Você já ouviu falar em EMDR?

A psicóloga Claudete de Morais explica tudo sobre esta técnica que promete desbloquear memórias dolorosas por meio de estimulação bilateral do cérebro.

O que é terapia EMDR?

É uma abordagem psicoterapêutica que visa dessensibilizar e reprocessar memórias traumáticas, curando feridas emocionais. Foi descoberta pela Dra. Francine Shapiro, ao perceber que os conteúdos perturbadores se diluem ao movermos os olhos de um lado para o outro, quando estamos focados nos mesmos. Como ocorre no estágio do sono REM, seus olhos se movem de um lado para o outro, no período que o indivíduo está sonhando, o que auxilia seu cérebro a melhorar o processamento das informações em sua memória de longo prazo. 

Como ela é feita?

Ela é realizada através da ativação bilateral dos hemisférios cerebrais, por meio dos movimentos oculares, táteis ou auditivos, na dessenssibilização e reprocessamento das memórias traumáticas. Esta estimulação pode ser feita com aparelhos ou com as mãos e dedos, guiando o paciente para que seu cérebro reprocesse o trauma e o deixe no passado.

Como funciona?

O EMDR é um processo experimental que é construído a partir da estruturação básica (ICES) da identificação de um alvo (memória traumática) e segue um protocolo de oito fases. Para melhor entendimento, o nosso cérebro tem dois hemisférios, o direito e o esquerdo, sendo o direito mais simbólico, metafórico, onde mora o trauma. O esquerdo é mais racional, lógico, através da estimulação dos dois hemisférios diluímos os afetos negativos integrando toda emoção, cognição, imagens, sensações referentes à memória traumática. Assim produz uma reintegração deste conteúdo e da carga emocional referente à memória traumática, eliminando a angústia, ou redução do sofrimento. Quando a experiência traumática já foi processada, a fase seguinte é a instalação da crença positiva, seguindo com as demais fases, fortalecendo a autoestima do paciente, preparando-o para uma vida melhor.

A terapia EMDR é indicada para que tipo de transtorno?

É utilizada com sucesso, na remoção de traumas, crenças negativas, transtornos de ansiedades, estresse pós-traumáticos, fobias, transtornos alimentares, depressão, distúrbios da sexualidade e demais transtornos. Indicada também para pessoas de qualquer idade.

No que esta terapia se baseia?

A fundamentação teórica é na Neurociência, apoiada também, na Cognitiva Comportamental. Visa à libertação de conteúdos perturbadores do passado, que estão desencadeando sofrimento e limitando a vida do paciente. Objetiva deixar, no passado o que é do passado.

Quais as vantagens em optar por esta terapia?

É um método inovador, eficaz de tratamento breve. Os estudos do Instituto EMDR apontam efeitos positivos em mais de 30 estudos controlados. Pesquisas demonstraram que a terapia EMDR foi reconhecida mundialmente como forma de tratamento eficaz para traumas e demais transtornos emocionais.

O EMDR pode ser mais efetivo e com respostas mais rápidas e duradouras que outros tipos de terapia como: cognitivo-comportamental e terapias tradicionais?

Sim, pois contamos com evidências científicas. Partindo da minha experiência profissional em consultório, ao longo de 28 anos, posso afirmar que é uma terapia maravilhosa, com resultados rápidos e eficientes.


Claudete de Morais

CRP 12/01167

Doutoranda em Psicologia Clínica

@claudetedemorais_

www.claudetedemorais.com.br

📱 (47) 9 9274-6439

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s