Prevenção em saúde mental

Nesses anos todos trabalhando como psiquiatra penso que a prevenção dos transtornos mentais é árdua, mas possível e, sem dúvida, mais assertiva para o processo de saúde. Entretanto, prevenir os transtornos psiquiátricos significa ter hábitos de vida saudáveis e investir no autoconhecimento o que exige esforço e persistência que são valores considerados sem importância para a sociedade moderna.

Em geral, as pessoas estão cada vez mais adquirindo resistência em tomar atitudes, como se estivessem paralisadas diante das facilidades que a vida moderna pode proporcionar.

Vivemos em uma sociedade imediatista que espera respostas rápidas, resultados mágicos e milagrosos de preferência que estejam contidos em uma cápsula para que seja tomada uma vez ao dia e em horários aleatórios para facilitar ainda mais.

As informações sobre quaisquer assuntos aparecem em milésimos de segundos e a veracidade das mesmas não parece ser um foco de preocupação. Isso corrobora para que as pessoas demorem mais para procurarem ajuda quando não estão bem e evoluam para a doença. Muitas atitudes aprendidas por “pseudoespecialistas em saúde” da web confundem as pessoas que muitas vezes tomam atitudes ditas como preventivas e saudáveis, mas que na verdade aceleram o processo das doenças físicas e mentais. A pressa acarreta atitudes impulsivas e o que é inverdade pode tornar-se uma verdade absoluta. Vale o alerta de que é fundamental saber se a fonte da informação é confiável e por quem ela está sendo transmitida.

Outra questão importante é que os relacionamentos interpessoais estão cada vez mais escondidos por uma carcaça estética padronizada, superficiais e descartáveis e isso também gera repercussão negativa na saúde mental e acaba corroborando para a impossibilidade de prevenção.

Além disso, o sedentarismo, a falta de sono reparador e a alimentação nunca foram tão ruins. Pelo menos é o que percebo diariamente no consultório e como observadora do meio. O objetivo da atividade física passou a ser estética, os alimentos multiprocessados viraram regra e a facilidade pela aquisição do carro próprio substituiu a caminhada. Aliado a tudo isso, a bebida alcoólica e outras drogas viraram rotina e contemplar o mar, por exemplo, sem estar intoxicado por elas já parece não fazer mais sentido.

Relaxar, ter tempo para si e refletir, infelizmente, viraram ócio e o trabalho o meio para adquirir cada vez mais bens materiais. Acredito que todos nós saibamos o que devemos fazer para prevenirmos as doenças físicas e mentais, mas nos perdemos nesse emaranhado de conexões individualistas, sem objetivos, sem afeto e sem sentido.

Não me restam dúvidas de que o contexto social no qual estamos inseridos seja a grande problemática e o que vem aumentando sobremaneira a prevalência dos transtornos psiquiátricos. Levar uma vida sem qualidade verdadeira, naturalidade, regras e limites está deixando os indivíduos cada vez mais vulneráveis as situações negativas do dia-a-dia, como as drogas e a internet. E nesse contexto caótico estão os filhos sem pais presentes e atentos.

Mas se pelo menos as pessoas introjetassem a ideia de que são capazes de mudar inclusive o foco da sua vulnerabilidade genética, cuidasse do sono, da alimentação e praticasse 150 minutos de caminhada por semana, conseguiriam prevenir em grande parte as doenças físicas e mentais.

Na proposta de saúde integrada e multidisciplinaridade em saúde mental, quando estamos cuidando com um aspecto da vida todos os outros se beneficiam. Somos um complexo integrado entre corpo, mente e espírito.

Quando falamos em prevenção, não existe algo tão rápido e completamente resolutivo, pois é um processo em que deve haver esforço, atitude e persistência.

PERCA O MEDO E O PRECONCEITO, NÃO PERCA TEMPO, PROCURE UM PSIQUIATRA.

Por

Vanessa Adegas Roese Menin – Psiquiatria e Psicoterapia

Riviera Business, Itajaí – (47) 3046-8286 (47) 99676-5623

Centro Médico Barra Norte – Balneário Camboriú.

(47) 4108-0060 (47) 9 9900-0826 http://www.desvendandoapsiquiatria.com.br

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s