Especial semana da mulher: Maralina Pinto de Figueiredo

Dedicação é, com certeza, uma das palavras que descreve a enfermeira esteta Maralina Pinto de Figueiredo. Com uma trajetória profissional desde cedo em destaque, principalmente em Saúde Pública, fica fácil entender o porquê aos 21 anos já liderava em Penha a equipe de saúde da família, de ter sido a primeira enfermeira do trabalho a atuar no parque Beto Carrero World como também, a mais a mais jovem em todo o estado de Santa Catarina a assumir secretaria de Saúde do município. 

Com uma carreira sempre pautada em benefício da saúde de outras pessoas, em 2013 realizou um dos seus maiores sonhos, a criação da sua própria clínica: Verde Esmeralda. Seis anos depois, mergulhou fundo na tendência francesa e inaugurou o primeiro Verde Esmeralda Spa Boutique do Vale do Itajaí. Com inovações em estética integrativa, o local é pura inspiração voltado à beleza com saúde.

Claro, a dedicação com os estudos e atualizações na área também se faz presente na vida da Maralina. Além de pós-graduações em áreas como infecção hospitalar, biomedicina esteta e enfermagem do trabalho, atualmente é graduanda em biomedicina.

E com o tempo corrido, divide seus horários entre a família, o trabalho e os estudos. “As manhãs dedico para minhas meditações, exercícios e a faculdade. O horário do almoço é todo pensado para fazer uma comidinha para meu marido e meus filhos; já o período da tarde dedico aos meus pacientes que atendo no Verde Esmeralda SPA Boutique, em Itajaí”.

Mas, o que significa ser uma mulher poderosa? Maralina afirma que, além de ter autoamor, autoconhecimento, é preciso ser feliz com suas escolhas, mesmo que não agrade a todos. Ser uma mulher poderosa é estar com a pessoa amada, saber acolher os filhos e conseguir transformar vidas.

Entre as lições mais importantes que aprendeu na vida, Maralina destaca que não importa de onde você vem, mas, sim, o que você faz com amor. “A nossa origem é o nosso passaporte, nunca seja vítima. Faça sua história, ajude outras mulheres a vencerem. Sonhos femininos transformam a nossa sociedade em um lugar melhor para vivermos”.

Dica de uma viagem: Brasil – Trancoso | Algarve – Portugal 

Boa comida tem que ter: Amor e sabores 

Livro de cabeceira: “Mulheres que correm com lobos”,
de Clarissa Pinkola Estés

E por fim, ser mulher é sinônimo de: Amar e ser amada, sonho, maternidade, esperança e vontade de transformar vidas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s