Exercícios ajudam na qualidade do sono

De fato, os problemas com insônia e queixas de sono são muito mais prevalentes e preocupantes do que pensamos. Associado ao aspecto fisiológico, há o fato inevitável do papel socioeconômico com seus fatores estressantes.

Como a ansiedade é um dos marcadores da insônia, um estímulo capaz de reduzi-la poderia promover o sono. Nesse sentido, O’Connor et al. constataram que o exercício físico ocasional contribui na redução do estado de ansiedade e a sua prática frequente apresentou uma considerável redução da ansiedade.

Existem evidências de que a insônia seja um fator de risco para o desenvolvimento da depressão e outros transtornos a nível psiquiátrico. A prática regular de exercícios físicos está bem estabelecida na literatura por ser uma alternativa para reduzir o nível de depressão e, em consequência, promover o sono. A busca pela orientação, harmonização entre a prática correta do exercício físico e as melhoras advindas dessa prática e o rompimento com o sedentarismo devem constituir a primeira e mais importante fase da saúde.

Atenção
A necessidade nem sempre corresponde com a exigência ou preferência pela escolha do tipo e modo de se praticar o exercício físico, por isso, é de suma importância que os profissionais da saúde analisem, adequem e acompanhem os objetivos propostos e seus resultados. Assim, o respeito pelo “poder” da prática do exercício físico deve ser fundamental, mas observado para que a orientação adequada seja respeitada.

Por

Raphael Mello Block

Cref – 4547/SC

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s