Marcas de peso confirmam operação no Riviera Brava Mall

Empreendimento do Grupo Riviera concentra mix de lojas, gastronomia, utilidades e serviços em um só endereço na Praia Brava, entre Itajaí e Balneário Camboriú

Subway, Chilli Beans, Grão Espresso, Morana Acessórios e Enoteca Decanter são operações já confirmadas para o Riviera Brava Mall, que será inaugurado na Praia Brava, em Itajaí, no segundo semestre de 2015. O empreendimento do Grupo Riviera traz um mix de lojas, gastronomia, utilidades e serviços para o piso térreo do Riviera Business, empreendimento localizado na Avenida Osvaldo Reis, principal eixo econômico da região e que liga as cidades de Itajaí e Balneário Camboriú.

Segundo o presidente do Grupo Riviera, Evandro Dal Molin, as diretrizes que norteiam esse empreendimento podem ser resumidas nas palavras “convergência e conveniência”. “É um pensamento moderno, de reunir tudo num mesmo espaço, para as pessoas ganharem tempo. A nossa proposta é que as pessoas desfrutem da qualidade de vida também nos momentos de trabalho”, explica.

O empreendimento aplica o conceitos dos edifícios inteligentes que criam conexões entre as pessoas, as lojas, os restaurantes e os serviços, poupando tempo e energia, concentrando tudo em um mesmo endereço, evitando deslocamentos desnecessários e potencializando os espaços. Com 2.200 m2 de Área Bruta Locável (ABL) e cerca de 20 espaços comerciais, o Riviera Brava Mall está cercado por todo o Complexo Riviera que integra duas torres comerciais com 398 escritórios, uma torre residencial com 216 apartamentos, um hotel de bandeira Quality com 153 surtes, um centro de convenções que comporta até 600 pessoas, um estacionamento com 1.184 vagas e um heliponto homologado.

R_RB_BOULEVARD_PALMEIRAS_EF-2 R_RB_CORREDOR_MALL_EF-2

Split-ender: o fim das pontas duplas!

cabelos-pontas-duplas-1Toda mulher sofre com as pontas duplas! Seja pelo envelhecimento do fio,
ressecamento, uso constante de secador e chapinha. Quer fazer o teste e
ver se você também sofre com isso? Separe lâminas de 1 centímetro de
cabelo e torça os fios suavemente. Se observar que muitas pontas
sobressaem à mecha, com aspecto esbranquiçado, está com pontas duplas”,
ensina Sergio G, do Hi Salão, hair stylist de Fernanda Lima e Tânia
Khalill.

E o pior: nenhum cabelo está livre das pontas duplas. Mas é possível
tratá-las e preveni-las no salão e em casa. Antigamente, os métodos
usados para solucionar o problema eram o corte à vela, que queimava essas
pontinhas, e o bordado, cujas mechas eram separadas em um centímetro e com
uma tesoura cortava-se ponta por ponta. Os procedimentos levavam horas
para terminar e ainda tinha o risco de causar acidentes, principalmente
com o cabelo das clientes.

“Hoje, um equipamento que realiza todo esse trabalho pelo profissional em
apenas 20 minutos, é o Split-Ender. Com o cabelo alinhado, ele não pode
estar embaraçado, nem crespo, precisa estar seco e limpo, sem nenhum
resíduo, como de oleosidade ou produtos, que poderiam danificar o
equipamento, o profissional passa o aparelho, mecha a mecha, do
comprimento às pontas. As pontas duplas são cortadas e o aparelho não
interfere no formato do corte nem no comprimento”, garante Sergio G.

No salão, você pode optar ainda pela cauterização. O tratamento ameniza o
aspecto de frizz do cabelo decorrente as pontas duplas, mas não evita a
necessidade de corte. “Para manter os fios bonitos, corte, em média, a
cada 60 dias. Jamais corte desfiado, na navalho ou a seco, pois eles podem
favorecer o aparecimento das pontas duplas”, explica Rodrigo Cintra, hair
stylist do Studio W e coapresentador do programa Esquadrão da Moda (SBT).

Em casa, use produtos como protetor térmico, leave-in, óleos sérum e faça
hidratações periódicas com queratina, que ajuda na reconstrução do fio, e
máscaras que selam a cutícula. “Vale dar um tempo na chapinha, secador e
modelador. A chapinha favorece o aparecimento das pontas duplas por conta
da alta temperatura, que causa sérios danos à estrutura do cabelo, como
quebra da fibra, ressecamento e escamação do couro cabeludo”, alerta
Rodrigo Cintra, que ainda ensina como secar as madeixas. “A secagem errada
contribui para o aparecimento das pontas duplas e pode quebrar os fios.
Para secá-los adequadamente, use o secador longe das madeixas, com
intensidade no máximo e temperatura média. Lembre-se de aplicar um bom
protetor térmico antes de iniciar a escovação e o um óleo reparador no
final.”