Como o autismo afeta o cérebro?

O Transtorno do Espectro Autista acaba impactando diretamente o sistema nervoso do indivíduo. Dentre muitas outras coisas, acaba havendo uma distorção em áreas de grande importância no cérebro como: cerebelo (o tônus muscular e o equilíbrio dependem dele), sistema límbico (responsável pelos comportamentos sociais e pelas emoções) e hipocampo (parte integrante do sistema límbico e ligado à aprendizagem).

É possível notar que qualquer alteração nessas partes significa condições prejudiciais à pessoa afetada:

1) Dificuldade ou atraso no processamento de informações obtidas a partir dos olhos;

2) Dificuldades para assimilar os sinais sensoriais que chegam ao cérebro;

Tal bloqueio de recepção de estímulos sensoriais é, geralmente, impulsionado com reações inesperadas por parte das crianças: choro, grito, tiques;

3) A desordem no campo sensorial pode provocar também uma grande rejeição aos ruídos (audição) e a outros sentidos do corpo.

A estimulação de forma interdisciplinar é de extrema importância para intervir em todos os aspectos que possam atrasar o desenvolvimento global do paciente e melhorar sua qualidade de vida.


Priscila Mafra | CRP 12/16760

Psicóloga da Infância e Adolescência

Neuropsicóloga

📱 (47) 9 9187-3668

Neuroclin

Rua Umbelino Damásio de Brito, 126 – Centro | Itajaí -SC

@neuroclin.sc

@psicologapriscilamafra

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s