surgirem como tremores, dores de cabeça, mal-estar. Principalmente quem vai para academia logo cedo, é um erro praticar exercícios em jejum”, complementa o médico, que também atua na área de Medicina Esportiva.
Outro ponto importante observado pelo profissional, e que você mesmo pode analisar, é que se você não faz o café da manhã, por mais que não sinta fome, consciente ou inconscientemente vai compensar durante o dia ou à noite, e geralmente com opções bem mais calóricas.
Realizar o café da manhã está associado à diminuição da fome nas refeições seguintes, o que reduz o risco de comer excessivamente ao meio do dia. “Pessoas que costumam fazer o café da manhã logo que acordam, tem mais chances de manter ou controlar o peso”, observa.

Outra vantagem é que realizar uma refeição logo ao acordar vai acelerar o metabolismo, facilitando a perda de gordura.
Mas o que comer? A indicação é que se consuma fonte de carboidrato de baixo índice glicêmico (pão integral, aveia, tapioca), fonte de proteína (carnes magras ou clara de ovo) e também gorduras “do bem” (gema do ovo, abacate, castanhas).

Se você acorda muito cedo para praticar exercícios, pode utilizar suplementos alimentares que não irão pesar no seu estômago e vão fornecer as quantidades necessárias de carboidratos e proteínas.

Mude o hábito de não tomar café da manhã e veja os resultados que terá! Faça o Teste!

 

Dica de Café da manhã completo 


Anote as dicas para um café da manhã completo, que pode ser adequado de acordo com as suas preferências.

– 1 copo de leite semi ou desnatado, ou um copo de iogurte, ou um copo de suco de soja, ou 1 copo de suco natural sem açúcar
– Duas fatias de pão integral, ou quatro torradas integrais, ou seis mini cookies integrais
– Uma colher de sopa de queijo cottage, ou uma colher de sopa de ricota, ou duas fatias de queijo branco
– Uma fruta de sua escolha com uma colher de sopa de granola ou linhaça sem açúcar.

 

Crédito: Agencia A.

Quer emagrecer? Pare de fazer dietas

Nutricionista franco-brasileira lança o livro O peso das dietas que vai contra regimes alimentares restritivos e traz uma intensa pesquisa e conselhos para ter uma vida saudável sem prejudicar corpo e mente!

O peso das dietas é uma obra, publicada pela Editora Sensus, baseada em estudos científicos pesquisados pela nutricionista Sophie Deram que comprovam: “as ditas são, em longo prazo, a mais importante fonte de ganho de peso das pessoas”.

Segundo a autora que é doutora em Endocrinologia pela USP (Universidade de São Paulo), não fazer dieta é o caminho para viver com qualidade e com peso saudável, isso quer dizer que não é preciso cortar o glúten ou se alimentar só de proteínas.

Sophie vai a fundo a todas as pesquisas feitas sobre o tema nos últimos anos e concluiu que os famosos regimes até funcionam no começo, mas cerca de 90% a 95% das pessoas voltam ao peso inicial ou até ultrapassam.  O leitor vai aprender que isso ocorre porque o cérebro não entende a mudança repentina na alimentação como algo benéfico. “O seu cérebro não percebe a perda de peso como um sucesso de beleza: percebe-a como um grande perigo, por isso, desenvolve mecanismo de adaptação para proteger você”, explica Sophie.

A Autora apresenta um método científico e revolucionário, em que a contagem de calorias e as restrições alimentares radicais ficam proibidas, ou seja, para emagrecer, nada de dieta, tudo baseado no estudo da nutrigenômica – a ciência que trata como os alimentos conversam com nossos genes.

“Fazer uma dieta restritiva é uma das coisas que mais assusta e estressa os seu corpo e o seu cérebro”.

A obra te cinco capítulos bem estruturados: Vivemos hoje um terrorismo nutricional, Não sabemos mais o que comer, O poder do cérebro, Os segredos de Sophie e os Segredos de Sophie na Prática.  Ela conta seus “Sete Segredos” para emagrecer de forma sustentável e resgatando o prazer de comer alimentos verdadeiros. No livro também são encontrados dicas de como organizar o seu dia a dia na cozinha, com mais de 50 receitas saborosas e fáceis de preparar.

