Especial semana da mulher: Francieli Vasata

Há 18 anos promovendo a saúde e o bem-estar, Francieli Vasata é nutricionista especialista em nutrição clínica, terapia nutricional e diabetes. Formada em tecnologia de alimentos pelo Centro Federal de Educação Tecnológica (Cefet) hoje Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR). Acreditava que seria engenheira de alimentos, porém a vida seguiu outro rumo “e como eu sempre digo: Deus escreve certo por linhas tortas, pois sou extremamente realizada e apaixonada pela minha profissão. Quando colocamos amor e dedicação o universo conspira a favor e as dificuldades se tornam oportunidade de aprendizado, amadurecimento e realizações. Faço do alimento o medicamento da forma mais leve e compreensível, alcançando o objetivo e a realização do meu paciente”.

Inquieta e muito persistente, Francieli nos conta que desistir não é com ela. Sempre em busca da sua melhor versão, coloca o coração, o lado afetivo em tudo o que faz. Dedicação tamanha que se faz presente nos cuidados com a filha de 11 anos. “As mamães irão concordar que trabalhar, cuidar de filhos e da casa não é uma tarefa fácil e nada calma. Então divido minha rotina e mando ver. Consultório, filha e casa… e amo essa loucura, essa rotina, essa correria. Não me vejo fazendo diferente”.

E para ela uma mulher poderosa é ser você mesma acima de tudo. “É nunca esquecer quem é, quais são as suas vontades e seus sonhos. Sabe, quando você acredita nas suas habilidades, projeta uma força imensurável, o que lhe torna com toda certeza uma mulher incrivelmente poderosa”.

Entre os aprendizados, “a maior lição, e acredito que uma das mais doloridas que aprendi foi que a vida acaba. Não somos donos de nada. Então viva como se fosse o último dia, ame, cuide de seus filhos, se cuide e aproveite muito seus pais. PS: mãe, te amarei eternamente”.

Dica de uma viagem: Mulheres, vão a Miami! 

Boa comida tem que ter:  Nutriente, brincadeirinha… tem que ter sabor de quero mais, sabor de olhos fechados e estrelinhas brilhando.

Livro de cabeceira: “Os quatro compromissos”, de Dom Miguel Ruiz.

E por fim, ser mulher é sinônimo de: Amor, força e coragem. Eu amo ser mulher.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s