Nutrify apresenta o novo Collagen Powder

Produto oferece 8g de colágeno por porção e um mix de vitaminas e minerais. Nutriente combate o estresse oxidativo favorecendo a saúde e beleza da pele.

As preocupações com a estética e o envelhecimento da pele contribuíram para aumentar as pesquisas de alimentos e ingredientes que possuem propriedades terapêuticas, além das funções nutricionais normais. O colágeno é considerado um desses ingredientes, estudos apontam que a ingestão diária de 5 a 10g de colágeno hidrolisado favorece a pele com hidratação, firmeza e elasticidade. Para quem se preocupa em cuidar da saúde e desejam manter uma pele saudável e bonita por mais tempo, a Nutrify, apresenta o novo Collagen Powder em dois deliciosos sabores: laranja e limão.

O produto fornece 8g de colágeno por porção, além de um mix de vitaminas e minerais como vitamina C, vitamina E, Zinco, vitamina A, cromo, selênio, biotina e vitamina D. A ação de Collagen Powder reestimula a síntese do colágeno, favorecendo a saúde e beleza da pele. “A busca pelo corpo perfeito e por uma vida mais saudável tem levado as pessoas a procurarem cada vez mais, uma dieta balanceada com o consumo de produtos saudáveis, que possam melhorar as condições de saúde e promover o bem-estar. O uso de colágeno é essencial para a manutenção de uma pele bonita e rejuvenescida, pois sua deficiência está associada com a diminuição da espessura do fio capilar e coma desidratação e perda de elasticidade da pele, resultando em flacidez e no aparecimento de rugas e estrias”, declara Daniela Martoni, nutricionista e coordenadora de marketing da linha Nutrify.

A suplementação de colágeno hidrolisado apresenta resultados satisfatórios no tratamento da osteoartrite e da osteoporose. É um complemento nutricional considerado forte aliado na prevenção da perda óssea. “Em cada parte do corpo há uma estrutura diferente de colágeno. O colágeno é encontrado nos tecidos conjuntivos do corpo, tais como os ossos, tendões, cartilagens, veias, pele, dentes, bem como nos músculos e na camada córnea dos olhos. Porém, com o início da fase adulta, a deficiência de colágeno começa a ser notada, pois o organismo diminui sua produção, sendo necessária a sua suplementação. Com a diminuição de colágeno os músculos ficam flácidos, a densidade dos ossos diminui, as articulações e ligamentos perdem sua elasticidade e força, e a cartilagem que envolve as articulações fica frágil e porosa”, explica o médico nutrólogo Dr Euclésio Bragança. “ A partir dos 30 anos o corpo sofre uma perda da produção de colágeno por volta de 1 % ao ano. Aos 50 anos, o corpo só produz, em média, apenas 35% de colágeno necessário no apoio aos órgãos de sustentação. Uma vez que o nosso corpo já não consegue produzir naturalmente as quantidades desejadas, é muito importante repor este nutriente depois dos 30 e essencial depois dos 50”, conclui.

O produto pode ser encontrado em lojas de produtos naturais, lojas especializadas em suplementação ou body shops, em redes de drogarias e farmácias de todo o Brasil e e-ecommerce especializado. Não contém glúten.

Crédito: Assessoria de Imprensa Intergralmédica.

Pesquisa aponta consumo de produtos saudáveis com priorização do sabor

Neste cenário, catarinense Nugali Chocolates atende as expectativas do mercado

POMERODE (SC) – Com a chegada do Inverno e o consequente aumento do apetite, chega também a preocupação em não ficar de mal com a balança. Especialmente porque, apesar de todas as tendências recentes de alimentação saudável, as últimas pesquisas do mercado consumidor trouxeram surpresas, demonstrando que os consumidores não abrem mão do prazer na hora da alimentação. Nos últimos anos, havia uma crescente demanda por aspectos saudáveis nos alimentos. E a expectativa do mercado era de que o aumento se mantivesse entre 2014 e 2015. O resultado, no entanto, foi surpreendente: os consumidores estão priorizando o prazer, o que frustra as expectativas de vendas para muitos produtos saudáveis lançados recentemente

Relatório recém-publicado pela IRI, uma das maiores agências de inteligência de mercado do mundo, demonstra que em 2014 o prazer como critério de compra cresceu mais do que a demanda por aspectos saudáveis. Enquanto a compra de produtos por prazer cresceu 3,1%, a compra de produtos por apelos de saúde cresceu menos (2,5%).

