Reveev Colchões recebe bate-papo sobre arquitetura

Na última quarta e quinta-feira aconteceu um bate-papo na loja Reveev Colchões, em Balneário Camboriú com o tema Arquitetura com Conforto.

Ministrado pelo empresário Klaus Diether Glatz, que comanda a fábrica e algumas lojas exclusivas da marca, o encontro, acompanhado de café da manhã reuniu designers, arquitetos e convidados para um bate-papo descontraído e que falou sobre os desafios na escolha dos colchões, a engenharia do produto, customização e design, além da fidelização e benefícios para profissionais.

Para Klaus está foi uma oportunidade de aproximar a marca dos profissionais da região e apresentar as novidades da Reveev Colchões, empresa criada em São Bento do Sul, com mais de 10 anos no mercado. A Reveev é referência em decoração de luxo, com colchões que unem alta tecnologia, materiais de primeira linha e design sofisticado.

A loja fica no Casahall Design District.

Fotos: Carlos Alves

Escritório de arquitetura A Porta Amarela estará no Workshop Noivas 2019

Idealizado pela arquiteta Francielle Colla, o escritório é especializado em transformar imóveis em um lar planejado para diferentes estilos de casais

A criação de um novo lar é um marco importante na vida de duas pessoas que estão iniciando a sua trajetória enquanto casal, e a fim de mostrar e compartilhar toda a sua expertise no universo da arquitetura, o escritório A Porta Amarela vai participar da próxima edição do Workshop Noivas, que acontece no dia 27 de novembro no Estaleiro Guest House, em Balneário Camboriú. O evento reúne os melhores fornecedores do setor de casamentos da região e, oferece ao público, shows, palestras, desfiles, exposições e degustações.

Liderado pela arquiteta Francielle Colla, o escritório surgiu justamente com o propósito de atender os desejos e as necessidades de quem está iniciando uma vida a dois. É natural que neste momento tão importante e desafiador da vida o casal busque o lar ideal, onde suas características, seu estilo, vontades e necessidades sejam atendidos em um único projeto. “Meu lema é arrancar sorrisos da face dos meus clientes, é encantá-los desde o início do atendimento até a entrega da obra”, destaca a arquiteta.

A Porta Amarela possui três serviços exclusivos para a execução de projetos: Reforma sem obras – para quem deseja renovar o seu apartamento sem precisar reformá-lo completamente, transformando os espaços com móveis personalizados e soluções inteligentes; Reforma na planta – em que o projeto do imóvel é personalizado ainda na obra, tornando possível a mudança do layout; e Retrofit – a opção ideal para quem possui um imóvel antigo e quer modernizá-lo preservando a memória do local. “O lar é o espaço vital do casal, por isso, é importante que ele carregue a expressão da singularidade de cada um e também dos pontos de encontro entre eles”, conclui.

Sobre A Porta Amarela

Idealizado e fundado em 2012 pela arquiteta e urbanista Francielle Colla, que possui mais de 20 anos de experiência no setor, A Porta Amarela –  Arquitetura e Reforma de Interiores – conta com uma equipe composta por arquitetos e designers altamente qualificados que criam, gerenciam e executam projetos de interiores e reformas, a fim de tornar a residência um lugar mais elegante, funcional e especial. O grande diferencial do escritório é a entrega do projeto em sua totalidade, concentrando todas as soluções técnicas, incluindo estética impecável e o desejo do cliente em um único estudo.

Uma das suas principais premissas é escutar com muita atenção e cuidado todos os desejos e necessidades de cada cliente. Isso significa compreender quais são os espaços mais importantes para cada indivíduo do casal, avaliando onde serão aplicados e traduzidos os gostos particulares. A Porta Amarela é especialista concretizar sonhos, transformando imóveis em um lar planejado para o seu estilo de vida.

Para conhecer melhor o trabalho, siga @aportaamarela_arquitetura no instagram.

