Esperança

Seria uma crença emocional, ou talvez seja, a fé em possibilidades de resultados positivos? O que de fato, lhe vem à mente: a palavra ESPERANÇA?

Esperança não significa ter fé. O sentido da palavra esperança nada mais é que o ato de esperar algo. No entanto, precisamos entender que toda esperança está sustentada em alguma área de conhecimento. Mas, afinal, quais são os produtores de conhecimento e/ou aspirações da vida? São eles: mito, filosofia, religião, ciência e arte. É por meio dessas áreas de conhecimento que buscamos descrever, explicar e interpretar o mundo.

Vamos aos exemplos para melhor compreensão. Atualmente, muitas famílias (em massa) encontram-se em luto em consequência da pandemia Covid -19. Muitos familiares esperam reencontrar seus entes queridos na eternidade, ou seja, sustentando sua ESPERANÇA por meio da seguinte área de conhecimento: a religião. No entanto, as aspirações filosóficas explicam o luto como uma virtude daquele que reconhece o ciclo da vida, compreendendo sua condição humana e libertando-se do medo – sobretudo da morte. Porém, quando não sabemos onde nossa ESPERANÇA está fundamentada, nos deparamos com o desespero, o vazio e a falta de conhecimento, pois diante dos tempos “mal-ditos”, necessitamos de aspirações.

Onde sua ESPERANÇA está sustentada?

Por

SUE – ELLEN BERGER

CRP 12/16759

Psicóloga clínica

Neuropsicóloga

(47) 99756-4011

Instagram: sue_ellen_berger

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s