Projetos catarinenses se destacam no Concurso Top 100 KAZA

Conheça os cinco projetos que se destacaram e agora representam Santa Catarina na lista com representantes de todo o Brasil

Cinco escritórios e uma característica em comum: criar ambientes personalizados, de acordo com os desejos e a personalidade dos clientes. Aliás, essa é uma das principais vantagens de um profissional que atua na área. Essa sensibilidade foi o que garantiu o prêmio Top 100 Kaza, promovido em parceria com o Shopping Casa & Design, à Cristina Florentin, IRC Arquitetura, Mariana Pesca, Marina Paulo e Rosas Arquitetos Associados. A votação aconteceu em três formatos – júri técnico, comissão de mídia e voto popular nas redes sociais. “A avaliação diversificada, que envolve especialistas, lojistas e público em geral, reforça a credibilidade do processo e valoriza ainda mais os projetos vencedores”, comenta Celso Furtado de Mendonça, diretor do Shopping Casa & Design. 

A conquista levou à premiação do grupo vencedor, em outubro, em Punta Cana, na República Dominicana, um verdadeiro paraíso. Além disso, todos os trabalhos foram publicados na revista Kaza, junto com os outros  profissionais do país que integram a listagem. “O concurso, que é realizado há 13 anos na região, se consolidou como um importante referencial para destacar o trabalho feito pelos profissionais locais”, afirma Celso. Conheça, a seguir, os cinco projetos que levaram o prêmio e encante-se com as soluções propostas pelos profissionais!

Refúgio litorâneo

A arquiteta Mariana Pesca tornou realidade um dos principais sonhos de muita gente: ter um cantinho na praia, para fugir do caos urbano. Aqui, ela ainda tinha um desafio extra, que era misturar estilos que vão do contemporâneo ao industrial. Tudo isso sem perder o conforto e ainda garantir personalidade em todos os detalhes.

Um dos espaços preferidos dos proprietários é o living, que deveria ser usado para atividades como cinema, descanso, convívio e também para tomar um vinho no final do dia. Ter uma área agradável e funcional, então, encabeçou a lista de prioridades. A integração com a cozinha segue a mesma proposta: garantir o convívio. Tanto que a mesa de jantar redonda é um convite às conversas em família! 

Claro que aqui, por se tratar de uma casa de praia, elementos que remetem ao mar não poderiam faltar. Para garantir essa atmosfera, Mariana criou um painel feito a partir de um revestimento em 3D com conchas marinhas. “Assim, conseguimos trazer o mar e a paisagem natural, que estão em frente ao apartamento, para dentro da sala”, afirma. Note, aliás, que esse revestimento vai até a parede oposta, justamente onde está o wine bar. A composição do ambiente ganhou ainda um balanço. 

Outro grande destaque é a marcenaria. Nada de firulas. Formas geométricas limpas trazem a sutileza que os proprietários tanto queriam. 

Bem perto dali, como comentamos, está a cozinha integrada. O azul foi escolhido justamente por remeter à ideia de praia. Mariana mostrou que misturar tons escuros pode ser, sim, uma boa ideia, desde que haja equilíbrio. O marinho e o preto convivem em harmonia por aqui. As portas dos armários ganharam vidros quadriculados e combinam com outros revestimentos escolhidos para o espaço, como mármore e superfície sintética (Corian®). Para arrematar, nada melhor do que toques de rusticidade, como a madeira presente no piso e em alguns detalhes dos móveis.

Vida simples

Menos é mais. Vida simples. Sustentabilidade. Esses conceitos podem ser vistos em todos os cantos do projeto assinado pela arquiteta Marina Paulo, que fez questão de valorizar o convívio e o uso de elementos naturais. O objetivo, segundo ela, era criar uma atmosfera acolhedora e leve. O projeto deste apartamento é um reflexo de tudo isso – e da personalidade do cliente, claro. Uma das prioridades, segundo Marina, foi garantir que os ambientes funcionassem. E a integração fez total diferença nesse sentido. Cada cômodo tem a sua função bem definida, e integração total entre as áreas torna o dia a dia mais fluido. Um bom exemplo é o escritório, que deixou de ter uma divisória convencional para ganhar paredes e porta de vidro. Além disso, outra preocupação foi garantir luminosidade em todo o apartamento. Marina, então, usou revestimentos claros, como o porcelanato do piso, móveis em tons crus e elementos de madeira mais clara. Na parede da sala de TV, a tonalidade do concreto vem para arrematar o equilíbrio da paleta. Memórias afetivas em vários pontos, como móveis e quadros, também deixam o apartamento mais acolhedor. “Todos os cantos deste lar possuem um toque de paz e tranquilidade e contribuem para desacelerar o mundo externo”, afirma a profissional.

