Especialista indica as profissões que estarão em evidência em 2019

Ronaldo Cavalheri aponta os segmentos mais promissores do mercado para quem quer trabalhar, ser feliz e ter sucesso
A chegada de um novo ano sempre traz  muitas expectativas e promessas, além de ser uma grande oportunidade de planejar e traçar novos rumos no âmbito profissional.  Para aqueles que escolheram 2019 como um ano para novos ares no trabalho,  o essencial é estar antenado aos movimentos e oportunidades do mercado.  Pensando nisso,  o CEO do Centro Europeu, primeira escola de Economia Criativa do Brasil, Ronaldo Cavalheri, preparou 10 dicas de segmentos que estarão em alta para quem pretende mudar de área ou apostar em novos negócios.
 
Mídias Digitais:  O mundo digital trouxe novos comportamentos de mercado e as redes sociais se tornaram o grande canal de relacionamento com os clientes. Segundo Ronaldo Cavalheri, independente se uma empresa é pequena ou grande ela precisa se comunicar adequadamente com seu público. “É  preciso gerar engajamento, pois isto é o que impacta diretamente nos resultados de vendas. Os profissionais que trouxerem essa expertise para 2019 terão muito espaço para agregar valor nas empresas”, afirma.
Mercado de Experiências: A regra para 2019 é gerar experiências positivas e inesquecíveis para os seus clientes. Para o especialista, o momento é ideal para os profissionais ligados a hospitalidade, eventos e relacionamento direto com os clientes. “Os profissionais destas áreas terão um mercado inesgotável para explorar, com a missão de entregar o intangível que agrega valor em torno do produto ou serviço que é fornecido”, declara Ronaldo. Já no meio digital o profissional de Experiência do Usuário (UX) ganha destaque. “A missão de proporcionar em todos os canais de contato com o cliente uma boa navegabilidade, usabilidade, acessibilidade e funcionalidade”, garante.
 
Gastronomia: Exemplo de mercado que mesmo com a crise usou a criatividade para oferecer serviços diferenciados e de qualidade, o setor de gastronomia segue forte com esse movimento para 2019. Para Ronaldo Cavalheri, a aposta é para áreas como cervejaria artesanal, cozinha saudável e serviços de personal chef que são cada vez mais apreciados pelo público. “Soluções em alimentos e bebidas com nicho de produtos para públicos específicos também tendem a ganhar mais espaço considerando sempre a inovação e a identificação com quem consome e a experiência no seu entorno”, acrescenta.
Cientista de Dados: Não há dúvidas de que vivemos na era da informação. O volume de dados é absurdo e para que as empresas consigam definir estratégias mais assertivas é necessária uma análise adequada de toda essa informação. “Os profissionais de dados serão cada dia mais requisitados para ajudar as empresas a resolverem problemas e a entender comportamentos e tendências de mercado. Para 2019 o foco será em indicadores, que são dados organizados”, explica o especialista.
 
Design de Soluções: A vida moderna imprime uma rotina acelerada e as empresas precisam pensar em soluções que facilitem o dia a dia dos seus clientes. “E para atender estas necessidades entra o design, em suas diferentes ramificações, com a missão de criar soluções cada vez mais funcionais, sustentáveis e com propósito”, afirma Ronaldo. O especialista ainda garante que o destaque do segmento para o próximo ano está na  moda autoral que imprime personalidade e exclusividade nas suas peças. Já na linha de design de produtos e de interiores, a preocupação é em trazer soluções que proporcionem o bem-estar e a melhor produtividade das pessoas.
 
Consultoria de Imagem: “Para 2019 segue valendo o ditado de que a primeira impressão é a que fica, e para isso é importante cuidar da imagem pessoal para passar uma mensagem positiva”, assegura Ronaldo Cavelheri. A consultoria de imagem é uma área que ainda não é muito conhecida, mas que está ganhando seu espaço pelo valor que entrega aos seus clientes, além de ter impacto direto na autoestima das pessoas, ajudando a aflorar o que elas têm de melhor e as ajudando para uma melhor performance profissional.
 