Projetos catarinenses se destacam no Concurso Top 100 KAZA

Conheça os cinco projetos que se destacaram e agora representam Santa Catarina na lista com representantes de todo o Brasil

Cinco escritórios e uma característica em comum: criar ambientes personalizados, de acordo com os desejos e a personalidade dos clientes. Aliás, essa é uma das principais vantagens de um profissional que atua na área. Essa sensibilidade foi o que garantiu o prêmio Top 100 Kaza, promovido em parceria com o Shopping Casa & Design, à Cristina Florentin, IRC Arquitetura, Mariana Pesca, Marina Paulo e Rosas Arquitetos Associados. A votação aconteceu em três formatos – júri técnico, comissão de mídia e voto popular nas redes sociais. “A avaliação diversificada, que envolve especialistas, lojistas e público em geral, reforça a credibilidade do processo e valoriza ainda mais os projetos vencedores”, comenta Celso Furtado de Mendonça, diretor do Shopping Casa & Design. 

A conquista levou à premiação do grupo vencedor, em outubro, em Punta Cana, na República Dominicana, um verdadeiro paraíso. Além disso, todos os trabalhos foram publicados na revista Kaza, junto com os outros  profissionais do país que integram a listagem. “O concurso, que é realizado há 13 anos na região, se consolidou como um importante referencial para destacar o trabalho feito pelos profissionais locais”, afirma Celso. Conheça, a seguir, os cinco projetos que levaram o prêmio e encante-se com as soluções propostas pelos profissionais!

Refúgio litorâneo

A arquiteta Mariana Pesca tornou realidade um dos principais sonhos de muita gente: ter um cantinho na praia, para fugir do caos urbano. Aqui, ela ainda tinha um desafio extra, que era misturar estilos que vão do contemporâneo ao industrial. Tudo isso sem perder o conforto e ainda garantir personalidade em todos os detalhes.

Um dos espaços preferidos dos proprietários é o living, que deveria ser usado para atividades como cinema, descanso, convívio e também para tomar um vinho no final do dia. Ter uma área agradável e funcional, então, encabeçou a lista de prioridades. A integração com a cozinha segue a mesma proposta: garantir o convívio. Tanto que a mesa de jantar redonda é um convite às conversas em família! 

Claro que aqui, por se tratar de uma casa de praia, elementos que remetem ao mar não poderiam faltar. Para garantir essa atmosfera, Mariana criou um painel feito a partir de um revestimento em 3D com conchas marinhas. “Assim, conseguimos trazer o mar e a paisagem natural, que estão em frente ao apartamento, para dentro da sala”, afirma. Note, aliás, que esse revestimento vai até a parede oposta, justamente onde está o wine bar. A composição do ambiente ganhou ainda um balanço. 

Outro grande destaque é a marcenaria. Nada de firulas. Formas geométricas limpas trazem a sutileza que os proprietários tanto queriam. 

Bem perto dali, como comentamos, está a cozinha integrada. O azul foi escolhido justamente por remeter à ideia de praia. Mariana mostrou que misturar tons escuros pode ser, sim, uma boa ideia, desde que haja equilíbrio. O marinho e o preto convivem em harmonia por aqui. As portas dos armários ganharam vidros quadriculados e combinam com outros revestimentos escolhidos para o espaço, como mármore e superfície sintética (Corian®). Para arrematar, nada melhor do que toques de rusticidade, como a madeira presente no piso e em alguns detalhes dos móveis.

Vida simples

Menos é mais. Vida simples. Sustentabilidade. Esses conceitos podem ser vistos em todos os cantos do projeto assinado pela arquiteta Marina Paulo, que fez questão de valorizar o convívio e o uso de elementos naturais. O objetivo, segundo ela, era criar uma atmosfera acolhedora e leve. O projeto deste apartamento é um reflexo de tudo isso – e da personalidade do cliente, claro. Uma das prioridades, segundo Marina, foi garantir que os ambientes funcionassem. E a integração fez total diferença nesse sentido. Cada cômodo tem a sua função bem definida, e integração total entre as áreas torna o dia a dia mais fluido. Um bom exemplo é o escritório, que deixou de ter uma divisória convencional para ganhar paredes e porta de vidro. Além disso, outra preocupação foi garantir luminosidade em todo o apartamento. Marina, então, usou revestimentos claros, como o porcelanato do piso, móveis em tons crus e elementos de madeira mais clara. Na parede da sala de TV, a tonalidade do concreto vem para arrematar o equilíbrio da paleta. Memórias afetivas em vários pontos, como móveis e quadros, também deixam o apartamento mais acolhedor. “Todos os cantos deste lar possuem um toque de paz e tranquilidade e contribuem para desacelerar o mundo externo”, afirma a profissional.

