O MEDO DO MEDO, VOCÊ JÁ SENTIU?

‘Eu estava dirigindo pela BR, quando comecei a sentir náuseas, dor no peito, taquicardia, transpirava muito, me sentia sufocado, a respiração estava curta, a leitura foi “estou enfartando”. Parei o carro e sai correndo desesperado pela BR, a sensação era que, correndo iria conseguir respirar melhor e chegar mais rápido a um hospital’.

Este é o relato do meu paciente, com crise de pânico. O pânico provoca uma descarga de noradrenalina e de adrenalina no corpo gerando na pessoa a reação de fuga ou paralisar. O sentimento é de morte iminente. O que leva a acreditar que está enfartando. O indivíduo passa a ter medo do medo, isto é, de vir novamente a sentir este medo.

O Transtorno de Pânico é caracterizado por crises de ansiedade excessivas e inesperadas, com sintomas físicos, A crise tem curta duração, de 20 a 40 minutos. Este transtorno produz sofrimento intenso, limitador chegando a estagnar a vida do indivíduo, que muitas vezes deixa de viver seus sonhos.

Como ajudar uma pessoa com crise de pânico? O importante é acolher, evite dizer que não é nada, ou que já vai passar, dê a mão demonstrando que ela não está sozinha. Ajude a fazer uma respiração diafragmática lenta e profunda, auxiliará a aliviar a falta de ar e reduzir a frequência cardíaca. Dê muita água, pois a descarga de noradrenalina e adrenalina será eliminada pela urina. Pergunte se ela já teve outras crises similares, pois poderá ter remédio sublingual consigo o que contribuirá neste momento.

Não fique refém do Medo do Medo, uma boa informação, tratamento medicamentoso e psicoterapêutico o libertará desta prisão.


Claudete de Morais

CRP 12/01167

Doutoranda em Psicologia Clínica

www.claudetedemorais.com.br

📱 (47) 9 9274-6439

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s