Digital Influencer: O boca a boca ganhou maiores proporções através das redes sociais. São pessoas que se destacam na grande rede e formam milhares de seguidores ditando estilo de vida e sendo embaixadores de marcas e produtos. O especialista aposta no crescimento de micro influenciadores para 2019. “ Muitas vezes os micro influenciadores não acumulam um número gigantesco de fãs, mas possuem um grande engajamento com um perfil de público muito específico, o que desperta o interesse de marcas e empresas”, explica.
 
Audiovisual: Para 2019 é esperado que mais de 80% do tráfego de dados da internet seja de vídeos. O audiovisual é uma das áreas que mais cresce no mundo abrindo um campo para profissionais atuarem em diferentes frentes, desde as grandes produções de cinema até orçamentos menores de conteúdos para redes sociais. É comprovado que vídeos geram mais engajamento e as empresas precisam se preocupar cada vez mais com a qualidade do material que estão entregando para os seus clientes.
 
Gestão Financeira: O grande desafio das empresas é fechar seus resultados com lucro. Segundo o especialista, o papel do gestor financeiro não perde seu espaço em 2019, e ao contrário será ainda mais demandado. O profissional com visão de otimização de custos e orientação para resultados está sendo disputado no mercado. “Grande destaque para o profissional dessa área que tem poder de engajamento da equipe e consegue criar uma cultura de negócio sustentável em toda a empresa”, comenta o especialista.
 
Gestão de Pessoas: “As empresas são feitas de pessoas e cabe ao gestor de pessoas montar um time vencedor e acompanhá-lo no dia a dia rumo as metas da empresa.” A responsabilidade e importância deste segmento fará com que o profissional da área tenha destaque em 2019. “ Criar nas pessoas o sentimento de pertencimento e de orgulho em fazer parte da empresa na qual trabalha, pois esse é o diferencial para ter uma equipe engajada e com foco no cliente”, completa Ronaldo Cavalheri.
Anúncios

Arquitetas do escritório Dantas & Passos Arquitetura ensinam como ter uma cozinha gourmet digna de um masterchef

Armários especiais, integração, ilha central e tudo à mão são algumas das dicas das profissionais para ter, em casa, uma cozinha gourmet dos sonhos

Projeto do escritório Dantas & Passos Arquitetura/ Foto: Divulgação

Não são apenas as boas panelas, receitas e o dom de quem prepara os alimentos que fazem a diferença em uma cozinha. O conceito de cozinhar mudou nos últimos anos e o ambiente deixou de ser aquele local da casa que era frequentado apenas por quem mora na casa e os mais íntimos.

Atualmente cozinhar é parte do enredo de receber familiares e amigos em casa.

Por isso, além de fogão, geladeira e bancada, a nova ‘sala de estar’ das residências ganhou ares de um lugar para apreciar a boa gastronomia e apresenta novidades como ilha central e cooktop.  Ela deve atender todos os detalhes, que vão desde o preparo até o momento da apreciação.

Mas, como ter construir uma cozinha gourmet ou transformar aquela que já existe em casa? Para ajudar a ter a cozinha para chef nenhum botar defeito, as arquitetas Paula Passos e Danielle Dantas, do escritório Dantas & Passos Arquitetura, reuniram dicas eficazes para essa transformação.

Antes de tudo, é preciso considerar que não existem regras para o ambiente em questão. Tudo irá depender da área disponível e dos desejos dos moradores, mas alguns itens costumam ser frequentes. “Um bom projeto de cozinha gourmet deve promover a integração dos ambientes, oferecer um espaço adequado para o preparo dos alimentos, além de contar com equipamentos modernos e adequados e móveis confortáveis para acomodar os convidados”, revela Paula Passos.

Acompanhe as dicas:

Ilhas

Um dos grandes diferenciais da cozinha gourmet são as ilhas centrais que deixam o cozinheiro próximo de seus convidados. “Além do ‘chef’ não ficar isolado, o formato garante que todo ritual de preparo dos pratos se torne um show à parte”, afirma Danielle Dantas. Pela posição, faz-se fundamental a colocação de uma coisa e o projeto de iluminação para o espaço que, de preferência, deve ser posicionada de forma direta na ilha.

