Mariá Barboza

ESPECIAL DIA DAS MÃES REVISTA BEM-ESTAR

OBRA-PRIMA: Olivia

O que mais gosta na experiência de ser mãe?
Poder sentir todos os dias o amor que sinto hoje no meu coração. Saber que aquele coraçãozinho se acalma com a minha presença, que os seus bracinhos quando me abraçam fazem o mundo inteiro parar e esperar. O que eu mais gosto na experiência de ser mãe é tudo isso, mas, principalmente, o amor e a força que essa criança despertou em mim.

Qual o maior aprendizado com sua filha?
Com o nascimento da minha filha eu aprendi que a maternidade é, na vida de uma mulher, a experiência mais desafiadora de toda sua vida. É intensa, muito intensa. Mas, acima de tudo, aprendi que quando nasce um filho, nasce uma mãe leoa, nasce uma mãe que ama com um amor simplesmente inexplicável. Aprendi também que ela une outras mães por meio desse amor que, mesmo sem se conhecer, até mesmo lendo um texto como esse, se identificam, se emocionam e elevam seus melhores pensamentos a essa mãe e a essa criança. O nosso coração fica mais próximo de Deus.

Mordi a língua – um dia disse que nunca faria: eu mordi a língua quando pensava: “Nossa, como essa mãe não tem tempo? Fica o dia todo com o filho em casa”. Meu Deus, quanta ignorância nessa fala. Quando não se tem filho a gente julga muito aquela mãe que ‘você’ acha ter sabedoria para palpitar, mas, na verdade, antes do filho você não sabe de nada (risos). Poupo as palavras e deixo a experiência a ser vivida a cada um. Cada experiência é diferente e única em cada lar, então hoje olho com muito mais respeito.

Desde que ela chegou você não vive sem: não vivo sem seu cheiro, nunca mais.

Como você acha que a maternidade mudou a forma como você vê a vida?
Pode soar um pouco estranho falar isso, mas hoje me sinto vivendo em um mundo mais real. As preocupações que eu tinha antes, parecem ser tão pequenas perante a vida da minha filha. Levo tudo de forma mais leve, me tornei mais exigente com o bem-estar dos meus e confesso não ter mais paciência para pessoas que reclamam de tudo, reciclo as companhias. Junto tudo isso e penso que a vida hoje é uma grande oportunidade para que eu seja melhor a cada dia e possa criar um ser humano do bem, com um grande coração!

Se você pudesse ter um superpoder para ajudá-la na tarefa de ser mãe, qual seria e por quê?
Escolheria ter o superpoder de dar saúde e proteção eterna à minha e a todas as crianças do mundo para que nenhuma mãe sofra por seu filho. Mas, como não tenho esse superpoder, eu e Olívia cantamos em forma de oração e confiamos no nosso Deusão.


Fotos @marciojrph | Make @jehanejahn | Hair @luchcimaraoliveira
Flores @auroraflores.sc | Móveis/ambientação @homes.mobiliario | Film @dudusantos.itj

Publicidade

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s