5 dicas para lidar com os primeiros dias de aula

Passar tranquilidade e confiança facilita o processo para crianças que chegam à escola pela primeira vez

Meu filho vai para a escola. E agora? O início das aulas pode até trazer um alívio na rotina da família, mas para quem vai enfrentar a tarefa pela primeira vez, o desafio pode ser grande. A inserção na escola pode ser considerada a primeira experiência de vida social e cultural das crianças, longe da presença constante dos pais ou responsáveis. Esse novo ambiente traz também oportunidades para desenvolver relações sociais e noções importantes de convivência para os pequenos. Para os pais, é um momento que mistura a ansiedade da separação e o sentimento de orgulho de ver a filha ou filho crescer e ganhar autonomia.

Ana Paula Detzel, coordenadora da Educação Infantil do Colégio Santa Maria, de Curitiba (PR), explica que diante desse desafio, a reação de cada criança varia muito e depende de diversos fatores. “Algumas crianças choram, outras podem demonstrar atitudes agressivas ou de isolamento e algumas tiram de letra, mostrando-se tranquilas e confiantes. Diante dessas mudanças é compreensível que os pais também sofram. Cabe à escola, em parceria com os pais, buscar recursos para amenizar o sofrimento durante a fase de adaptação, tornando este período mais ameno, alegre e prazeroso possível”. Para que essa transição aconteça de forma tranquila, Ana Paula listou algumas dicas:

1 – O diálogo com os professores e educadores da escola é fundamental. Uma conversa antes do primeiro dia de aula é um estímulo para que o professor faça um planejamento prévio, para que saiba como agir com cada um de seus alunos e, ao mesmo tempo, garante a tranquilidade que os pais precisam para agir conforme as orientações da escola. Essa tranquilidade, por parte dos responsáveis pelos pequenos, facilitará a chegada na escola.

2 – Visitar a escola com as crianças antes do início das aulas, mostrando os espaços e, principalmente, deixando claro que a escolha do local é motivo de muita alegria para os pais, é um movimento interessante. A criança percebe facilmente quando seus pais estão mais tranquilos e quando a escola está pronta para recebê-los.

3 – Levar a criança para participar da compra dos materiais, para experimentar o uniforme, escolher a lancheira e a mochila também são movimentos facilitadores para o início da formação de vínculos, tão fundamental para uma vida escolar de sucesso.

4 – Poucos dias antes do começo das aulas, é importante conversar com a criança de uma forma simples e direta, contando que escolheram a escola com muito carinho e que ela vai se divertir muito, fazer novos amigos, conhecer novas brincadeiras e que os professores estarão sempre ajudando para aquilo que elas precisarem. Mesmo as crianças muito pequenas precisam participar desse diálogo, para que se sintam acolhidas e seguras.

5- Levar um objeto de transição, bichinho de pelúcia, paninho, chupetas, foto dos pais ou algo que seja de apreço da criança, poderá ajudá-la nos momentos em que se sentir insegura, auxiliando no processo.

Ana Paula lembra que mesmo diante de toda a preparação, quando o primeiro dia de aula chega, as crianças que até o momento mostraram-se alegres, podem reagir com insegurança. “Nesse momento a determinação dos pais é de fundamental importância. Reafirmar que logo voltarão para buscá-las e estar alinhados com os professores é essencial para o sucesso do processo”, explica.

A frequência diária é muito importante, evitando faltas ou atrasos, para que a criança comece a perceber a rotina da qual fará parte e, consequentemente, sinta-se segura como alguém que faz parte dessa rotina, desse espaço.

É importante lembrar que cada criança é única e demanda ser atendida dentro de suas necessidades. Não existe um tempo padrão para o período de adaptação na escola. Por último, Ana Paula ressalta que chorar não significa que a criança não goste da escola mas sim, que está se adaptando. “É um mundinho novo que lhe trará muitas aprendizagens e alegrias futuramente”, garante.

Sobre a Rede Marista de Colégios

A Rede Marista de Colégios (RMC) está presente no Distrito Federal, Goiás, Paraná, Santa Catarina e São Paulo com 18 unidades. Nelas, os mais de 25 mil alunos recebem formação integral, composta pela tradição dos valores Maristas e pela excelência acadêmica alinhada ao mercado. Por meio de propostas pedagógicas diferenciadas, crianças e jovens desenvolvem conhecimento, pensamento crítico, autonomia e se tornam mais preparados para viver em uma sociedade em constante transformação. Saiba mais em www.colegiosmaristas.com.br

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s