Para muitos uma receita de porco com shoyu e arroz é um prato extremamente restrito e não se espera encontrar uma receita dessas no livro de uma nutricionista, para Sophie não. “Quero mostrar o quanto é importante escutar seu corpo e não obrigá-lo a seguir numa direção que ele não quer!” afirma.

“Estamos cada vez mais em guerra com o nosso corpo. Em vez de cuidar dele da melhor maneira possível, tentamos obrigá-lo a seguir numa direção que ele muitas vezes não quer ir, porque sabe que não é a direção mais saudável.”

Seu principal objetivo ao escrever o livro é fazer a sociedade refletir  sobre os riscos à saúde que podem ser provocados por regimes alimentares restritivos, além de fazer com que crianças de hoje em dia já cresçam com pensamento saudável.

10 programas imperdíveis da Semana de Design de Milão

A semana de design de Milão tem muitos eventos, exposições e acontecimentos, segue a lista de algumas opções imperdíveis.

Maçka-Residences-by-Gionata-Xerra1-1024x683

Ambiente residencial de projeto em Istambul da Armani Studio

ARMANI CASA – No Teatro Armani extarão em exposição os principais projetos elaborados pela Armani/Casa Interior Desing Studio em várias partes do mundo.  As várias fases da elaboração do projeto e a metodologia de trabalho são ilustradas através de esboços em papel, renderizações, plantas e secções, fotografias, maquetes, layouts, amostras de tecidos e materiais, destacam a amplitude e a riqueza da pesquisa estilística, formal e material.  (Via Bergnone, 59, Zona Tortona)

Hermes_Jungle_life_wallpaper_oggetto_editoriale_720x600

Papel de parede da nova coleção da Hermès: jungle life ombre chinoise

HERMÉS- O show room da marca francesa de luxo em Milão, hospeda a nova coleção de tecidos e papel de parede que vem inspirada em uma selva imaginária povoada por aves exóticas. A coleção de papel de parede Jungle Life traz a assinatura do ilustrador Robert Dallet, enquandto a linha de tecidos Zèbrures, em algodão e jacquard de seda, foi desenhada por Louis Boquin

Innermost

Foto de divulgação da mostra Designjunction Edit de 2014

DESIGNJUNCTION EDIT- . Além das exposições, o lugar pode ser uma boa opção para um break na correria da semana. Um delicioso café projetado no centro do espaço promete seu um ótimo meeting point. Cerca de 30 marcas como Tom Dixon, Nyta, Jaguar, Modus. L Chance, Colé Italia, H Furniture e Beyond Objet, ocuparão a escola Casa Dell’Opera Nazionalle Balila no bairro de San Babila. O próprio Tom Dixon escolheu instalar o seu show room nos 400 m2 do antigo teatro.

Sala_degli_Specchi_355_265

A Sala dos Espelhos do Palazzo Litta

DAMN MAGAZINE E MOSCA PARTNERS sediam no Palazzo Litta uma série de eventos e exposições, localizada próxima ao Castelo Sforcesco. Durante a semana de design, uma seleção de arquitetos, designers e empresas, vão mostrar  seu olhar sobre o tema “Materiais, A Percepção Importa”, interpretando como os materiais afetam e definem um objeto ou uma ideia. Os cenários projetados por Michele De Lucchi e Andrea Branzi, terão ambientações do arquiteto brasileiro Marcio Kogan, do designer Jasper Morrison, Studio Irvine, Punkt, Hans Wegner, Emmanuel Babled, Mario Trimarchi entre outros. Também estará lá a mostra “Made  – O Novo Design Brasileiro” com cenografia assinada por Fernando e Humberto Campana e exposição de peças de 40 designers e marcas nacionais. (Corso Magenta, 24)

artcurial-milan-l-816x1024

 Vista da fachada do Palazzo Crespi

HOUSEWARMING BY FABRICA – A Airbnb se uniu a Fabrica para criar uma instalação experimental celebrando a conexão entre hóspedes e hostes nas residências compartilhadas. O lugar escolhido  é o Palazzo Crespi, uma icônica residência localizada no bairro de Porta Venezia que se abre pela primeira vez ao público. Dezenove designers e arquitetos foram convidados para decorar e reinterpretar os ambientes do antigo palazzo de forma a criar uma casa aconchegante. (Corso Venezia, 20)