Escolhas certeiras

Neste projeto, a arquiteta Cristina Florentin priorizou praticidade e elegância, duas características que combinam perfeitamente com os seus clientes. Segundo ela, os ambientes deveriam ser sóbrios, sofisticados e de muita personalidade. “Queríamos algo diferente do convencional, mas ao mesmo tempo funcional e aconchegante”, comenta. Repare que uma das escolhas, que é a de ter poucos móveis, favorece a circulação. Em relação à planta, ela optou por remover as paredes de um dos três quartos e incorporar a área à sala. Dessa forma, o ambiente de convívio ficou mais confortável, sobretudo, com a varanda, também integrada. O cuidado em garantir equilíbrio também se estendeu à escolha dos móveis. O sofá Moldávia e o painel Sinclair, da Artefacto, garantem personalidade e leveza. Ao redor, móveis (Jader Almeida) dão ainda mais charme à composição. Outro destaque é a mesa de Corian®, que, segundo a arquiteta, “parece flutuar no ambiente”. A luminária Passarinho, da designer Ana Neute, e o espelho com moldura estampa de crocodilo, da Artefacto, arrematam o cenário. 

Sobre a paleta, o verde oliva se destaca na cozinha. Note que os armários têm uma combinação de laca fosca com brilhante. Logo ao lado, no home, é o cinza quem rouba a cena.

Personalidade forte

Beth Isidoro, Bianca Ribeiro e Vivianny Constantino, do escritório IRC Arquitetura, acreditam que uma casa deve ser receptiva, uma vez que o tempo para descanso e lazer está cada vez menor. E foi exatamente isso o que elas fizeram neste projeto, o apartamento de um jovem com uma personalidade bem marcante. “Jovem, admirador de arte, com gostos e preferências modernas, solicitou ao escritório o desafio de representar pela arquitetura de interiores o seu próprio lifestyle”, diz Beth.

O combo “madeira, concreto e preto” foi o escolhido para permear os ambientes do projeto. Tais elementos simbolizam a vida urbana, na opinião das profissionais. No entanto, o aconchego não poderia ser deixado de lado. O trio, então, criou uma área social acolhedora, perfeita para receber amigos. Tudo começa no hall, que possui uma parede de espelhos e outra com um painel ripado de madeira natural (eis uma surpresa: a superfície camufla o lavabo). O mesmo painel contorna a parede da sala e se transforma em uma moldura para a TV. O painel e a prateleira inferior são de cimento queimado. Ao lado, destaque para a estante (com o mesmo estilo) e um bar, ideal para receber os amigos. A mesa redonda logo em frente é um convite a um bom bate-papo.

Na cozinha, brilham a ilha de mármore (Armani) e o mobiliário em tons de cinza. Personalidade não falta ao projeto!

De portas abertas

Um jovem casal que adora receber os amigos! E nada melhor do que planejar uma bela área social para possibilitar muitas reuniões com conforto de sobra. Quem assina o projeto são os profissionais do escritório Rosas Arquitetos Associados, que apostaram em um ambiente gourmet integrado ao terraço.  A bancada de madeira dá rusticidade ao espaço – e ganhou a companhia de banquetas em estilo clássico. Ao redor, linhas retas integram uma mistura equilibrada de estilos. A paleta de cores é leve e neutra, o que faz dos ambientes atemporais e aconchegantes. Em relação ao mobiliário, o posicionamento de cada peça foi pensado com total cautela pelos profissionais para priorizar a boa circulação nos espaços. “Foi um dos principais pedidos do jovem casal”, afirmam o arquiteto Rafael Monteiro. Para arrematar, os detalhes amadeirados que fazem parte da composição dão aconchego. Já os pontos de iluminação em LED destacam todos os detalhes do projeto. Harmonia de sobra por aqui!

Texto: Juliana Duarte Camargo

Crédito das fotos: 

Cristina Florentin Arias – Rudi Razador

IRC Arquitetura – Ronald Pimentel

Mariana Pesca – Mariana Boro

Marina Paulo – Pedro Caetano

Rafael Monteiro – Lio Simas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s