Desmistificando a ortodontia

No dia a dia da prática clínica observamos que as dúvidas dos nossos pacientes e das pessoas em geral mantêm um certo padrão. Baseado nestas evidências gostaríamos de esclarecer estes questionamentos e mostrar os benefícios que um tratamento ortodôntico de excelência pode trazer para nossa saúde.

1- A criança que possui apenas dentes de leite pode ser submetida a tratamento ortodôntico?
R: Sim, nesta fase chamamos de “Tratamento Ortodôntico Preventivo”, que tem como objetivo interceptar as causas que estão atrapalhando o desenvolvimento normal da dentição. Se não tratados, os problemas que pareciam pequenos na dentição decídua (dentes de leite) acabam agravando na fase adulta.

2- Tratamento ortodôntico fixo (braquetes) pode ser usado em crianças que não possuem todos os dentes permanentes em boca?
R: Sim. Esta fase é conhecida como dentição mista, realizamos o tratamento após constatar por meio de radiografias e exames complementares que a criança possua os dentes anteriores (incisivos) superiores e inferiores permanentes e com raiz completa, e também os primeiros molares permanentes superiores e inferiores (conhecido como molar dos 6 anos). Geralmente são tratamentos de curto prazo, porém o Ortodontista precisa ter um profundo conhecimento de crescimento e desenvolvimento craniofacial. O benefício é grande pois a criança está em franco crescimento, porém se não for bem tratado poderá haver danos irreversíveis.

3- Para que o tratamento seja eficiente é necessário que haja dor, pois assim sei que meus dentes estão movimentando! Verdade ou mito?
R: Mito. O grau de sensibilidade varia muito de paciente para paciente. Dor demasiada pode ser excesso de força, que é muito prejudicial levando a diminuição do tamanho da raiz.

4- Tratamento ortodôntico corretivo fixo (braquetes metálicos, porcelana, lingual) ou tratamento ortodôntico invisível (alinhadores invisíveis) para pacientes adultos. Qual o melhor?
R: Ambos são excelentes a diferença é a indicação correta para cada caso. O tratamento ortodôntico com colagem de peças fixas atinge todos os casos. O tratamento com alinhadores invisíveis está indicado para pacientes que procuram uma solução estética e precisam apenas de uma pequena movimentação.

5- Quanta custa um Tratamento Ortodôntico para paciente adulto e infantil?
R: Esta é uma pergunta que só poderá ser respondida após o estudo do caso acompanhado de exames específicos para cada caso. Desconfie de locais que anunciam preços sem uma consulta e documentação adequada. Cada indivíduo é único e traz consigo uma carga genética. O Especialista em ortodontia precisa realizar um diagnóstico e planejamento de cada paciente tanto para definir o tratamento adequado quanto os valores.

6- Quanto tempo dura um tratamento ortodôntico?                                                                                       R: Em média de 18 a 24 meses, com uma variação de mais ou menos 6 meses. Mas, torno a enfatizar que é necessário um planejamento para podermos dar uma estimativa de tempo, de acordo com o tipo de tratamento proposto.

Por

Dra. Séfora Santos
Especialista em ortodontia
CRO/SC 2313

Séfora Santos Odontologia Integrada
Av Marcos Konder 1207 salas 94 e 95 – centro – Itajaí

Fones ( 47) 3348-2107 e 99916-7970

http://www.seforasantosodonto.com.br

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s