SETEMBRO AMARELO: Alimentação X Depressão

Você sabia a alimentação tem forte impacto sobre a saúde mental das pessoas, podendo prejudicar ou ser um forte aliado na prevenção da depressão?

Sim, estudos demostram que pessoas que habitualmente consomem alimentos com alto índice glicêmico, ricos em gorduras e pobre em nutrientes tem maior propensão a desenvolver depressão, isto porque estes alimentos causam liberação de ocitocinas pró inflamatórias e consequentemente ocasionam muito processo inflamatório ao nosso corpo, além de que a deficiência de algumas vitaminas e minerais (complexo B, D, zinco e magnésio), estão diretamente relacionadas a depressão.

Mas é possível através da alimentação ter uma melhora significativa no quadro da depressão bem como prevenir a doença.

A alimentação anti-inflamatória é fator primordial no bom funcionamento do corpo e principalmente para a ação dos neurotransmissores e na produção de substâncias essenciais com dopamina, serotonina dentre outras.

A serotonina é conhecida como o hormônio da felicidade, do bem-estar e da satisfação plena e de fato quanto maior a quantidade desta substância em nosso corpo, menores são as chances de depressão. Por esta razão é muito importante incluir na alimentação percursores da serotonina. O principal percursor da serotonina é o triptofano é através da presença deste aminoácido que nosso corpo produzirá a serotonina.

Então segue uma lista de alimentos ricos em triptofano para você incluir diariamente em sua dieta: o ovo, o leite e seus derivados, a aveia, as castanhas, o abacate, a banana, o cacau, o kefir e os peixes são excelentes fontes desse aminoácido;

Mas lembre-se que também temos horários estratégico para ingerir estes alimentos, estudos demostram que no final da tarde estas substâncias como dopamina e serotonina estão em queda, então inclua preferencialmente no lanche da tarde estas opções de alimentos ricos em triptofano. Assim é possível manter os níveis destas substâncias em equilíbrio e em quantidade suficiente para o bom funcionamento do metabolismo.

Faça da sua alimentação uma aliada na saúde do seu corpo, valorize os alimentos in natura como as frutas, os vegetais, as leguminosas, as oleaginosas, os cereais integrais, as fontes de gorduras boas e procure fazer um rodízio entre eles, para ter melhor aproveitamento de todas as vitaminas e minerais que seu corpo necessita. Evite os alimentos pró inflamatórios, ricos em açúcares, gorduras, sódio e pobres em nutrientes (ultra processados, industrializados) e viva com mais qualidade.


Aline Cristina Torquato Schmitt

Nutricionista Pós-Graduada em Comportamento Alimentar
@nutrilavieclinica
📱(47) 9 9225-4142

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s