Eletrodomésticos

Para os cozinheiros de plantão, um equipamentos modernos ajudam a garantir melhores resultados. E para a decoração, impactam positivamente no visual! Essa lista inclui fogão ou cooktop, chapas auxiliares, churrasqueira – que pode ser a gás ou convencional –, forno elétrico, micro-ondas, freezer, geladeira, adega, cervejeira, máquina de café, máquina de lavar louças e tantos outros.  Todavia, antes de comprar os eletros é preciso avaliar se existe espaço disponível para comportar todos os equipamentos.

Coifa

Coifas são incríveis para deixar a cozinha limpa e livre de gordura. Mas, como escolher o modelo ideal para o seu espaço? Paula Passos indica que é preciso saber o tamanho do fogão ou do cooktop, pois essa informação definirá o tamanho ideal da coifa. Ela também sugere verificar a potência do motor escolhido, já que o mercado oferece modelos tanto para cozinhas pequenas, como também para as maiores, bem como dar preferência para os motores silenciosos, que não incomodam durante o uso.

Existem dois modelos de coifas –parede e teto. Para quem prefere o fogão ou cooktop em ilhas, a escolha adequada é a coifa de teto. Já para quem optou pela bancada do fogão encostada na parede, o caminho é instalar um modelo fixo na parede. “Para a colocação da coifa, é sempre melhor que seja feito por assistência técnica autorizada, evitando erros e a perda de garantia do produto,” aconselha Danielle.

Organização e praticidade!

Acima de beleza, as arquitetas da Dantas & Passos Arquitetura são unânimes em afirmar que a cozinha deve ser prática e muito bem organizada. Móveis planejados podem ajudar nesse propósito –, especialmente os armários para guardar alimentos e objetos. Outra ideia é criar suportes aéreos para colheres, panelas, tampas e conchas. Penduradas, facilitam o acesso no momento da sua utilização e economizam espaço.

  • Tampas e panelas – não tem nada mais chato que escolher uma panela e não encontrá-la. As arquitetas aconselham guardar as tampas separadamente em um suporte organizador. “Melhor ainda se a organização puder ser feita dentro de uma gaveta, com as tampas em pé e uma do lado da outra”, revela Danielle.
  • Formas – aparecem em diversos tamanhos e formatos. Procure ter prateleiras próximas ao forno. O bacana é separá-las por formato, e de acordo com o tamanho, encaixar uma dentro da outra.
  • Eletrodomésticos – Aparelhos que são mais utilizados e que tenham design bacana e em bom estado, podem ficar aparentes e sempre à mão, como as cafeteiras e torradeiras, por exemplo. Os menos usados podem ser guardadas em um armário projetados especialmente para eles.
  • Copos – Para deixar o cotidiano mais fácil, deixe os copos enfileirados, sempre seguindo o mesmo tipo. Os mais usados devem estar nas prateleiras mais baixas e de fácil acesso e, os menos frequentes, na parte superior.

Outro item que deve ser observado em uma cozinha gourmet é a circulação. Manter um espaço de 90 cm para facilitar o fluxo é crucial para deixar tudo fluir.  Recomenda-se também prestar atenção no tipo de cozinha e na personalidade de quem vai cozinhar, haja vista não adianta ter um lugar todo equipado se não for utilizado.

Sobre a Dantas & Passos Arquitetura

A Dantas & Passos Arquitetura desenvolve projetos de arquitetura e design de interiores para os segmentos residencial e comercial. Atuando no mercado desde 1996, as arquitetas Danielle Dantas e Paula Passos valorizam os projetos que os clientes possam realmente aproveitá-los.  Cores neutras e atemporais fazem parte da essência da dupla, que tem um vasto portfólio nas cidades de São Paulo, interior e Miami. “Buscamos sempre pensar em soluções exclusivas e feitas sob medida para cada cliente, sempre respeitando os sonhos de cada um. Participamos pessoalmente de todas as etapas do projeto, desde a criação até os objetos de decoração.”

