Mulheres dominam o mercado da Arquitetura

Profissional de Balneário Camboriú se orgulha da profissão!

O Brasil possui atualmente 193.443 arquitetos e urbanistas atuantes em todo o país, registrados no Conselho de Arquitetura e Urbanismo (CAU). Do total de profissionais registrados até 15/02, 123.997 eram mulheres (64%) e 69.446 homens (36%). Em Santa Catarina, de 7134 registros, 3447 são femininos. E essa predominância tende a aumentar nos próximos anos, uma vez que a parcela de mulheres entre estudantes é bem maior: 67%. 

Quem abraçou a profissão e só tem motivos para comemorar neste mês de homenagens às mulheres foi Natália Xavier, paranaense que escolheu Balneário Camboriú como lar. Por aqui, além de realizar o sonho de abrir o próprio escritório, que completa um ano, ela se orgulha por tantos projetos assinados e pelo reconhecimento na profissão.

A frente do escritório NX Arquitetura, a Arquiteta, formada em 2010, pela União Dinâmica de Faculdades Cataratas (UDC), em Foz do Iguaçu / PR também atuou como professora numa faculdade de arquitetura de Balneário Camboriú em diversas disciplinas como, desenho técnico, projeto e projeto de interiores. A docência entre 2015 e 2019 deu a Natália a expertise e know-how necessários para que ela se destacasse no meio da arquitetura e design e abriu às portas para a maior feira de arquitetura da América Latina, a mostra CASACOR SC, na qual esteve em duas edições e já planeja a próxima, em Florianópolis.

A Arquiteta se orgulha dos feitos na carreira, e mais ainda da representatividade feminina na área. “Vivemos num país extremamente machista, onde ser mulher já é difícil e muitas vezes perigoso, mas observar que aos poucos conseguimos conquistar nosso espaço em diversas áreas e cada vez mais em cargos de destaque, inclusive, me deixa orgulhosa do caminho que estamos percorrendo”.

Ela aponta que a maioria feminina na Arquitetura tem muito a ver com a criação feminina, voltada mais para o lar, onde desde pequenas observamos as mães nos cuidados e decorações da casa, mas também pelo feelling feminino em criar e reinventar as coisas. “Somos criativas por natureza e que mulher não gosta de ver sua casa bem arrumada?”, observa.

Esse talento em recriar espaços, ou assinar projetos completos é que leva à realização profissional, e esse sonho foi realizado, finaliza Natália.

Fotos: William Bucholtz

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s