Campanha incentiva arrecadação de potes para armazenar leite materno em Itajaí

O Centro de Criação de Novas Ideias (CCNI) da Allog International Transport arrecadou 373 potes de vidro para o armazenamento de leite materno no banco de leite do Hospital e Maternidade Marieta Konder Bornhausen, em Itajaí. Os potes foram coletados pelos colaboradores da empresa, em uma espécie de competição interna. Os frascos serão usados para armazenar e facilitar o transporte do leite materno doado por mulheres em fase de amamentação, que alimenta e ajuda a salvar a vida de bebês prematuros.
 
De acordo com o representante do CCNI da Allog, Nícolas Reig, o objetivo da campanha foi mostrar aos funcionários da empresa a importância do leite materno para os bebês recém-nascidos e a diferença que ele faz na qualidade de vida e desenvolvimento das crianças recém-nascidas prematuras e de baixo peso. Os potes seguem os padrões solicitado pelo hospital, o que ajuda na preservação da qualidade do leite. 
 
A Irmã Mércia Lemes, diretora geral do Hospital Marieta, explica que a campanha da Allog é importante para o Banco de Leite do hospital para ajudar a receber e armazenar o alimento doado pelas mães que colaboram para manter o estoque sempre no nível ideal. “O leite doado é destinado aos bebês internados na unidade neonatal e é essencial para o desenvolvimento do recém-nascido”, diz. A coleta pode ser feita na instituição e também em domicílio, tudo acompanhado pela equipe do Banco de Leite, que mantém um padrão de qualidade certificado pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz).
 
Os colaboradores foram incentivados a participar da campanha durante a Festa Julina da empresa e através de peças publicitárias enviadas a cada um dos funcionários através do e-mail funcional. Segundo Nícolas, eles também foram orientados a conscientizar seus familiares sobre a importância de doar leite materno.
 
O Ministério da Saúde afirma que o Brasil tem a maior e mais complexa rede de bancos de leite do mundo, com 221 unidades e 186 postos de coleta. O número de doações, todavia, ainda é baixo, e a Rede Brasileira de Bancos de Leite Humano consegue suprir aproximadamente 60% da demanda para bebês internados em Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) neonatais.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s