Dantas & Passos Arquitetura

@dantaspassos.arquitetura

Verão em SC: 9 opções para se divertir na Costa Verde & Mar

Está de férias ou quer aproveitar um pouco mais dos longos dias quentes de Verão? Destino brasileiro que atrai cerca de 5 milhões de pessoas por temporada, a Costa Verde & Mar (SC) reserva infinitos atrativos. Para quem planeja passar alguns dias entre os 10 municípios da região, selecionamos nove opções especiais que prometem agradar todos os perfis e idades:

Cachoeira: se a ideia é se refrescar, este é o melhor lugar! Na Costa Verde & Mar há diversas opções, desde pequenas nascentes até grandes quedas. A maioria das cachoeiras é de fácil acesso, permitindo a aproximação de crianças e adultos.
Onde encontrar: Bombinhas, Camboriú, Ilhota, Itapema, Navegantes, Penha e Porto Belo;

Trilha: contato com a natureza e prática esportiva são ingredientes essenciais para quem busca fazer uma trilha na Costa Verde & Mar. São mais de 10 opções que percorrem verdadeiros paraísos naturais. É necessário ficar atento aos níveis dos percursos antes de se aventurar para garantir que os praticantes estejam preparados para o desafio.
Onde encontrar: Balneário Camboriú, Bombinhas, Camboriú, Ilhota, Itajaí, Itapema e Penha;

Turismo rural: andar a cavalo, acompanhar de perto o processo de cultivo do solo, degustar o melhor do alimento fresco, se divertir em um pesque-pague ou relaxar em uma hospedagem tradicional. Tudo isso é possível encontrar em diversos ambientes localizados a poucos quilômetros de distância da área litorânea.
Onde encontrar: Balneário Piçarras, Camboriú, Ilhota, Itapema e Penha;

Praias: principal roteiro do Verão é garantia de diversão para pessoas de todos os perfis e idades. Na Costa Verde & Mar existem opções mais calmas, agitadas, com orla extensa ou até mais retiradas. Também é possível visitar praias propícias para práticas esportivas que vão desde o caiaque, passando pelo surfe, stand-up, mergulho, entre vários outros.
Onde encontrar: Balneário Camboriú, Balneário Piçarras, Bombinhas, Itajaí, Itapema, Navegantes, Penha e Porto Belo;
Parques: sinônimo de diversão garantida, estes espaços agradam todos os perfis e idades. Na Costa Verde & Mar é possível encontrar desde parques aquáticos com diversas opções de áreas para banho, passando por espaços de lazer com playground até parques temáticos, como o Beto Carrero World.
Onde encontrar: Balneário Camboriú, Balneário Piçarras, Bombinhas, Camboriú, Ilhota, Itajaí, Itapema, Navegantes, Penha e Porto Belo;

Moda: para desfrutar tudo que o Verão proporciona é necessário apostar em tecidos leves, confortáveis e de acordo com cada prática. Na Costa Verde & Mar você encontra o que há de melhor na moda praia, íntima e esportiva. A região conta com confecções locais que possuem renome nacional e internacional;
Onde encontrar: Balneário Camboriú, Balneário Piçarras, Ilhota, Itajaí e Porto Belo;

Cicloturismo: curte pedalar? Uma das melhores formas de conhecer uma região é pedalando. A prática do cicloturismo é muito valorizada na Costa Verde & Mar. O percurso oficial é considerado referência nacional e liga interior ao litoral. O roteiro percorre mais de 210 quilômetros entre todas as 10 cidades da região.
Onde encontrar: Balneário Camboriú, Balneário Piçarras, Bombinhas, Camboriú, Ilhota, Itajaí, Itapema, Navegantes, Penha e Porto Belo;

