Escritório Ana Trevisan assina ambientes na CasaCor Santa Catarina

Foto por Fabricia Pinho

Mostra acontece até o dia 29 de agosto, em Florianópolis.

O escritório Ana Trevisan Paisagismo + Arquitetura é um dos que compõem o seleto time da Casa Cor Santa Catarina 2021. Além de assinar o paisagismo do Espaço +1, que abriga a mostra, o escritório conta com dois ambientes: a praça de contemplação, logo na entrada do evento, e os dois rooftops no terraço. “Nossa proposta é trazer um olhar diferenciado para a contemplação deste novo viver que estamos construindo. Trabalhamos nesta proposta desde o início do ano, com mais de 900 metros quadrados trazendo a nossa assinatura e aproximando o visitante da natureza”, comenta Ana Trevisan, diretora criativa do escritório.

Confira os diferenciais dos ambientes:

Quem cria, nasce todo dia

Quem chega a Casa Cor Santa Catarina, logo na entrada, ao lado do estacionamento, encontra o ambiente Quem cria, nasce todo dia. A praça tem 270 metros quadrados de vida pulsante, é um ambiente de convívio para quem está prestes a prestigiar a mostra ou até mesmo recarregando suas energias após a visitação. O local tem uma iluminação diferenciada, trazendo um aspecto cênico para o espaço durante a noite. Ainda conta com um bicicletário e outros bancos para serem utilizados pelos visitantes. “Aqui a vida pulsa e as áreas externas foram pensadas para serem um convite a permanecer e sentir a paisagem envolta. A paginação de piso e sinalização do pedestre demarca as áreas em duas cores de pavimentos drenantes. E rasgos com piso grama invadem a área de estacionamento e levam o verde para a superfície dura e concreta”, destaca Ana.

O grande diferencial desse ambiente são os cubos produzidos e os bancos “Toin oin oin”, assinados por Jaime Lerner, ao centro, convidam a todos a uma pausa para a reflexão individual.“Esses cubos são instalações que trazem uma analogia sobre o tempo em que vivemos dentro de nossas casas, isolados, mas mostrando o quanto ainda temos a viver, um atrativo para que os visitantes se sentem e tirem um tempo para reflexão”, pontua Ana.

O jardim, que também utiliza plantas nativas da Mata Atlântica, possui no chão rasgos com piso de grama que levam o verde na sobreposição com o concreto e invadindo o estacionamento, o qual também possui quaresmeiras roxas e patas-de-vaca, que trazem beleza e leveza, além de projetarem sombras nos carros estacionados no local. O jardim ainda conta com forrações de Streliztias, helicônias, costelas de adão, íris, dentre outras espécies.

A noite o jardim ganha iluminação pontual e cênica, criando uma ambiência diferenciada. “E como dizia o arquiteto Jaime Lerner: ‘Quem cria nasce todo dia’ e assim a vida segue seu fluxo”, ressalta a diretora criativa do Escritório, Ana Trevisan.

Rooftop 20 | 21

Localizado no terraço da CasaCor, o ambiente conta com 400 metros quadrados que estimulam a convivência ao ar livre, com a vista para as paisagens naturais a sua volta, como a encosta coberta com Mata Atlântica e a baía de Santo Antônio de Lisboa. “O Rooftop 20|21 recebeu esse nome em referência aos anos que transformaram nossas vidas, nos conectaram com nossas casas, com a natureza e com os ambientes ao ar livre. Os terraços foram idealizados para ter uma atmosfera cosmopolita e contemporânea, inspirados nos topos de edifícios de grandes centros urbanos. Acreditamos que um espaço de terraço pode ser ocupado para o convívio e contemplação da paisagem e criamos espaços diferenciados que podem acomodar as pessoas de várias formas”, destaca Ana.

Com uma proposta de paginação diferente, o escritório criou “rasgos canteiros” com o piso cerâmico Blue de Savoie, piso que foi escolhido por sua originalidade e raridade. O grande formato 120×120 guiou na modulação de “rasgos” que recebem os vasos de concreto. Seixos grafites dão acabamento e contrastam com o tom cinza dos vasos e cinza azulado da cerâmica.

As peças escolhidas aliam design na sua forma e função, todas em alumínio com corda náutica, materiais indicados para áreas externas, ressaltando também a sustentabilidade dos materiais escolhidos. Os tons presentes nas plantas e no entorno, se estendem para o mobiliário, matizes de verde, laranja, bege e cinza formaram um mood que trouxe vida e sofisticação aos terraços.

Os vasos de concreto bruto foram os escolhidos, material que em sua forma nua e crua, sem pintura ou revestimento enaltece a beleza do imperfeito, na essência da sua forma. Diversos formatos, retangulares, oval, cônicos e bacias foram dispostos para formar os conjuntos. A vegetação entra de forma distribuída conforme a função: proteção, sombra, ambientação, todas as espécies presentes levaram em consideração as intempéries de vento características dessas áreas.

Na composição variados tons, texturas e flores que criam uma ambiência tropical. Destaque para as Streliztias brancas, crótons, moreias, bulbines, xanadus, dentre outros.

Todos os vasos receberam irrigação automatizada, um recurso importantíssimo para a saúde e desenvolvimento das plantas. Além de ser sustentável, pois economiza água, visto que é disponibilizada somente o necessário para cada espécie. “Através de um aplicativo, controlamos o sistema, aliando tecnologia a favor da natureza. O projeto luminotécnico destaca a iluminação de forma indireta, minimizando o posicionamento de facho concentrados dentro dos vasos”, pontua Ana.

Nos perfis metálicos, que tem a função também de demarcar as áreas de canteiro, foram colocadas fitas de LED resistentes à umidade. Nas paredes do guarda corpo, arandelas trazem charme e demarcam o local. Para uma iluminação mais ampla do espaço, foram posicionados postes, que iluminam de cima para baixo, estimulando o uso noturno do local.

A Arte urbana também se faz presente, com um grande mural produzido pelo artista visual Sérgio Casalecchi, o Cazão, que torna o espaço ainda mais instagramável. O Casulo, no rooftop 20, será o espaço que convidará o visitante a vivenciar uma experiência gastronômica preparada pelo chef Narbal Correa. Uma luneta, no rooftop 21, foi estrategicamente posicionada para proporcionar aos visitantes uma completa observação as belezas das encostas e da baía de Santo Antônio.

No mobiliário, com a assinatura da marca Tidelli, destaque para o biombo, um lançamento no mercado e que está sendo utilizado pela primeira vez no Brasil com exclusividade pelo Escritório de Ana Trevisan.

O espaço ainda conta com playlists próprias montadas por DJ’s catarinenses e que estarão disponíveis no perfil do escritório no Spotify.

SERVIÇO:

O que: CASACOR/SC – Florianópolis

Quando: 17 de julho a 29 de agosto

Terça a sábado: das 13h às 21h

Domingos: 13 horas às 19 horas

Instagram: @casacorsc  | @anatrevisan.arquiteta

Fotos por Lio Simas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s