Especial semana da mulher: Fabiana Zarske

Cuidado com a mulher levado a sério. Ginecologista e obstetra, Fabiana Zarske cuida de mulheres em todas as fases de sua vida, pré-adolescência ao climatério. “Cuidar das mulheres com empatia, entender sua intimidade, acolher suas dores e celebrar o milagre da vida é o que me motiva, é a minha paixão”.

Desde pequena já sabia que um dia seria médica, não como profissão, mas, sim, por vocação. Sabendo disso, é possível dizer que Fabiana, apesar da timidez, é uma mulher determinada, que corre atrás dos seus objetivos com foco e coragem. E não para por aí. Quem a conhece sabe que sempre se preocupa com o bem-estar das pessoas que ama e que estão ao seu redor, sendo muito ligada à família e a seus E por falar em bem-estar, Fabiana igualmente leva a sério os cuidados com sua própria saúde mantendo uma boa alimentação e prática constante de atividades físicas.  

Entre suas paixões, destaca as viagens. “Gosto do novo, explorar praias, pistas de esqui, cidades históricas e grandes metrópoles. Mas também amo o meu canto; no tempo livre gosto de curtir minha casa, assistir a meus filmes e desacelerar um pouco da rotina caótica. Procuro utilizar meu tempo livre igualmente para estudar. Em minha profissão é obrigatória constante atualização”.

Poder feminino

“Eu amo as mulheres e tudo que envolve o feminino. Eu escolhi a mulher como profissão e encaro isso como um dom, pelo qual tenho muito respeito e gratidão. Para mim, uma mulher poderosa é uma mulher independente, que usa da sua inteligência feminina para alcançar seus objetivos e que se valoriza e se se coloca em primeiro lugar. Que ama aos outros, mas que ama primeiro a si mesma. Que cuida de tudo e de todos, mas que se cuida também. Ela é mãe, mulher e profissional, com amor e delicadeza, mas com força e determinação. Eu tenho a honra de ter crescido e convivido com muitos exemplos de mulheres poderosas. Minhas avós e minha mãe são, para mim, grandes inspirações”. 

Dica de uma viagem: Tulun, em Cancún, no Méxicoa. 

Boa comida tem que ter: Sou muito formiga,, então vamos de sobremesa; tendo chocolate está tudo certo. 

Livro de cabeceira: “Seja a pessoa certa no lugar cero”, de Eduardo Ferraz.

E por fim, ser mulher é sinônimo de: Força e graça

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s