Brincar é fundamental

Nos primeiros anos de vida, o brincar representa uma situação de criatividade espontânea que enriquece o conhecimento, a sociabilidade e as funções cerebrais no processo de aprendizagem. Ao brincar, a criança emite criatividade, expressa fantasias, sensações, e emoções internas e adquire maturidade, resultados esses que a gratificam continuamente. 

O brincar ajuda a criança a ter consciência sobre o próprio corpo, ao correr, pular, cair e levantar, ela conhece suas possibilidades e limitações, ao mesmo tempo em que desenvolve diferentes habilidades psicomotoras.

É no processo lúdico que a criança constrói seu espaço de experimentação, de transição entre o mundo interno e o externo. É nesse espaço transacional que os aspectos anatomofuncionais do sistema nervoso (linguagem, audição, visão) são fundamentalmente estimulados por meio das brincadeiras adequadas na infância.

Brincar, é construir possibilidades, é aprender regras.  Minha inspiração desse texto foi baseada no livro: Brincar é fundamental (Luciana Brites).


Priscila Mafra | CRP 12/16760

Psicóloga da Infância e Adolescência
Neuropsicóloga
(47) 9 9187-3868
@psicologapriscilamafra

Neuroclin – Clínica Integrada de Avaliação e Estimulação Cognitiva

Rua Umbelino Damásio de Brito, 126 | Centro, Itajaí – SC
@neuroclin.sc

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s