Atividades náuticas: pela proximidade com mar e rio, a Costa Verde & Maré referência nacional de diversas atividades náuticas que vão desde movimentação econômica até práticas de lazer. Com águas ideais para todos os estilos, se tornou polo para navegação com e sem motor. Também conta com empresas credenciadas que permitem o acesso e cuidado das embarcações, antes e após os passeios.
Onde encontrar: Balneário Camboriú, Balneário Piçarras, Bombinhas, Itajaí, Itapema, Navegantes, Penha e Porto Belo;
Cultura/história: com forte influência açoriana, colonização europeia, tradição da pesca e características indígenas, a Costa Verde & Mar possui diversas opções que remetem ao resgate histórico e cultural. São muitos museus, ambientes de arquitetura urbana, eventos culturais, festivais tradicionais, entre outros.
Onde encontrar: Balneário Camboriú, Balneário Piçarras, Bombinhas, Camboriú, Ilhota, Itajaí, Itapema, Navegantes, Penha e Porto Belo;
Está montando o seu roteiro de viagens para Costa Verde & Mar e quer saber mais detalhes dos os atrativos? Você pode encontrar mais informações no site oficial, facebook ou instagram.
Informações para a imprensa – Oficina das Palavras:
Martha Kienast – litoral1@grupoodp.com.br – +55 (47) 3346-3797 e 9 9994-1265
Ricardo Ruas – ricardo.ruas@grupoodp.com.br – +55 (47) 3346-3797 e 9 9995-1846.
Entidade Intermunicipal de Turismo Costa Verde & Mar – CITMAR.

Mini wedding

Hoje em dia o mini casamento ou mini wedding como é chamado, é uma ótima opção para quem procura por algo mais particular.

Uma festa de casamento assim como qualquer outro evento, você paga por pessoas, por
isso os noivos estão preferindo fazer um casamento com muitos detalhes, mas poucos
convidados.

Poucos e bons!

Porque um mini wedding é para apenas pais, e amigos mais próximos. Dependendo do
número de convidados, não é viável nem a formalização de padrinhos, afinal de contas
são mais do que especiais os amigos que foram “escolhidos a dedo” para estar participando desse momento tão importante e íntimo do casal.

Os procedimentos feitos num casamento desse porte são os mesmos que um evento para
600 pessoas… Não pense que por ser uma festa menor (de tamanho), não de trabalho, ou
não precise contratar determinados fornecedores.

Então, mesmo para o mini wedding a contratação de um cerimonial é essencial 🙂

Por

A Fada Madrinha Cerimonial

“Seu sonho num toque de mágica!” 

www.afadamadrinha.com.br
(48)99148-5133

Instagram: @afadamadrinhacerimonial

#eutenhoumafadamadrinha

 

Flores ideais para decorar a casa no verão

Especialista dá dicas para quem pretende deixar a casa mais bonita e perfumada na estação mais quente do ano

CURITIBA, 08/01/2018 – O verão já chegou, e a cor e os perfumes das flores da estação podem fazer a diferença na hora de tornar ambientes mais agradáveis e deixar o interior ou o quintal de uma residência muito mais atraente e aconchegante. Porém com as temperaturas mais altas é preciso redobrar o cuidado e estar atento a resistência das plantas.  
 
Para quem planeja dar um toque especial no ambiente familiar, o ideal é optar por flores que necessitem de muita luz e pouca água. “Se o objetivo é tornar o ambiente mais leve, relaxante e bonito, a lavanda é uma boa pedida. É uma planta que se desenvolve melhor em solos arenosos, requer muita luz e água, pelo menos uma vez por semana”, sugere Bruno José Esperança, diretor geral da curitibana Esalflores, maior floricultura do país.  “Uma flor perfeita para o verão é o tagete. Além de necessitar de muito sol, pode suportar altas temperaturas sem precisar de água”, completa Esperança.
 
No entanto, ele lembra que existem exceções. A orquídea, uma flor que chama a atenção pela sua beleza, é ideal para dar um toque elegante ao lar, mas exige cuidados diferenciados. “A recomendação é colocá-la próxima de uma janela orientada para sul, distante das radiações de sol durante os dias de calor, pois pode prejudicar a planta”, orienta o diretor geral da Esalflores.
 
