As estratégias e os desafios de reinventar os negócios em tempos de pandemia

Com utilização de espaços abertos, reforço na presença digital e protocolos de higiene, lojistas do Shopping Casa & Design adaptam a forma de atendimento aos clientes – com isso, o empreendimento já consegue operar com 80% de sua capacidade. 

A obrigatoriedade de fechamento de serviços considerados não essenciais a partir de meados de março em Santa Catarina, em função da pandemia da Covid-19, e a retomada gradual de algumas operações nas últimas semanas, fizeram com que o comércio repensasse a forma de atender os consumidores.

Fortalecimento da comunicação pelos canais digitais, oferta de serviços online, utilização de espaços abertos e cuidados redobrados com questões de higiene e segurança sanitária foram algumas das ações implementadas ao longo dos últimos dois meses – e que devem ser mantidas ao longo do ano – pelo Shopping Casa & Design e os lojistas do empreendimento, em Florianópolis.

Como resultado, hoje o Shopping já está operando com 80% de sua capacidade, afirma o diretor Celso Furtado de Mendonça: “aos poucos a rotina vai voltando ao normal, com os clientes retornando, facilitado pelo fato de termos um espaço aberto, com ambientes bastante amplos e ventilados. As pessoas compreendem que isso dá uma sensação maior de segurança e menos riscos à saúde”. 

Nos últimos dias, o Shopping adaptou o espaço aberto de seu boulevard para as operações gastronômicas colocarem mesas a céu aberto. “A pandemia deve acelerar o processo de reposicionamento de marcas e operações que tínhamos iniciado há alguns anos. A partir de agora, a maneira de funcionamento de um shopping center vai mudar bastante, especialmente na visão do cliente”, comenta.

Todos os lojistas têm feito uma série de ações para se adaptar neste período de distanciamento social. As operações que estão abertas seguem os protocolos de higiene e cuidado sanitário (álcool em gel nas portas, limitação de público, uso de máscaras, entre outros). “Nosso auto-atendimento só é permitido aos clientes que usam as luvas que fornecemos na entrada. Além disso, estamos nos planejamento para implantação do sistema de delivery”, diz Thomas Machado, que dirige a unidade d’O Padeiro de Sevilha, ao lado do irmão Theo. “A pandemia deixará uma cultura sem precedente de melhora na questão sanitária, para todos”, comenta. 

Outras lojas da área gastronômica, que estão em funcionamento, também têm apostado no ambiente online das redes sociais para divulgar serviços novos de delivery e retirada (take away) e promoções especiais. O restaurante Las Lenãs Parrilla Uruguaya, por exemplo, fez parceria com diversas plataformas de entrega (como iFood, Rappi, Delivery do Bem), reforçou a atualização de informações pelas redes sociais e iniciou o relacionamento direto com clientes via WhatsApp. “Mesmo após a pandemia, devemos seguir com esses novos serviços”, diz o empresário Omar El Kik.

O uso de canais digitais tem sido outra estratégia fundamental para manter a conexão das lojas de móveis e decoração com os clientes. A Masotti, a Mix e a Evviva, por exemplo, criaram uma série de lives com profissionais e especialistas do setor de decoração, organização e negócios para debater tendências, desafios e novas maneiras de lidar na vida pessoal e no trabalho. O Shopping Casa & Design também tem articulado eventos online para levar conteúdos inéditos aos seguidores.

A restrição de circulação nos ambientes não impede também a reformulação física nas lojas, como a  Evviva, que está investindo em um novo show room. “Além de facilitar o atendimento aos clientes, estamos visando a atualização de opções e tendências disponíveis no mercado. A importância do lar, de transformá-lo em um porto seguro definitivo, nunca foi tão discutida como neste momento de distanciamento social”, reflete Rodrigo Lucas Xavier, proprietário da Evviva Florianópolis.   

A preocupação com o atendimento presencial ao público, dentro das novas normas, também é regra na Moad. “Nossa equipe está bem consciente e cuidadosa com relação à segurança. Mas sabemos que os negócios são feitos entre pessoas, então vamos fazer o melhor pelos nossos clientes, que mantém a máquina andando”, reforça a proprietária Márcia Schmidt. 

Neste ano, o Shopping Casa & Design tem agregado novas operações a seu mix, como a primeira loja em Santa Catarina da premiada cervejaria curitibana BodeBrown e, mais recentemente, a Marmoria Capital, que irá iniciar suas operações no estabelecimento. 

“A comunicação com os clientes será alterada de maneira significativa após esse período de pandemia. Passamos alguns meses sem sair de casa mas mesmo assim resolvemos muitas coisas digitalmente. Isso impacta a operação dos shoppings sem dúvida, mas estamos descobrindo como se reinventar mesmo em um período de dificuldade para todos”, resume o diretor Celso Furtado de Mendonça.

Fotos (crédito): Allan Barbosa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s