Habemos coco

O coco – isso mesmo, sem acento- é uma das maravilhas da natureza. Originário da Ásia, ele chegou ao Brasil nos primeiros anos após o descobrimento. Em terras canarinhas ele se deu muito bem, especialmente nas regiões Nordeste e Sudeste, por causa do solo arenoso e do clima quente e úmido. Sua água e sua polpa carnuda e doce já salvaram a vida de muitos náufragos e na culinária seu uso é muito amplo. Mas é necessário ter cuidado: Embora sua água possa ser consumida livremente a sua carne se consumida em excesso pode trazer sérios problemas intestinais. Seu óleo, queridinho da alimentação natural também deve ser consumido com cuidado pelas mesmas razões. Antes de falarmos sobre seu uso na gastronomia vou tirar uma dúvida que muitas pessoas têm: O coco verde e aquele marrom sem casca são a mesma fruta, só que o marrom amadureceu. Já o coco seco ralado que encontramos em pacotinhos é o coco maduro ralado que passou por secagem industrial. Embora seja prático eu prefiro e recomendo, ralar você mesma ou comprá-lo já ralado fresco e congelado. Isso vale para o leite de coco encontrado em garrafinhas no supermercado, é prático e algumas marcas são muito boas, mas eu prefiro fazê-lo. É muito simples: Fure um coco maduro e reserve a água- tão saborosa quanto a do coco verde- Em seguida abra o coco e retire a polpa, daí é só bater no liquidificador junto com a água, coar e espremer. Vai dar um sabor muito melhor aos seus drinques, pratos e sobremesas.

Um prato e uma sobremesa: Camarões ao coco verde e mousse de coco com cachaça e melado. Para o prato, pegue 800 gramas com casca, limpe e faça um caldo com as cascas ou se preferir, use 400 ml. de camarões limpos, médios e compre um pote de caldo de camarão – nas peixarias é possível encontrar caldo de camarão e peixe, congelados, de ótima qualidade- 1 cebola média picada,1/2 pimentão amarelo picado, três tomates maduros picados sem sementes, 100 ml de leite de coco, 1 colher de sopa de coco ralado, salsa/ cebolinha e coentro picados. Modo: Use dois cocos verdes abertos ao meio tire a polpa e a água e reserve. Tempere o camarão com sal e refogue em uma panela ou caçarola com azeite e reserve.  Doure a cebola e o pimentão aproveitando o grudadinho dos camarões e junte os tomates. Deixe murchar. Junte o coco ralado e a polpa do camarão e mexa bem. Junte um pouco da água, o caldo, o leite e o caldo, cozinhe por 5 minutos em fogo alto para engrossar. Junte os camarões e a as ervas e deixe levantar fervura. Apague o fogo, abafe e prepare um arroz de castanha de caju. Sirva o camarão em uma metade do coco e na outra o arroz. Para a mousse: Misture 300 Gr de nata com 100 ml de leite integral bem gelado. Bata em chantily e reserve na geladeira. Leve ao fogo 100 Gr de leite condensado, com 50 gr. de coco ralado, 100 ml de leite de coco e mexa até engrossar. Reserve e deixe esfriar. Junte 1/2 dose de pinga de muito boa qualidade e misture ao chantily. Distribua por 2 taças e leve à geladeira por 3 horas. Sirva com o melado. Para acompanhar o prato e gosto mesmo é de uma boa pilsen bem gelada ou se preferir um chardonay. Bom apetite.


Renato Justo

Chef de Cozinha

@verde_tinto

📱 (48) 99848-8888

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s