Tempo, tempo, tempo…

Como você tem lidado com o tempo? Você tem sentido ele escapar por entre os dedos ou ele tem parecido se arrastar, fazendo que com que essa fase nunca acabe? Você já percebeu como o tempo parece passar diferente para as mães? Ora a gente quer que ele corra, voe. Chega logo gestação, seja de corpo ou de coração. Chega logo bebê. Chega logo noite dormida por inteiro. Chega logo fim da birra. Chega logo fim da fralda. Chega logo tomar banho sozinho… e assim a gente vai querendo que ele passe, só que de repente, chega.

Um dia você acorda e percebe que os trejeitos deles mudaram. Tem um ar de meninice ocupando aquelas bochechas de bebê. Tem um “ai mãe” no lugar do “mamãe”. Tem um “não precisa” no lugar do “quero colo”. Tem um “não foi nada” no lugar do “dá um beijo, machucou”.

E assim chegam tantas outras coisas e lá estamos nós pedindo para ele parar. Pedindo para o tempo voltar. Querendo sentir de novo a barriga crescer. Querendo sentir de novo o coração acelerar. Querendo sentir aquele hálito fresco de bebê. Querendo ouvir o balbuciar de sílabas. Querendo dormir com mãozinhas e pés sobre você. Querendo alguém correndo em sua direção pedindo um colo. Querendo ser a super-heroína que cura tudo com um beijo. Querendo andar pelas ruas pulando amarelinha nas calçadas.

É o Senhor Tempo. Implacável. Inevitável. Mas ele não acelera e nem para. É sempre igual.

E na verdade, a gente nunca quer que o tempo passe mais depressa. Não se culpe. É só o cansaço, é só o dia-a-dia, a roupa suja, a lista do mercado, essa loucura de “produtividade” que nos fez sentir incapazes. A gente só queria, mesmo, poder descansar um pouco mais e, assim, ter energia para brincar. A gente só queria ter menos preocupações para poder rir de tudo sem pensar. A gente só queria ter rede apoio com quem contar. A gente só queria mais ajuda e menos palpitar. A gente queria, só às vezes, poder o tempo controlar.

Por aqui, também sigo tentando.

Por

Dai Fagundes

Especialista em comunicação e empreendedora da marca

de enxovais infantis Di Mammi. 

Instagram: di_mammi

Apaixonada pela escrita, deseja levar textos com bom-humor e empatia para as mamães.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s