Por outro lado, se a ideia é colorir o ambiente, a açucena tem uma variedade de cores e podem chegar a ser tão diferentes entre si que três espécies distintas já garantem uma bela decoração. No entanto, o gerente geral da Esalflores alerta que a terra deve estar fresca e não deve receber sol diretamente. “Outras boas opções para o verão são o jacinto e a bromélia”, completa o especialista.

Primeiro hospital de olhos de Itajaí inaugura dia 10 de janeiro

A saúde da visão vai ganhar um importante aliado em Itajaí. A cidade inaugura, neste dia 10 de janeiro, seu primeiro hospital de olhos. Localizado na avenida Sete de Setembro, o Oftalmos – Hospital de Olhos de Itajaí contará com estrutura completa de consultórios, espaços de diagnóstico, centro cirúrgico e centro de cirurgia a laser.

Planejado para oferecer o que há de mais moderno em procedimentos oftalmológicos na região, o Oftalmos – Hospital de Olhos foi idealizado pelos médicos oftalmologistas Andresson Figueiredo e Gustavo Lima, que já atuam na clínica Oftalmos localizada na Avenida Marcos Konder, bem no centro da cidade.

A estrutura conta com equipamentos de última geração e um centro cirúrgico completo para atender casos de alta complexidade. A clínica Oftalmos é pioneira em Santa Catarina no uso da tomografia de coerência óptica de alta resolução e também foi a primeira a realizar cirurgia de catarata com assistência do laser. O local funcionará também como hospital dia.

Cada ambiente do hospital de olhos foi cuidadosamente projetado para garantir conforto e segurança, tanto para pacientes, como para profissionais. O Oftalmos conta também com sala de orientação cirúrgica, onde os pacientes recebem todas as informações detalhadas acerca dos procedimentos. O novo hospital conta ainda com equipe multidisciplinar para atendimento de plástica ocular, catarata, glaucoma, doenças da retina, ofalmopediatria, tomografia da córnea e tomografia de coerência óptica.

 

“Uma grife precisa ter uma identidade muito forte”

O “mago brasileiro dos sapatos”, como é conhecido o designer Jorge Bischoff, tem um estilo marcado pelo conceito internacional, mas com a energia e a criatividade do Brasil. Ele costuma dizer que o mais difícil para uma marca é ser fiel à sua identidade e resistir às tentações do mercado. Na identidade da grife que leva o seu nome e completa 15 anos de história, estão as texturas, a intensidade das cores e, principalmente, os metais. “Tenho dito que o metal é
meu parceiro de primeira ordem para compor uma coleção”, diz. Recentemente, Jorge Bischoff foi presença ilustre no lançamento da coleção Verão 2019 no Balneário Shopping, operação sob o comando do empresário Thobias Duarte, onde atraiu uma legião de fãs incondicionais da marca e de sua personalidade ímpar. Confira entrevista que ele concedeu à BEM-ESTAR.

Revista Bem-Estar: Como foi posicionar a marca Jorge Bischoff em tão pouco tempo?
Jorge Bischoff: Na verdade, é um trabalho de longo tempo, uma sequência do trabalho que eu fazia. Eu tinha um estúdio de desenvolvimento de produtos que cuidava de marcas, ou seja uma convivência muito grande com vários projetos de franquias de sapatos. A partir deste conhecimento, fui entender um pouco do varejo para lançar o nosso projeto de franquias. A marca fez 15 anos e o projeto de franquias da nossa primeira loja faz 10 anos.

Revista Bem-Estar: O que a Jorge Bischoff tem feito para marcar estes 15 anos de história?
Jorge Bischoff: Fizemos várias visitas pelo país, incluindo um grande evento em Fortaleza (CE). É fantástico perceber o quanto a marca cresceu neste período com um público bem fidelizado. Uma grife tem que ter uma identidade muito forte, o consumidor precisa identificar com ela. Em um ano como 2018 que foi, sem dúvida nenhuma, um dos piores da economia do país, nós tivemos um crescimento extraordinário, vamos fechar o ano com números maravilhosos.