Escolhas certeiras

Neste projeto, a arquiteta Cristina Florentin priorizou praticidade e elegância, duas características que combinam perfeitamente com os seus clientes. Segundo ela, os ambientes deveriam ser sóbrios, sofisticados e de muita personalidade. “Queríamos algo diferente do convencional, mas ao mesmo tempo funcional e aconchegante”, comenta. Repare que uma das escolhas, que é a de ter poucos móveis, favorece a circulação. Em relação à planta, ela optou por remover as paredes de um dos três quartos e incorporar a área à sala. Dessa forma, o ambiente de convívio ficou mais confortável, sobretudo, com a varanda, também integrada. O cuidado em garantir equilíbrio também se estendeu à escolha dos móveis. O sofá Moldávia e o painel Sinclair, da Artefacto, garantem personalidade e leveza. Ao redor, móveis (Jader Almeida) dão ainda mais charme à composição. Outro destaque é a mesa de Corian®, que, segundo a arquiteta, “parece flutuar no ambiente”. A luminária Passarinho, da designer Ana Neute, e o espelho com moldura estampa de crocodilo, da Artefacto, arrematam o cenário. 

Sobre a paleta, o verde oliva se destaca na cozinha. Note que os armários têm uma combinação de laca fosca com brilhante. Logo ao lado, no home, é o cinza quem rouba a cena.

Personalidade forte

Beth Isidoro, Bianca Ribeiro e Vivianny Constantino, do escritório IRC Arquitetura, acreditam que uma casa deve ser receptiva, uma vez que o tempo para descanso e lazer está cada vez menor. E foi exatamente isso o que elas fizeram neste projeto, o apartamento de um jovem com uma personalidade bem marcante. “Jovem, admirador de arte, com gostos e preferências modernas, solicitou ao escritório o desafio de representar pela arquitetura de interiores o seu próprio lifestyle”, diz Beth.

O combo “madeira, concreto e preto” foi o escolhido para permear os ambientes do projeto. Tais elementos simbolizam a vida urbana, na opinião das profissionais. No entanto, o aconchego não poderia ser deixado de lado. O trio, então, criou uma área social acolhedora, perfeita para receber amigos. Tudo começa no hall, que possui uma parede de espelhos e outra com um painel ripado de madeira natural (eis uma surpresa: a superfície camufla o lavabo). O mesmo painel contorna a parede da sala e se transforma em uma moldura para a TV. O painel e a prateleira inferior são de cimento queimado. Ao lado, destaque para a estante (com o mesmo estilo) e um bar, ideal para receber os amigos. A mesa redonda logo em frente é um convite a um bom bate-papo.

Na cozinha, brilham a ilha de mármore (Armani) e o mobiliário em tons de cinza. Personalidade não falta ao projeto!

De portas abertas

Um jovem casal que adora receber os amigos! E nada melhor do que planejar uma bela área social para possibilitar muitas reuniões com conforto de sobra. Quem assina o projeto são os profissionais do escritório Rosas Arquitetos Associados, que apostaram em um ambiente gourmet integrado ao terraço.  A bancada de madeira dá rusticidade ao espaço – e ganhou a companhia de banquetas em estilo clássico. Ao redor, linhas retas integram uma mistura equilibrada de estilos. A paleta de cores é leve e neutra, o que faz dos ambientes atemporais e aconchegantes. Em relação ao mobiliário, o posicionamento de cada peça foi pensado com total cautela pelos profissionais para priorizar a boa circulação nos espaços. “Foi um dos principais pedidos do jovem casal”, afirmam o arquiteto Rafael Monteiro. Para arrematar, os detalhes amadeirados que fazem parte da composição dão aconchego. Já os pontos de iluminação em LED destacam todos os detalhes do projeto. Harmonia de sobra por aqui!

Texto: Juliana Duarte Camargo

Crédito das fotos: 

Cristina Florentin Arias – Rudi Razador

IRC Arquitetura – Ronald Pimentel

Mariana Pesca – Mariana Boro

Marina Paulo – Pedro Caetano

Rafael Monteiro – Lio Simas

Talk Arquitetura com Conforto, na Reveev Colchões

Nesta quarta e quinta-feira, dias 20 e 21 de novembro a loja Reveev Colchões, no Casahall Design District promove um talk com arquitetos, designers e convidados sobre Arquitetura com conforto.