Para a indústria, o recado foi dado. Há um interesse pelo consumo de alimentos saudáveis, desde que sejam saborosos. Neste cenário, empresas como a catarinense Nugali Chocolates, que produzem alimentos com ambos os apelos (saúde e sabor), conseguem agradar aos dois lados deste dilema. A diretora da Nugali, Maitê Lang, afirma que esta tendência pode ser observada nas vendas da empresa. “O consumo de chocolates vem crescendo, embora a percepção seja a de que o crescimento maior é por chocolates com teores elevados de cacau, pois são alimentos prazerosos que sabidamente proporcionam benefícios  à saúde”, destaca.

Ela reforça que a Nugali Chocolates foi a primeira empresa do Brasil a fabricar chocolates com 70% cacau, chocolates com 80% e mesmo o chocolate ao leite com teores mais elevados da matéria-prima. “Além disso, utilizamos somente ingredientes naturais, por isso acredito estarmos muito bem posicionados para atender estas expectativas dos consumidores”, completa.

Outros resultados da pesquisa sobre alimentos saudáveis x saborosos

– menor compra de produtos em promoção em detrimento de marcas/produtos desejados (-16%)

– aumento do consumo de snacks (+11%)

– consumo de alimentos prazerosos (indulgent snacks) (+8%)

– Desejo de equilíbrio por prazer e saúde

– Prazer sendo mais decisivo do que saúde (3,1% vs 2,5% nas decisões de compra)

– 59% dos consumidores priorizam prazer no consumo de snacks

– 50% dos consumidores desejam snacks que ofereçam algo além da nutrição básica

(Fonte: IRI – www.iriworldwide.com)

Foto_003-2015 (Chocolate 80)

 

Crédito: Tamires Kardauke, Oficina das Palavras.

Especialista dá dicas para manter alimentação saudável durante a estação mais fria do ano

O inverno é uma estação propícia para o consumo de pratos quentes e combinações mais pesadas, como as massas, por exemplo. Além disso, nesta época do ano, o corpo gasta mais energia para manter a temperatura, portanto, é natural que as pessoas sintam mais fome.

Mas, segundo a médica nutróloga Cristiane Molon, é possível manter uma alimentação saudável e equilibrada mesmo diante das baixas temperaturas, evitando, assim, o aumento de peso. A especialista destaca o consumo de chás, sopas e caldos quentes como uma alternativa para esquentar o corpo sem exagerar nas calorias. “Os chás apresentam vários benefícios à saúde, como a proteção das artérias e o auxílio na digestão. Alguns ainda são termogênicos, ou seja, ajudam a acelerar o metabolismo”, destaca.

O consumo de sopas também é indicado. “Elas aquecem, são pouco calóricas e ricas em vitaminas e minerais que reforçam as defesas do organismo”, resume a nutróloga. Para deixar o prato nutritivo, a dica é utilizar legumes, verduras, carnes magras sem pele e fibras solúveis para engrossar o caldo, como farelo de trigo, linhaça em pó, amaranto ou aveia. “Cuidado com os queijos amarelos. Utilize queijos brancos e, para acompanhar, pães ou torradas na versão integral, que têm maior poder de saciedade”, alerta. Ao preparar este prato típico de inverno é preciso também evitar o uso de temperos prontos ou de creme de leite, que têm uma grande quantidade de sódio e gordura, componentes que aceleram o aumento de peso e podem até agravar doenças cardiovasculares.

O pinhão é outro alimento bastante consumido na estação mais fria do ano, principalmente, em Santa Catarina. Ele é rico em gorduras insaturadas, que são boas para o coração. PA semente possui nutrientes que funcionam como antioxidantes, fortalecendo o sistema imunológico e prevenindo contra doenças ou infecções. “Mas, cuidado, pois o pinhão é calórico, possuindo em média 30 calorias por unidade. O ideal é consumir cem gramas, duas ou três vezes por semana”, acrescenta a especialista.

Além das comidas, a mesa de inverno contempla quase sempre uma garrafa de vinho. A ingestão moderada da bebida reduz o risco de doenças cardiovasculares e demências e ajuda na digestão. “Esses benefícios estão relacionados aos antioxidantes presentes na casca e nas sementes da uva, polifenóis e resveratrol. A quantidade recomendada é de uma taça de vinho ao dia”, orienta.

