A escola e os bebês

Nos primeiros anos da Educação Infantil, os bebês começam a se descobrir, influenciados pela cultura, pelas pessoas e pelo ambiente. Assim a escola desempenha papel fundamental na construção da identidade e da autonomia de cada criança. Até os três anos, o cérebro está em desenvolvimento e formação e é nesse período da vida do bebê, que a interação com o ambiente e a estimulação permitem a construção do aprendizado.

Os bebês são capazes de aprender a se comunicar desde muito cedo. Mesmo sem falar, os bebês já têm um vasto repertório de experiências que devem ser reconhecidos e valorizados pelos educadores que dividem o dia a dia com estas crianças. O professor dessa faixa etária deve ser observador e sensível aos gostos, preferências e manifestações dos bebês (choro, caretas, atitudes), pois estas são as formas que eles se comunicam. Para saber o que é cada coisa, os bebês usam todos os sentidos e aí está o valor da brincadeira, da descoberta e dos desafios que os ajudam a superar seus limites. Para Jean Piaget o sujeito constrói seu próprio conhecimento, processo que se dá a partir da interação com os outros e com o mundo dos objetos e das ideias.

Na escola os bebês se reconhecem entre seus pares, ficam entusiasmados e estabelecem contato entre si. O ambiente escolar deve ser rico em informações e organizado de tal forma que os próprios alunos possam explorar. A escola deve se preocupar em desenvolver a autonomia através da motricidade, jogos e atividades direcionadas e valorizar as relações afetivas através dos cuidados fisiológicos.

Os educadores dessa fase aprendem diariamente com seus bebês decodificando a linguagem e suas necessidades. Eles exercem um papel marcante ao serem estimuladores e facilitadores nesse processo de desenvolvimento, respeitando o ritmo de cada bebê, como ser único, sem comparações de desempenho. O que as crianças precisam nessa primeiríssima fase do seu desenvolvimento, são pessoas que se encantem por elas e com elas, oferecendo-lhes as melhores oportunidades de experiências. Mais importante que materiais bem organizados e um ambiente desafiador, o que faz a diferença numa escola é a ternura, o afeto e a criatividade dos educadores.

Por

Susana Mara Nunes

Coordenadora pedagógica

Centro Educacional Pintando o Sete

http://www.pintandoosete.net.br

(47)3344-1143 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s