Quem conduz o bate papo é o empresário Klaus Diether Glatz, que comanda a fábrica e algumas lojas exclusivas da marca. Entre os temas abordados estão: Desafio na escolha dos colchões; Engenharia do produto; Customização e design; Fidelização e benefícios para profissionais.

A marca Reveev, criada em São Bento do Sul tem mais de 10 anos no mercado e é referência em decoração de luxo, com seus colchões que unem alta tecnologia, materiais de primeira linha e design sofisticado.

Fotos: Carlos Alves

Projeto de casa em Itajaí ganha prêmio internacional

A casa, de marcante brasilidade, valoriza as origens culturais e a pluralidade, além de combinar estilo de vida e diferentes formas de pensar. Projeto foi eleito o melhor na categoria USA & Americas

Um projeto residencial assinado pelo escritório Schuchovski Arquitetura, comandado pela arquiteta Eliza Schuchovski, acaba de receber um importante prêmio internacional – o Property Awards, um dos mais relevantes prêmios de arquitetura e design do mundo, também conhecido por ser a maior e mais prestigiada competição imobiliária mundial. Batizado “Panoramic House”, o projeto venceu na categoria USA & Americas e foi oficialmente anunciado durante um evento realizado no Fairmont Royal York Hotel, em Toronto, no Canadá, no último dia 03 de outubro.

A casa premiada, ainda em construção, está localizada no condomínio fechado de alto padrão Bravíssima Private Residence, em Itajaí (SC), e competiu com projetos assinados por alguns dos melhores profissionais dos Estados Unidos e outros países das Américas. Ao todo, são 1200m² de área construída em um terreno de 3500m² que, por si só, já é bastante desafiador. “Todos os terrenos desse condomínio, localizado nas montanhas de Mata Atlântica preservada e de frente para o mar, têm inclinação acentuada, então, pela própria natureza, já requerem projetos mais ousados”, conta Eliza, que inscreveu o projeto no Property Awards no final do ano passado.

A casa de três andares e piso subterrâneo foi desenhada para um casal com dois filhos, que procuraram o escritório de Eliza na esperança de colocar seus sonhos em papel. “É uma família unida, que adora curtir momentos um com o outro e com amigos. O desejo deles era uma casa grande, com áreas de reunião e com tudo bem integrado à natureza. A família queria levar para a casa toda a brasilidade que temos em nosso país e cultura, em espaços para reunir, relaxar e apreciar a vista”, comenta a arquiteta. Após alguns estudos, foi desenvolvida uma proposta com formas puras, volumes visualmente interessantes e pontos focais dos estudos paramétricos, posicionando a casa para que ela ocupasse a maior parte do lote.

No premiado projeto, se destacam a mistura de materiais, texturas e cores, bem como o máximo proveito da natureza que cerca a residência. “O maior desafio veio quando a família nos apresentou uma forma irregular de terreno, com declives consideráveis. O uso máximo da terra foi uma exigência, juntamente com a contemporaneidade da construção e vistas livres para a paisagem a partir do interior da residência”, explica Eliza.

Com o objetivo de ser uma construção ecológica, a casa será energeticamente autossuficiente e funcionará como uma microrrede, produzindo cerca de 105% de sua demanda energética graças à energia solar armazenada pelos painéis solares. A energia excedente será armazenada em baterias de alta capacidade ou poderá ser transferida para a rede elétrica local, aumentando a produção e o consumo de energia limpa.

A casa está toda equipada para receber automação de controle de luz, tomadas, ar condicionado, câmeras de segurança e irrigação. Além da economia de energia, também garante segurança e conforto à família. A Panoramic House visa contribuir com a natureza e também ajuda a criar uma cultura mais consciente na construção civil brasileira.

O PRÊMIO
O USA & Americas Property Awards é julgado por um painel independente de mais de 80 especialistas do setor. O julgamento se concentra no design, qualidade, serviço, inovação, originalidade e compromisso com a sustentabilidade. O USA & Americas Property Awards é o maior, mais amplo e mais prestigiado prêmio entre todas as regiões do Property Awards. A premiação já está em seu 26º ano e engloba mais de 45 diferentes categorias residenciais e comerciais. Competições regionais são realizadas na Arábia, Europa, África, Canadá, América Central, América do Sul, Caribe, EUA, Reino Unido e Ásia-Pacífico. Depois, há celebrações em eventos de gala em Bangkok, Londres e Toronto ao longo do ano. Os principais vencedores de cada região são automaticamente inscritos na categoria internacional, culminando em uma cerimônia de premiação brilhante, a ser realizada no hotel Savoy, em Londres, em 02 de dezembro de 2019.

