Mutismo Seletivo: entenda o que é e como tratar

Você já conheceu uma criança que costuma se comunicar verbalmente com determinadas pessoas, mas que, quando em contato com outros, não fala nenhuma palavra? Pode parecer timidez e em alguns casos até é, precisamos prestar atenção para o fato de a timidez afetar os pequenos em algumas funções, sobretudo aquelas que exigem contato físico e dinâmico com seus pares. Entretanto, uma criança tímida não deixa de falar completamente. Ela pode moderar a frequência, mas não deixa de se comunicar, desta forma, a situação pode ser mais séria e este comportamento pode ser identificado como mutismo seletivo. Mas afinal, o que é isso? Trata-se de uma disfuncionalidade, que afeta diretamente a comunicação por parte da criança, no entanto, o pequeno não deixa de falar com quem não faz parte do seu grupo por mera intencionalidade, não é um comportamento voluntário. Os sintomas e as condições coexistentes podem variar de acordo com a singularidade de cada um, mas tendem a gerar sofrimento ao indivíduo e aqueles à sua volta. Apesar de poder ser percebido ainda na infância, o Mutismo Seletivo pode se estender pela adolescência e pela vida adulta sem ser de fato diagnosticado. Opções de tratamento existem e podem ser muito efetivos, principalmente quando abrangem acompanhamento profissional multidisciplinar e o apoio da família.


Priscila Mafra | CRP 12/16760

Psicóloga da Infância e Adolescência

Neuropsicóloga

📱 (47) 9 9187-3668

Neuroclin

Rua Umbelino Damásio de Brito, 126 – Centro | Itajaí -SC

@neuroclin.sc

@psicologapriscilamafra

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s