Revista Bem-Estar: Desde o início, o design da Jorge Bischoff tem uma identidade muito forte, como a presença de metais e pedras. Onde você busca a inspiração destes elementos?
Jorge Bischoff: Qualquer marca precisa ter uma identidade. A nossa está, principalmente, nas texturas, nos materiais, na intensidade das cores e nos metais. Tenho dito que o metal é meu parceiro de primeira ordem para compor uma coleção. Nossa consumidora se identifica muito com isso. Hoje tenho uma equipe que passa o tempo todo só desenvolvendo novos metais.

Revista Bem-Estar: Qual tua relação com Balneário Camboriú?
Jorge Bischoff: Eu adoraria morar aqui, pena que eu sempre venho correndo. Acho que a cidade tem uma super energia. Adoro Santa Catarina, mas tenho uma relação ainda mais especial com Balneário Camboriú.

Revista Bem-Estar: Ainda há desafios?

Jorge Bischoff: Lógico, nós somos um bebê a nível de mercado. São apenas
76 lojas. A Jorge Bischoff pode ter, em breve, 300 lojas no Brasil. Já temos a
nossa primeira loja em Miami, nos Estados Unidos. A partir do ano que vem,
começaremos a trabalhar com força no mercado norte americano. Hoje já
exportamos para mais de 50 países para abastecer lojas multimarcas.

BATE-BOLA
Hobby: Cozinhar
Lugar inesquecível: Maldivas
Mania: Perfeição
Filme: Wall Street – O Dinheiro Nunca Dorme
Luxo: Carros
Não vive sem: Amigos
Comida preferida: Feijão
Cidade que moraria: Balneário Camboriú
Em quem você se inspira: Tenho muitas inspirações dentro do setor
calçadista, mas um deles foi Sérgio Rossi
Estilista que mais curte: Giorgio Armani
Conselho: Acredite no teu sonho. Vai e faz.

 

 

Como eu gostaria que fosse a minha vida?

O que eu preciso e desejo mudar para atingir meus sonhos? Como eliminar comportamentos negativos ou destrutivos? Essas perguntas podem abrir um universo de novas possibilidades e de novas realidades.

Por meio da ferramenta Access Consciousness, mais conhecida no Brasil como Barra de Access tem-se a chave para alcançar com facilidade essas novas realidades.

A Barra de Access (BA) é um conjunto de ferramentas e processos criados pelo psicólogo americano Gary Douglas para despertar mais Consciência em sua vida! Sem julgamentos, ter mais consciência é estar aberto a conseguir perceber novas possibilidades e mais escolhas. Exercer mais qualidade de presença.

Então, é a vontade e a habilidade de estar completamente presente em todos os aspectos de sua vida. Ou seja, desenvolver qualidade de presença em sua vida pessoal, amorosa, familiar, financeira, sexual, profissional e social.

Outro aspecto desse método de cura é que convida você a se perceber como um ser ilimitado, infinito e a partir deste ponto criar uma nova perspectiva. Como um ser infinito tudo é possível o tempo todo! Como um ser finito, a tendência é repetir padrões, comportamentos e histórias já conhecidas. É se limitar dentro da cerquinha, ou dentro da caixinha que a sua família ou a sociedade aceita. É não se dar conta de como seus pensamentos, sentimentos e emoções podem bagunçar e atrapalhar suas relações com as pessoas, com a prosperidade, abundância, saúde, etc.

Atentar-se para o fato que somos seres ilimitados, nos liberamos o que pensamos, sentimos, acreditamos, julgamos e decidimos que tudo em nossa vida é um interessante ponto de vista.

Segundo Gary pode-se reprogramar o nosso cérebro de maneira que tudo que desejamos seja alcançado de forma mais leve, mais rápida e mais fácil.

Primeiro o paciente precisa querer e permitir a cura e/ou a mudança. A permissão é o primeiro passo.