“É uma grande honra receber esse prêmio. Ele vem para coroar nossos esforços em torno desse projeto que, assim como todos os que assino, é realmente único dentro do portfólio do escritório. Fomos avaliados por um júri internacional muito seleto de profissionais bastante competentes em todas as áreas, e esse reconhecimento e mérito representam um momento singular em nossa história”, finaliza a arquiteta.

UM POUCO SOBRE A SCHUCHOVSKI ARQUITETURA
“Todo projeto que assino tem, acima de tudo, um respeito irrestrito pela personalidade do dono. Há orientação, mas não há imposição, o que faz com que cada projeto seja realmente único dentro do portfólio”, diz a arquiteta Eliza Schuchovski, à frente do escritório. Mobiliário assinado, combinação criteriosa de cores e texturas, peças de design e um olhar mais apurado para as artes são características que ajudam a construir esse conceito, através do qual o cliente vê materializado seu sonho em cada definição. Nos projetos residenciais assinados por ela, o impacto visual é o que impressiona à primeira vista, mas são os detalhes e as soluções técnicas e estéticas que revelam todo o cuidado com o conceito, implantação, estudo do terreno, volumetria, recortes e uso de materiais e acabamentos. Juntas, essas características são responsáveis pela percepção imponente que cada projeto provoca.

Uma especialização em Visual Merchandising pelo Instituto Marangoni, em Londres, com contato direto com alguns dos designers de interiores mais renomados do mundo, também ajudou a arquiteta a consolidar esse conceito de ambientes com mais personalidade. “A arquitetura é a arte do encontro do dono com seus espaços e dos ambientes com suas emoções. E a minha atuação acontece de modo que eu seja o veículo para entender cada ideal e realizar esse sonho sem imposições e com a captação total da identidade e personalidade do cliente”, diz Eliza, que define sua arquitetura como arrojada e de estilo puro, dentro de diferentes linguagens – da arquitetura brutalista à arquitetura contemporânea, sem excessos. Enfim, das linhas precisas à leveza do diálogo com a natureza, Eliza apresenta a arquitetura brasileira em seus traços mais genuínos.

SERVIÇO:
SCHUCHOVSKI ARQUITETURA
ENDEREÇO: Avenida do Batel, 1230, conjunto 906 – Batel
TELEFONES: (41) 3528-3328 e (41) 99723-4555
SITE: sckarquitetura.com.br

Leandro Sumar é homenageado na UDESC

Na quinta-feira (17) o curso de Arquitetura e Urbanismo da UDESC, com o Campus em Laguna, promoveu o Dia do Egresso, ocasião em que convida ex-alunos para um bate papo com estudantes sobre a carreira e a vida profissional.

Eduardo Nogueira Giovanni, Gabriela Morais Pereira, Alice de Oliveira Viana, o Arquiteto Leandro Sumar e Alberto Lohmann

O Arquiteto Leandro Sumar foi um dos convidados e aproveitou a oportunidade para falar um pouco sobre a sua carreira, os projetos e a parceria com o amigo e sócio Fábio Vitorino, onde o escritório assina a Suíte Master na mostra CASACOR SC, em Florianópolis.

Na ocasião Leandro foi homenageado pela faculdade com o troféu Alumni UDESC, criado para estreitar a relação entre a Universidade e seus alunos, ou ex-alunos.

Vencedores do Concurso Top 100 Kaza 2019 são premiados na República Dominicana

A festa de entrega do prêmio do Concurso Top 100 Kaza reuniu no Club Med Punta Cana, na República Dominicana, uma turma boa de arquitetos de Santa Catarina. Os representantes dos escritórios Marina Paulo – representada pelo irmão Carlos Collaço, Cristina Florentin, IRC Arquitetura (Elizabeth Isidoro), Mariana Pesca, Rosas Arquitetos Associados (Rafael Monteiro) comemoraram com dezenas de outros profissionais do restante do país a premiação que os coloca em evidência no país.

O Concurso Top 100 Kaza chega à décima segunda edição em 2019 consolidando o trabalho dos mais renomados escritórios de arquitetura de Santa Catarina e reconhecendo por meio de avaliação técnica e escolha do público os melhores projetos de interiores, residenciais e comerciais. 