Nas preparações de inverno, a dica é acrescentar ingredientes como canela e gengibre. A canela, por exemplo, tem ação estimulante, termogênica e digestiva. Ela diminui a compulsão por carboidratos e doces. Já o gengibre é rico em vitamina C, fortalecendo a imunidade e reduzindo o colesterol. “O gengibre contém vitaminas B3 e B6, que ajudam a aliviar os sintomas da TPM, e antioxidantes como magnésio, selênio e zinco. Pode ser usado em chás, caldos e sucos. Os hipertensos devem consumi-lo moderadamente”, explica.

Outras dicas

– Dê preferência às sopas feitas à base de legumes e opte por temperos naturais para realçar o sabor.

– Troque o chocolate quente pelo chá. Chás são ótimas opções para aumentar a temperatura corporal, desde que sem açúcar ou adoçados com mel, agave, açúcar mascavo, açúcar de coco ou xylitol.

– Beba muita água! Não esqueça a hidratação. Embora a transpiração diminua no inverno, as necessidades quanto à hidratação continuam sendo as mesmas.

– O consumo de fibras é fundamental para o bom funcionamento do organismo. Portanto, inclua linhaça em pó, aveia, amaranto, quinua em pó em caldos, sopas, frutas e iogurtes.

– Escolha carnes magras, como frango e peixe. Evite frituras ou carnes a milanesa.

– Consuma mais verduras e legumes refogados, pois eles forram o estômago, diminuindo o consumo de pão, macarrão e batata.

– Prepare o fondue, um dos pratos típicos da estação, com leite desnatado ou sem lactose e queijos magros. Os pães podem ser substituídos por legumes ou carnes.

– Aumentar o consumo de frutas que são fontes de vitamina C (laranja, limão, melão, abacaxi, tangerina e morango) fortalece o sistema imunológico. Na sobremesa, opte por frutas quentes assadas ou cozidas, que satisfazem a vontade de doces e não comprometem a dieta.

– Não se esqueça de praticar exercício físico, essencial em qualquer estação do ano.

Sobre Cristiane Molon

Médica especializada em nutrologia, Cristiane Molon é formada pela UFSC (Universidade Federal de Santa Catarina). Possui, ainda, pós-graduação em Prática Ortomolecular e Saúde da Família, além de cursar especialização em Medicina do Esporte. É também proprietária de Vip Estética, clínica instalada em Jaraguá do Sul. Mais informações: www.cristianemolon.com.br ou www.facebook.com/CristianeMolon.

Cristiane Molon - divulgação (1)

Crédito: Cristiane Molon / Foto: arquivo pessoal

Neste inverno, não deixe o frio vencer a vontade de se exercitar

O preparador físico Marcio Atalla dá dicas de como combater a preguiça nos dias mais gelados e praticar atividades físicas  

 O frio sempre dá preguiça, vontade de comer mais, ficar na cama assistindo TV, entre outras situações que acabam com os planos de uma vida mais saudável e uma alimentação equilibrada. Para que o inverno não faça reféns sob as cobertas, Marcio Atalla, preparador físico e autor do livro A Dieta Ideal, traz dicas para espantar tanto o frio quanto a moleza.

O ideal é aliar o movimento à alimentação. “Como fonte boa e rápida de energia, o ideal é comer algo açucarado pré e pós-treino, sempre com equilíbrio”, afirma Atalla. O açúcar também desencadeia a produção do neurotransmissor serotonina, responsável pela sensação de bem-estar e prazer, o que ajuda o corpo e a mente a se movimentar.

Outro modo de não deixar as baixas temperaturas interferirem na sua disposição é preparar um café da manhã substancioso, que contenha nutrientes que deixem o corpo mais preparado para um dia frio.

Pesquisa realizada pela Universidade de Tel Aviv1 afirma que um desjejum com doses de carboidrato e doces dá mais energia e pode até prevenir o ganho de peso, pois o metabolismo do corpo é mais ativo pela manhã e, assim, é mais fácil de perder as calorias ao longo do dia. O estudo mostra que os participantes que adicionaram doces ao café da manhã perderam mais peso do que o grupo que retirou estes alimentos da dieta, isso porque um café da manhã nutritivo regula a grelina, hormônio que aumenta a fome.

Além da alimentação, Atalla indica seis atitudes que ajudam a espantar a preguiça e incentivam uma vida com mais movimento.