CAM00753

 

Instalação da Moooi no ano passado

MOOOI “THE UNEXPECTED WELCOME” –quem quer se inteirar dos lançamentos e comportamento visionário desta marca capitaneada pelo holandês Marcel Wanders. Este ano ele uniu a composição poética de 12 raikus (poemas típicos japoneses com 3 linhas e forma concisa) a nova coleção de tapetes em cenários fotográficos de Rahi Rezvani. Ao todo serão 9 ambientes residenciais ambientados com os novos produtos da coleção.

O espaço de 1,7 mil m2 não decepciona e compensa a viagem até a Zona Tortona (Via Savona, 56, Zona Tortona).

Leonardo-da-Vinci-La-Belle-Ferroniere-1496-624x627

La Belle Ferronniere, pintura de Da Vinci recentemente restaurada pelo Louvre que estará em Milão

LEONARDO DA VINCI – será aberta no próximo dia 15 de abril a maior exposição dedicada a Leonardo da Vinci na Itália,  como parte das comemoraçõs da Expo 2015. A exposição será sediada no Palazzo Reale (localizado ao lado do Duomo, no centro histórico) e ficará em cartaz até 19 de julho.Entre os museus que cederam coleções de Leonardo da Vinci, estão os museus do Vaticano, National Art Gallery de Washington, Louvre, Pinacoteca Ambrosiana de Milão, Galleria Nazionalle di Parma, Metropolitan Museum de Nova York, Galleria degli Uffizi de Florença, British Museum de Londres e muitos outros. São João Batista, a Anunciação, La Belle Ferronnière e o Homem Vitruviano são algumas das obras famosas que estarão em exposição.

Milan-Design-Week-2015-countdown-8-jaw-dropping-design-events-to-see-The-Garden-of-Wonders-Installation-by-Ferruccio-Laviani_2-e1428214427840

Detalhe da instalação projetada por Ferrucio Laviani no Horto Botânico de Brera

O JARDIM DAS MARAVILHAS: UMA JORNADA ATRAVÉS DOS PERFUMES – A fundação  internacional Be Open que apoia iniciativas de desenvolvimento de design e criatividade, investiu no projeto cujo tema central é o perfume. O lugar escolhido não poderia ser mais apropriado, o Horto Botânico de Brera. O projeto de design dos espaços foi assinado por Ferrucio Laviani e as ambientações são compostas por Tord Boontje, Fernando e Humbert Campana, Dimorestudio, Front, Jaime Hayon, Lissoni Associati, Jean Marie Massaud e Nendo. A mostra estará em cartaz durante a Expo 2015 com um preview especial durante a semana de design (Via Fratelli Gabba, 10/Via Brera, 28).

cordata-san-vittore-49-8-e1401194774886

CIRCUITO SANTAMBROGIO –  Ainda que sem o charme e as boutiques famosas de Brera, o bairro respira cultura e está cheio de prédio históricos. Lá estão a Basílica de St Ambrogio, a igreja de Santa Marie delle Grazie, os museus de Leonardo da Vinci, de Ciencia e Tecnologia, e o de Arqueologia, as fundações de Franco Albini e Achille Castiglione, o Trienale de Milão, o espaço Rossana Orlandi… Na Via San Vittore, 49, a exibição Do Ut Design, ocupa uma vila que já foi um convento para expor  design italiano e internacional. Um charmoso e quase escondido jardim com 3 mil m2 vai sediar o primeiro Street Food Festival com a melhor comida típica italiana preparada em trucks food.

photo-8637468432

SALÃO DO MÓVEL – Ele é o motivo maior para que todos os anos cerca de 300 mil pessoas se desloquem para Milão nesta semana. São 2 mil expositores de móveis e acessórios, jovens designers, exposições paralelas temáticas como a Euroluce e o Workplace 3.0. O ideal é dedicar ao menos dois dias inteiros para desbravar os 20 pavilhões do Salão.

Crédito: CASAMIX