Alfabetização – A importância de não pular etapas

“Ele é muito, mas muito inteligente mesmo! Acredita que ele já lê sem nem estar na primeira série? Acho que ele deveria pular o ‘prézinho’”. Esse é um pensamento comum entre alguns adultos que ficam bem entusiasmados com o desenvolvimento de suas crianças. Acabam tendo a ideia de que seria mais proveitoso o filho partir mais cedo da Educação Infantil para o Ensino Fundamental. O que pode ser um engano.

É na Educação Infantil que estão os pilares que vão sustentar todo o desenvolvimento, não só na vida acadêmica, mas também como pessoa. É nesta fase que a criança adquire desenvolvimento psicomotor, cognitivo e social. Pular etapas pode ser um erro, pois cada fase precisa ser vivenciada. É importante que a criança esteja com seu grupo etário, onde ela terá seus pares e fará trocas efetivas de conhecimento. Pela ansiedade, muitos adultos colocam a criança com outras mais velhas. Entretanto, ela pode estar pronta em algumas áreas e não em outras. Isso gera um sofrimento que pode prejudicar o desenvolvimento integral da criança.

Obviamente existem as exceções, onde o desenvolvimento da criança de forma global, encontra-se avançado. Isto precisa ser avaliado com cuidado, entre escola, família e preferencialmente por algum profissional especialista em desenvolvimento infantil, para que juntos, identifiquem a necessidade da criança para avançar alguma etapa.


Priscila Mafra | CRP 12/16760

Psicóloga da Infância e Adolescência

Neuropsicóloga

📱 (47) 9 9187-3668

Neuroclin

Rua Umbelino Damásio de Brito, 126 – Centro | Itajaí -SC

@neuroclin.sc

@psicologapriscilamafra

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s