1. Olhe o seu ambiente e encontre oportunidades para se movimentar. “Muitas vezes, as pessoas afirmam que não tem tempo de ir a academia, mas há outras opções viáveis como subir de escada em vez de elevador, nadar na piscina do prédio aos fins de semana, andar até o trabalho, entre outros. São diversas as opções que encontramos ao olhar ao nosso redor”, explica Atalla.

2.Não abra mão de algo que já está marcado para fazer exercícios. “O movimento deve ser uma atitude que lhe traga prazer e não uma obrigação. O ser humano é poupador por natureza, então, o ideal é encaixar a atividade física em um momento que ela não ocupe outro compromisso”, indica o preparador físico.

4. Dê o primeiro passo, de acordo com Atalla, começar já é uma grande conquista;

5. Descubra uma atividade que te dê prazer. Se não gosta de academia, que tal dança, natação ou caminhadas em lugares diferentes?

6. Se possível, envolva outras pessoas. Atividades em grupo ajudam bastante na motivação;

Atalla ainda reforça: “Seja honesto em relação as suas limitações e hábitos. Escolha algo que você possa exercer regularmente de fato, para que o exercício se torne um hábito”.  Além do exercício, a alimentação não pode ser deixada de lado. “O equilíbrio entre o gasto e a ingestão de calorias é essencial para manter um corpo saudável”, completa.

Fonte: 1 Jakubowicz, Daniela; Frow, Oren; Wainstein, Julio e Boaz, Mona. Meal timing and composition influence ghrelin levels, appetite scores and weight loss maintenance in overweight and obese adults. 9 December 2011. Acessado em 02 jun de 2015.

Sobre a campanha Doce Equilíbrio:

A Campanha Doce Equilíbrio, é uma iniciativa da União da Indústria de Cana-de-Açúcar (UNICA), do Sindicato da Indústria de Fabricação do Álcool no Estado de Minas Gerais (SIAMIG) e do Sindicato da Indústria de Fabricação de Etanol do Estado de Goiás (SIFAEG)  e tem como objetivo promover a informação sobre o equilíbrio na alimentação e estilo de vida. Equalizando o debate sobre o açúcar como componente que pode e deve fazer parte de uma vida saudável, a campanha visa o bem-estar da sociedade. Nas plataformas de blog (http://www.campanhadoceequilibrio.com.br/), Facebook (www.facebook.com/campanhadoceequilibrio) e Instagram (http://instagram.com/campanhadoceequilibrio), o público pode acompanhar e participar interativamente dos conteúdos relacionados ao universo do açúcar.

Crédito:  Gaia Temin / Imagens: Google.

Implantodontia e Estética Avançada

Doutor Tadeu Bosquirolli atua a 15 anos em Balneário Camboriú e apresenta a definição das facetas em porcelana ou como também são conhecidas “lentes de contato”, que são lâminas extremamente finas feitas de porcelana, com espessura média de meio milímetro.  Proporcionam nova anatomia estética aos dentes, corrigem imperfeições, manchas leves, lascas e fraturas.

Confira maiores detalhes e conheça um pouco mais sobe o trabalho do Doutro Tadeu em nossa edição, acessando o link abaixo:

Contatos:

implanteguiado.com.br

drtadeu@hotmail.com

Telefone: (47) 3367-4457

 

Crédito das imagens: Xica Lima.

Costa Verde & Mar possui diversas atrações para toda a família

COSTA VERDE & MAR (SC) – O mês de julho está chegando e com ele as férias escolares. Para entreter as crianças e jovens neste período os pais têm que abusar da criatividade, ainda mais no Inverno, em que os dias estão mais gelados e a praia deixa de ser a principal opção. Os municípios da Costa Verde & Mar oferecem uma série de atrações para quem quer aproveitar o recesso com muita qualidade de vida e descontração.

 

Visite um parque – A alternativa é válida para os parquinhos com brinquedos instalados perto de casa até os grandes parques temáticos. A região está cheia de opções como o parque da Atalaia em Itajaí, o das Capivaras e o Calçadão de Itapema.

 

Aprecie a vista de um Mirante – Uma das satisfações de quem passa pela região é admirar as belezas naturais do alto. Entre os mais visitados estão os mirantes de Bombas e do Mariscal, em Bombinhas. Outra sugestão é conhecer os 25 metros de altura do Mirante do Encanto em Itapema ou a vista da Praia Vermelha, em Penha, onde é possível conferir ainda a prática do voo livre.

