Há como medir a felicidade?

Caro leitor, convido-lhe a refletir sobre o que de fato, é felicidade para você? O que lhe vem à mente? Será que felicidade está relacionada aos momentos de alegria? Muitas áreas de conhecimento, bem como, a filosofia, psicologia, sociologia, entre outras, vem dialogando entre si, sobre os caminhos que conduzem a qualidade de vida e bem-estar, ou seja, a tal felicidade.

É bem verdade que hoje temos possibilidades de medir a felicidade. No entanto, antes de medi-la precisamos compreender que felicidade não é um momento, tão pouco um sentimento, mas, sim, um estado de SER (dimensão racional) e ESTAR (dimensão emocional).

Para medir a dimensão racional, ou seja, o estado de SER será necessário olharmos para cinco aspectos da vida:

Vida de relacionamentos (são à base de confiança)?

Vida de engajamento (qual o grau de envolvimento em suas tarefas)?

Vida aprazível (como anda sua balança emocional frente às experiências)?

Vida de realizações (você tem alcançado seus objetivos)?

Vida significativa (qual seu propósito)?

Se você tivesse que medir sua vida de Relacionamentos, de 0 a 10, quanto você avaliaria? Assim você poderá medir os demais aspectos e saberá como anda seu estado de SER feliz.

Já o estado de ESTAR feliz, você avaliará seu equilíbrio, ou seja, sua capacidade de manter estabilidade e harmonia em meio aos desafios da vida.

Seja simples(mente) feliz.

FONTE: Martin Seligman

 

Por

Sue – Ellen Berger | CRP 12/16759

Psicóloga Clínica

Especialista em Avaliação Psicológica

Neuropsicóloga

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s