Na etapa da Grande Florianópolis, que tem como parceira o Shopping Casa & Design, cada um dos escritórios inscritos concorreu com um ambiente. A premiação deste ano seguiu os mesmos critérios para a escolha dos vencedores em 2018: os cinco projetos selecionados passaram pelo crivo do público, em votação aberta nas redes sociais, pela equipe de jurados, formada por jornalistas e representantes do Conselho de Arquitetura e Urbanismo (CAU/SC) e por uma comissão de lojistas do Shopping Casa & Design, promotor do evento há 12 anos na região.

Celso Furtado de Mendonça, diretor do Shopping Casa & Design, explica que a adoção de novas normas para a escolha dos melhores projetos, desde 2017, deixou a premiação mais inclusiva. “Reunimos desde o voto do público ao de profissionais do setor e especialistas. O concurso Top 100 Kaza é fundamental para dar visibilidade nacional a projetos e profissionais da região. Acreditamos que essa parceria seja um modo de incentivar a qualidade e eficiência dos projetos, além de destacar a competência dos profissionais envolvidos. ” finaliza o diretor.

Foto (crédito): Mário Estinfil

Educação sustentável é tema de bate-papo na Arena CASACOR SC

Evento aberto aos visitantes da mostra CASACOR SC Florianópolis será no dia 10, às 19h, com a participação das psicólogas Juliana Baron e Greici Will

Pensando em uma forma de criar um diálogo com o trabalho enquanto psicólogas e educadoras parentais, Juliana Baron e Greici Will decidiram compartilhar a ideia de uma Educação Sustentável. O que significa? Uma educação baseada na conexão com as necessidades tanto dos adultos quanto das crianças, e que tem como foco o aproveitamento dos recursos disponíveis na relação atual, construindo habilidades para toda a vida.

Muitas teorias da educação, por exemplo, têm o foco na extinção do comportamento da criança. Segundo Juliana, elas só querem que a birra acabe. Não se dão conta de que a forma como estão lidando com aquele momento é uma super oportunidade de ensinar habilidades para aquela criança. Usam apenas teorias com base em punições, castigos, recompensas, barganhas. “É uma educação que não se sustenta a longo prazo e extingue os recursos incríveis daquela criança, como a espontaneidade, criatividade, autenticidade, autonomia”, explica a psicóloga.

A educação sustentável, defendida por Juliana e Greici, foca na formação daquela criança e na transformação do mundo, de um modo geral. Aliás, o assunto será tema do talk que Juliana Baron e Greici Will conduzem no próximo dia 10/10 (quinta-feira), às 19h, na Arena CasaCor, a convite das arquitetas Tici Tieppo e Talita Abraham, autoras do projeto infantil Quarto dos Irmãos, na CASACOR SC 2019 em Florianópolis.

O evento é aberto aos visitantes da mostra. Inscrições pelo telefone: 99912-9014 com Juliana.

Agende-se

O QUÊ: Talk Juliana Baron e Greici Will na Arena CASACOR

QUANDO: 1O de outubro, às 19h ( a CASACOR SC Florianópolis abre às 15h. Aproveite para visitar os espaços e às 19h participe do bate papo).

ONDE: Empreendimento Cidade Milano (Av. Mauro Ramos, 1512, Centro, Florianópolis). Estacionamento no local.

INGRESSOS: R$ 50 / R$ 25 (meia, necessário comprovante)

Quando maturidade é tendência no décor

Ambientes da Casa Cor Santa Catarina 2019 celebram mulheres com mais de 40 anos, empoderadas e dispostas a se acolherem como são

Mulheres maduras são a inspiração para alguns dos ambientes apresentados na Casa Cor Santa Catarina 2019: o quarto Entre Fases (foto 01) e o Living da Arquiteta (foto 02). Mesmo com propostas completamente diferentes, o primeiro é minimalista e o segundo é rico em detalhes, os projetos celebram o autoconhecimento e tudo que vem com ele, uma forte característica das mulheres que já passaram dos 40 anos. “A tendência é que a mulher, nessa idade, consiga olhar um pouco mais para ela mesma e assuma o papel central da própria vida. Isso confere um empoderamento, é uma quebra de paradigma”, explica a psicóloga clínica Joana Di Migueli, de Florianópolis.