 

Pedale – Passear de bicicleta não é apenas exercício físico, mas também um entretenimento para todas as idades. Quem quer pedalar com tranquilidade pode escolher as ruas de Ilhota ou de Luís Alves e visitar as praças centrais, atrações religiosas e até conhecer a Gruta Nossa Senhora da Imaculada Conceição.

 

Divirta-se sobre rodinhas – Carrinho de rolimã, patins, skate e etc são algumas das opções para brincar com as crianças. Escolha as áreas sem circulação de veículos como praças ou parques dos 10 municípios e não se esqueça de todos os itens de segurança, que são sempre necessários!

 

Pesque – Aproveite que a região tem uma visão especial para a orla e mergulhe nesta prática. Uma sugestão é realizar a pesca de arremesso em píer turístico como em Navegantes e Itajaí. Ou até mesmo visitar um pesque e pague. Camboriú e Balneário Piçarras possuem algumas opções.

 

Conheça a história – Visitar museus é saber mais sobre a cultura deixada pelos antepassados. Na Costa Verde & Mar é possível conferir o museu Engenho do Sertão e o Eco 360º em Bombinhas ou o Etno-Arqueológico de Itajaí.

 

Faça um piquenique – Quem quer aproveitar os dias de sol de Inverno na orla marítima, uma opção é estender uma toalha, cobrir com muitos alimentos e desfrutar este momento com toda a família. Basta escolher o local de sua preferência para tornar este piquenique ainda mais especial: Bombinhas, Porto Belo, Itapema, Itajaí, Navegantes, Penha e Balneário Piçarras.

COSTA VERDE & MAR

Consórcio Intermunicipal de Turismo Costa Verde & Mar – CITMAR

www.costaverdemar.com.br

www.facebook.com/costaverdemar

https://twitter.com/costaverdemar.

 

Crédito: Martha Kienast, Oficina das Palavras.

Bebida alcoólica prejudica o desempenho na malhação

Aquela cervejinha do fim de semana pode comprometer todo o esforço da semana inteira

 

Parece difícil acreditar que um simples copo de cerveja no fim de semana possa comprometer o esforço da semana inteira, não é mesmo? Mas é verdade! As bebidas alcoólicas em geral prejudicam a evolução física por vários fatores, como a deficiência na absorção de vitaminas e minerais, problemas na produção de testosterona, desidratação corporal, entre outros, como explica o médico do Esporte, Dr. Fernando Querne, que atende na Clínica Conceitualle em Balneário Camboriú.

“O problema acaba sendo justamente maior porque a bebida alcoólica já está implantada no meio social de todos, muitas vezes até incentivada em grande escala”, adverte o médico. Dr. Fernando explica que malhação e bebida alcoólica não combinam, pois para que o corpo evolua, a alimentação precisa ser constante e regrada e o álcool acaba prejudicando a absorção de grande parte dos nutrientes e desregulando outras funções do organismo. Ainda mais quando acompanhado dos famosos tira-gosto.

“É comum ouvir as pessoas dizerem que fazem dieta, malham, consomem alimentos saudáveis e mesmo assim não conseguem perder peso”, avalia Dr. Fernando. Para ele, uma das explicações pode estar no consumo de bebidas alcoólicas.

Para entender melhor, precisamos saber o que acontece com o organismo quando recebe a bebida alcoólica. Ela é absorvida principalmente pelo intestino delgado, o fígado então produz uma enzima chamada desidrogenase (ADH) que transforma o álcool em acetaldeído, uma substância altamente tóxica que acaba se ligando às proteínas e modificando suas estruturas. Toda a alteração metabólica decorrente disso ocasiona até mesmo em acúmulo de gordura no fígado.

Um dos problemas a curto prazo e que acaba sendo um dos maiores inimigos da boa forma é a diminuição da capacidade do corpo absorver vitaminas e minerais, pois enquanto o fígado trabalha para eliminar as toxinas, acaba eliminando também outras vitaminas e minerais que deveriam ser absorvidas. Com isso, o corpo acaba eliminando uma grande quantidade necessária de nutrientes pela urina. “Ou seja, vai faltar vitamina e vai sobrar gordura”, adverte o médico.

A diminuição da síntese protéica em decorrência da ingestão de bebida alcoólica sempre acontece, até mesmo em pouca quantidade. O problema é que, quem espera resultados, não pode nem pensar em abalar sua capacidade de sintetização de proteínas. Calcula-se para quem costuma beber muito seguidamente, uma perda de até 20% da musculatura, que acaba sendo substituída por células de gorduras no final da história.

