Brasil é o quinto maior mercado de alimentação saudável

Setor cresce em meio à crise oferecendo sabor e saúde ao consumidor

Nos últimos anos, levado por uma onda saudável, o mercado de alimentação mostra franco crescimento, mesmo em meio à crise. Amparado pela busca por um estilo de vida mais saudável, muitas empresas viram nesse nicho a oportunidade de se instalar e crescer.

O Brasil já é o quinto maior mercado de alimentos e bebidas saudáveis, com volume de vendas de US$ 27,5 bilhões em 2015, segundo levantamento da agência americana de pesquisa Euromonitor.

As opções vão desde os tradicionais light e diet, passando pelos vegetais e integrais, e ganhando ainda mais expressividade em ingredientes pouco utilizados na culinária, como a chia, linhaça e quinoa, e indo até os alimentos livres de lactose e glúten. Fato é que o mercado de alimentação saudável vem crescendo consideravelmente no país, não sentindo os efeitos da crise econômica nacional. De acordo com a Euromonitor, o mercado de alimentação ligado à saúde e ao bem-estar cresceu 98% no país de 2009 a 2014. Ainda de acordo com a agência, que prevê o crescimento expansivo do setor até 2020, terá destaque nesse mercado os produtos que apresentarem maior grau de diversificação.

Com o crescente número de players no mercado, que oferecem produtos similares e em diversas faixas de preços, diferenciação será uma prioridade-chave para os fabricantes. Investimentos em embalagens, além de novos sabores, devem impulsionar as vendas.

unnamed-5

Mini pizza integral Fevitto

Tradição no mercado e crescimento exponencial
Há 8 anos no mercado, a Fevitto Integrais é destaque na capital quando o assunto é alimentação integral e é apontada como tradicional no ramo. A loja cresceu 10% em 2016 e considera a expansão ainda para esse ano. “No ano passado tivemos 17 mil pessoas entrando em nosso estabelecimento. E nós conseguimos isso mantendo a qualidade de nossos produtos e desenvolvendo as nossas próprias receitas, adaptando receitas tradicionais, criando a nossa forma de fazer cozinha saudável”, conta Julio Vavolizza, proprietário da Fevitto. Mesmo em meio à crise, Vavolizza, afirma que o que muda nesse período de instabilidade econômica é o valor que o cliente atribui ao seu dinheiro. “Independente da crise, o consumidor continua comprando, e o que muda é a forma como ele gasta o seu dinheiro. Hoje ele prefere até mesmo gastar mais em produtos que possuem maior valor agregado e mais qualidade do que adquirir similares que não tenham perfil saudável”, afirma o empresário.

Para sustentar a perspectiva de crescimento acelerado, a Fevitto investe na renovação constante do cardápio e na capacitação dos funcionários. “Nossa missão é popularizar o consumo de produtos saudáveis, além de ter preço acessível é fundamental desde que nossos princípios e a qualidade sejam mantidos”, diz Vavolizza. Além dos salgados integrais, a Fevitto oferece sopas e caldos, massas, carnes e opções veganas e vegetarianas de seus produtos.

De acordo com a especialista em alimentação do ISAE/FGV, Fabiana Crivano, o mercado de alimentação saudável tem se fortalecido porque os consumidores estão mudando seus hábitos. “O consumidor, além de mudar seus hábitos, tem se preocupado mais com a questão sustentável e com a saúde também, além de uma preocupação com doenças cardiovasculares, alergias que têm aumentado. E perceptível essa preocupação do brasileiro com a sua saúde”, afirma a especialista.

unnamed-4

Comi Quiche com saladinha

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s