Nutróloga de Itajaí relembra os perigos do consumo de refrigerantes

Novo acordo garante que bebidas não sejam vendidas em escolas

Um acordo firmado entre as empresas de refrigerante, de renome mundial, tem como intenção garantir que a bebida não seja mais vendida nas escolas para crianças de até 12 anos a partir de agosto.

Os representantes das principais marcas da bebida anunciaram a decisão no fim de junho. O anuncio trouxe à tona mais uma vez, a necessidade de discutir o consumo de refrigerante na alimentação diária. Um levantamento feito pela Pesquisa Nacional de Saúde junto com o IBGE revelou que 32,3% das crianças com menos de dois anos de idade tomam refrigerante ou sucos artificiais. 60,8% delas também comem biscoitos, bolachas e bolos.

A nutróloga de Itajaí Ana Paula Scremin explica que esse tipo de alimento pode afetar a saúde antes mesmo dos pequenos se tornarem adultos. Uma dieta que têm como base refrigerante no lugar da água, pode desenvolver doenças crônicas causadas pelo excesso de açúcar, como a diabetes e problemas sérios como a obesidade infantil, além da elevação da pressão arterial.

“Por que diante de tantos alimentos o refrigerante sempre acaba sendo um vilão? A resposta é simples. Essa bebida, além de não ter nenhum nutriente para o nosso corpo, é rica em açúcar e sódio”, explica a médica.

Uma simples lata de refrigerante (350 ml) tem cerca de 10 colheres de açúcar, ou seja, a quantidade total que você deveria consumir em um dia. “O que precisa ser avaliado é que com tanto açúcar sendo ingerido de uma só vez, o pâncreas precisa trabalhar mais do que deveria liberando insulina. O fígado também acaba prejudicado e não consegue desempenhar bem a sua função, daí transforma o açúcar em gordura” afirma a nutróloga.

Nutricionistas, nutrólogos e médicos relembram estudos que já mostram as consequências de tomar essa bebida. Além de não receber nutrientes, os que já existem no seu corpo como o cálcio acabam sendo eliminados na urina.

Ana Paula Scremin é dermatologista e nutróloga, formada pela Sociedade Brasileira de Nutrologia.

Um comentário sobre “Nutróloga de Itajaí relembra os perigos do consumo de refrigerantes

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s