Uma forte bebedeira acaba causando deficiência de vitaminas B1, B2, B6, B12 e C, todas vitaminas importantíssimas para quem pratica musculação. É praticamente impossível conseguir massa muscular quando se está deficiente dessas vitaminas.

Portanto fica a dica: se o seu objetivo é perda de peso e ganho de massa muscular, fique longe das bebidas alcoólicas, mesmo nos finais de semana.

Crédito: Alx Ferrer, Agência A /  Fotos: Divulgação.

Novo tratamento promete melhorar aspecto das cicatrizes

Produto facilita a regeneração da pele e age também em queimaduras e traumas

 

É praticamente impossível encontrar alguém que não tenha uma cicatriz no corpo. As marcas podem ter sido causadas pelos traumas e acidentes na infância, ou na fase adulta, e também após alguma cirurgia. O que todas têm em comum é o desconforto gerado em quem as carrega, causando constrangimento e muitas vezes comprometendo o convívio social, uma vez que algumas cicatrizes são mais difíceis de esconder e podem chamar a atenção de outras pessoas.

Felizmente, o mercado estético evoluiu muito nos últimos anos e surgiram produtos que podem ajudar a atenuar as marcas no corpo a ponto de se tornarem quase imperceptíveis.

Quem sofre com as cicatrizes, ou tem tendência a formação de queloides em cirurgias, já encontra no mercado o Kelo Cote UV, um gel de silicone transparente e auto-secante, que mantém o equilíbrio hídrico da pele, facilitando a regeneração de cicatrizes causadas por cirurgias, queimaduras ou traumas. O produto vem sendo prescrito pelo Dr. Andy Ern no pós-operatório de pacientes e tem apresentando resultados bastante satisfatórios.

Segundo a administradora da clínica Andy Ern, em Balneário Camboriú, Thalyta Ern, o produto é considerado o “Diamond” do momento por ser uma evolução na proteção às cicatrizes de cirurgias plásticas. Thalyta explica que o Kelo Cote deve ser utilizado para a redução de cicatrizes quando o ferimento estiver completamente seco ou após a remoção das suturas (pontos). “Mesmo que a pele esteja sensível o Kelo Cote é indicado para uso adulto e pediátrico, por possuir fator de proteção UVA, o que ajuda a proteger as cicatrizes dos efeitos nocivos da exposição solar”, afirma Thalyta.

O produto também é indicado para pacientes que fizeram tratamento com luz intensa pulsada, ou laser terapia, principalmente nas mãos, ou áreas que ficam mais expostas ao sol. Por conter silicone e filtro solar em sua formulação, Kelo Cote reduz a irritação causada à pele, principalmente em regiões mais sensíveis.

Segundo Thalyta o ideal é aplicar o produto duas vezes ao dia, 30 minutos antes da exposição solar, por pelo menos dois meses, mas o uso prolongado pode trazer benefícios adicionais.

Embora Kelo Cote não tenha contraindicações, é recomendado evitar a área dos olhos, nariz e boca, não aplicar o produto sobre feridas abertas, ou incisões recentes, nem aplicar sobre a mesma área após utilização de antibióticos tópicos ou outros produtos para a pele.

A administradora da clínica Andy Ern adverte que em menores de seis meses um médico deve ser consultado e que todo tratamento precisa ser acompanhado por um profissional da área. “A indicação de uso é feita somente por um médico”, finaliza Thalyta.

 

Crédito: Alex Ferrer, Agência A /  Imagens: Roney Rodrigues

Mamães aprendem sobre nutrição de bebês em Balneário Camboriú

Na última terça-feira, 9 de junho, um grupo de dedicadas mamães e futuras mamães se reuniu no restaurante Hortelã com Pimenta para o curso “Cozinhe para seu bebê”, ministrado pela nutricionista da clínica Finestética Carolina Theilacker Sommerfeld.

O workshop teve duração de 3 horas. Nele, as participantes receberam dicas importantes sobre como alimentar o bebê de uma forma mais saudável e variada, a fim de estimular bons hábitos alimentares, que permaneçam na infância e também na fase adulta.

