Especial semana da mulher: Silvana Schatt

Autenticidade e elegância são palavras que fazem parte da essência da estilista e designer de moda, Silvana Schatt. Com atelier há mais de 15 anos, além de esbanjar talento e conhecimento em suas criações, é igualmente expert em modelagem, moulage (que é a modelagem tridimensional muito usada na alta costura e que garante um caimento impecável), costura e borda. “Posso dizer seguramente que quando o assunto é moda, sou uma mulher polivalente”. 

Com uma rotina diária intensa, Silvana divide seus horários entre a casa, o atelier em Bombinhas e os atendimentos domiciliares em Itajaí, Balneário Camboriú, Itapema e outros municípios da região. Hiperativa, perfeccionista e altamente exigente consigo mesma, a estilista nos revela ainda que determinação é outra palavra que a define. E, é claro, em meio a essa loucura de horários, também sempre encontra um tempinho para se cuidar. 

Cozinhar para quem ama é outra de suas muitas paixões. “Modéstia à parte, quem experimenta minha comida quer mais; adoro receber amigos em torno da mesa e gosto de mesclar momentos de pura adrenalina com outros de introspecção”.

PODEROSAS

“Acho que o empoderamento feminino não é apenas um privilégio das mulheres bem-sucedidas profissionalmente, que ocupam papéis de destaque na política, na economia, na sociedade organizada como um todo. São ainda mais poderosas aquelas mães que conseguem criar seus filhos sozinhas em meio a uma sociedade ainda machista e preconceituosa, as mulheres que conseguem se livrar da violência doméstica e dar continuidade às suas vidas, entre outras tantas. Mulheres poderosas são todas aquelas que contribuem para uma sociedade melhor, independentemente de formação, classe social, poder econômico”.

Dica de uma viagem: O Velho Mundo. Amo Portugal, Espanha, Itália e França.

Boa comida tem que ter: Amor. Cozinhar é a arte de servir, transformar, agradar, cuidar. 

Livro de cabeceira: Amo Mia Couto, José Saramago, mas acabo voltando sempre para “Vigília: salmos para tempos de incerteza”, de Roberto Zwetsch.

E por fim, ser mulher é sinônimo de: Amor incondicional, garra, determinação, desprendimento.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s