Foi o que aconteceu com a arquiteta Graziele de Souza que, prestes a completar 40 anos, decidiu que voltaria à mostra (depois de quatro anos sem expor), mas que dessa vez não levaria tendências de mercado e modismos. Ao reconhecer que gosta mesmo é do requinte no estilo clássico, a profissional criou um living cuja inspiração foi ela própria. A ideia foi se assumir exatamente como é e apostar nisso para atrair novos clientes. 

No Living da Arquiteta, arandelas e boiseries em marcenaria compõem com móveis atemporais e pedras duráveis em um ambiente onde predominam simetria e sofisticação. “Eu gosto do clássico, do sofisticado, do que perdura, da atenção aos detalhes. Quem me conhece sabe que são marcas do meu trabalho e isso não tem a ver com moda, tem a ver comigo”, salienta Grazi.

O acolhimento da natureza cíclica, o olhar carinhoso para as próprias cicatrizes e o foco somente no essencial foram as inspirações para o quarto Entre Fases, das designers Andreia Bocchi e Jeane Silva e do arquiteto Michael Zanghelini. “A cama tem um papel central no quarto, assim como ela tem na própria vida. Pensamos o ambiente para uma mulher que mora sozinha e que é bem resolvida com isso”, explicam os profissionais. 

Há alguns anos a chamada “síndrome do ninho vazio” levava muitas mulheres aos consultórios de psicologia depois que os filhos saíam de casa ou se ficassem sem os companheiros. Mas essa não tem sido mais uma questão pertinente, como explica Joana: “o ninho vazio não é mais algo triste para as mulheres, que agora se veem para além dos cuidados com os outros”.

O quarto Entre Fases, inclusive, foi pensado para que a cliente em potencial possa não só repousar, mas também desfrutar de outros prazeres na companhia de quem ela quiser. Entre as funcionalidades do quarto, por exemplo, é possível perceber uma adega de vinhos logo abaixo da pia, atrás de uma porta de vidro.

“É uma idade em que a mulher não se vê mais obrigada a fazer nada e se sente à vontade para dar opiniões e assumir suas vontades. Isso acaba refletindo em várias áreas da vida, até na sexualidade, sobre a qual a mulher passa a falar com mais naturalidade. Ainda é um momento em que ela já não está mais tão preocupada em conquistar alguém, seja porque está estabilizada em uma relação ou porque não vê mais isso como uma questão central”, finaliza a psicóloga.

Se o comportamento é o grande norteador dos projetos de décor e arquitetura, a nova forma das mulheres viverem a maturidade parece ter chegado para ficar e deve servir de inspiração para ainda mais profissionais nas próximas mostras de decoração e arquitetura.

Texto: Bianca Backes

Fotos: Lio Simas

Decoração e arte em sintonia

A Casacor, consagrada mostra de arquitetura, design de interiores e paisagismo das Américas que circula por todo o país, este ano com o tema Planeta Casa, marcou de forma grandiosa a edição do Rio Grande do Sul.  Ocupando o antigo Hospital da Criança Santo Antônio, 4.100 m² da construção histórica foram utilizados para evidenciar o melhor da criatividade e bom gosto em 49 ambientes assinados por 78 profissionais do mercado gaúcho. E nesta edição trago a vocês em destaque o ambiente Adega e Boulevard Gastronomia, com assinatura da arquiteta Carolina Gehlen, o qual tive a honra de ser convida a participar com uma obra de arte ‘Sopro da manhã’ que produzi especialmente para o espaço.

De acordo com a arquiteta, todo o ambiente foi inspirado nos castelos antigos das regiões de cultivos de videiras e oliveiras da Europa, integrado no contexto da obra clássica. Um espaço pensado e planejado com muito requinte e sofisticação por meio de móveis de estilo, compondo com peças contemporâneas, deixando o ambiente atemporal.

Além disso, e de me sentir privilegiada, minha obra ganhou ainda mais destaque com um espaço que a fez parecer levitar na parede de vidro, ressaltando a magnitude e importância da união do décor e da arte. O resultado se deu em um lugar perfeito para estar com a família e com os amigos e ainda para desfrutar de uma gastronomia interessante, harmonizada com excelentes vinhos e azeites de oliva.

Por

Maristela Oliveira

@mo.artdesign

maristelarmo@gmail.com