No curso, Carolina Theilacker Sommerfeld, que tem especialização em Nutrição Materno-Infantil, tirou dúvidas das mamães sobre a fase de transição do aleitamento exclusivo, introdução das primeiras papinhas para os bebês, até a fase de transição para a alimentação totalmente sólida . As participantes também receberam dicas de como evitar alergias alimentares, aprenderam receitas de papinhas doces e salgadas e formas de conservação e armazenamento das refeições.

A nutricionista explicou ainda para as mamães sobre a escolha dos ingredientes mais saudáveis e nutritivos na preparação da papinha. Ao final do encontro, as participantes receberam um certificado e apostila com dicas e receitas.

O curso “Cozinhe para seu bebê” foi uma realização do programa Mamães em Treinamento da clínica Finestética com o apoio da Cia da Saúde, Elabore e restaurante Hortelã com Pimenta.

Serviço: Programa Mamães em Treinamento – Clínica Finestética

Centro Empresarial Embraed

Av. Marcos Konder, n 1207, sala 68

Telefones: (47) 3046-1746 / 9640-3838

e-mail: finestetica@gmail.com

Texto/Divulgação: Walkiria Verkade, Assessora de Comunicação / Fotos: Carlos Alberto Alves

A vitamina C e a sua pele

Conheça os benefícios desta substância e saiba como usá-la a seu favor

 É sempre bom lembrar: a vitamina C, ou ácido ascórbico é capaz de diminuir os efeitos causados pelos radicais livres, sendo um excelente antioxidante, reduzindo os sinais do envelhecimento.

Quem afirma é a Médica, Adriana Dal Bello, que atende na Clínica Conceitualle, em Balneário Camboriú. Ela explica que a vitamina C, preferencialmente se usada pela manhã, tem efeito fotoprotetor contra os raios UVA e UVB, além de hidratar e clarear a pele, pois inibe a produção da enzima envolvida na produção de melanina, a tirosina.

Adriana informa que a substância pode ser manipulada ou pronta, o que muda de uma para a outra é a concentração da vitamina C. “Podemos também ingerir vitamina C através de cápsulas e da alimentação, com frutas cítricas, e através de complexos vitamínicos, inclusive na gestação e na amamentação”, acrescenta. Entre os alimentos ricos em Vitamina C Adriana Dal Bello destaca o pimentão amarelo, suco laranja e morangos frescos.

Segundo a Médica, a vitamina C é essencial sob todos os aspectos: no funcionamento da pele, incluindo o crescimento, na manutenção e reparo, protegendo-a contra os estragos da oxidação causada pelos radicais livres, agindo também contra feridas e na síntese de colágeno.

Conheça os benefícios da Vitamina C para pele
Dermatologistas descobriram que a vitamina C é um dos melhores ingredientes para combater manchas escuras: ela não somente clareia a pele, mas também inibe a produção da tirosinase, a enzima que cria a pigmentação. Os cientistas também perceberam que a vitamina C não só é essencial para a construção do colágeno e da elastina, mas de fato dá o pontapé inicial na produção dessas proteínas, o que a torna um potente antiidade.
A Doutora Adriana Dal Bello recomenda que, para quem tem a pele sensível, o ideal é que a pessoa experimente produtos com a forma solúvel da vitamina C, para um teste inicial.
A indústria da beleza já sabe há muito tempo que esta vitamina é vital para a saúde da pele,  tanto na alimentação, como em forma de cosmético. Os nutrientes ajudam a formar o colágeno e a elastina, que são essenciais para manter a pele firme e jovem.

Como usufruir da Vitamina C?

A vitamina C é hidrossolúvel e não é sintetizada dentro do nosso organismo. Sendo assim, necessitamos de suplementos advindos dos alimentos ou dos complexos vitamínicos.
A suplementação com vitamina C na forma de cápsulas, é considerada uma potente sequestradora de radicais livres. O método da suplementação é bastante utilizado pelas pessoas que não conseguem manter uma alimentação balanceada, necessitando assim suplementar os nutrientes que estão em carência em seu organismo.
Quando há carência de vitamina C em alguma função do organismo, o corpo a retira da pele, tornando-a vulnerável. O stress físico ou emocional aumenta ainda mais essa demanda por vitamina C, que é sempre retirada primeiro da pele.

Então fica a dica: Tire proveito dos benefícios desta substância acrescentando ao seu dia a dia cosméticos e alimentos ricos em vitamina C. Sua pele agradece!

Crédito: Alex Ferrer, Agência A / Imagens: Divulgação internet e divulgação Agência A