A sessão dura cerca de uma hora e ocorre por meio de toques suaves com as mãos em 32 pontos-chaves que estão localizados na cabeça do paciente. Os números das sessões variam de acordo com a necessidade de cada pessoa, mas a sugestão é de cinco a dez.

A intenção é promover a ativação de alguns campos energéticos em nosso cérebro. Fazendo uma analogia com um computador, seria como se tirássemos os vírus, os excessos de informações e os defeitos do sistema cerebral!

Assim, é possível cancelar e limpar comportamentos negativos e destrutivos, eliminar crenças errôneas e limitantes, traumas, fobias e medos.

Como?
Ativando e reconectando esses 32 pontos. As conexões e as sinapses cerebrais irão acelerar algumas áreas e acalmar outras. Aumentando a criatividade, a capacidade raciocínio, o foco, a concentração, a auto estima, o amor próprio, a paz, a comunicação, a alegria, a capacidade de auto cura, potencializando força e coragem.

Enfim, recria-se uma nova realidade de vida, mais feliz e mais saudável!

Comece agora a transformar sua realidade para melhor usando o mantra da BA: “Tudo vem a mim na minha vida com facilidade, alegria e glória!”

Pergunte-se todos os dias:
“O que eu posso ser, fazer, ter, criar ou gerar que tornaria minha vida e o mundo um lugar melhor? O que eu posso
perceber, saber e ser que faria a vida valer a pena?”

Por

Déia Coletta

Numeróloga e terapeuta quântica 

(47)2033-8178     (41)98404-8686

Facebook: Deia Cunha Della Coletta

deiacdcoletta@gmail.com

Balneário Camboriú – SC * Curitiba – PR

 

Atitude

Atitudes são a vertente psicológica de um Comportamento. São as nossas percepções, expectativas e conhecimentos, que juntos influenciam a nossa avaliação de algo ou alguém. Esta avaliação conduz a um comportamento ou a pensamentos e sentimentos. Pelos pensamentos e sentimentos, podemos concretizar comportamentos, e pelos comportamentos podemos deduzir atitudes.

Formalmente, “atitude é uma tendência psicológica que é expressa pela avaliação de uma entidade em particular com algum grau de favor ou desfavor” (CHAIKEN, WOOD e EAGLY, 1996, p. 269). Informalmente, “é a posição que você assume frente ao mundo que o cerca” (NEIVA e MAURO, 2011, p. 171).

As atitudes podem ser modificadas a partir de novas informações, de novos afetos ou de novos comportamentos ou situações. Assim, pode-se mudar a atitude em relação a um determinado objeto porque ele faz bem à saúde ou nos ajuda de alguma forma.

Para que uma atitude seja tomada é necessário que o indivíduo entre em contato com um objeto em particular e emita uma resposta avaliativa. “Uma atitude não pode ser formada sem que o indivíduo tenha o mínimo de informação sobre o objeto.

Em geral, a psicologia usa três formas de medir as atitudes: medidas autodescritivas (baseadas principalmente em escalas, como concordo, concordo fortemente, não concordo); medidas fisiológicas (baseiam-se em reações corporais, como pupilas dilatadas); e técnicas observacionais (observador in loco).

As atitudes são integradas por três componentes: cognitivo (composta por pensamentos, crenças, percepções e conceitos acerca do objeto da atitude); afetivo (traz sentimentos e emoções associadas ao objeto da atitude); e comportamental (engloba ações ou intenções para agir).

A atitude e adquirida ou formada através da educação ou da estruturação da personalidade ao longo dos anos e em constante confronto com a cultura e o meio ambiente, e é esse meio ambiente que a pode ir modificando ao longo dos anos.

Por

Sara Cruz Frota

Psicóloga CRP 12/16061

Psicóloga Clínica | Psicologia Organizacional

47 98410.1800 | frotasara@gmail.com

As maiores dúvidas sobre o casamento em Punta Cana

Temos ouvido falar muito sobre o destination wedding. Que é quando o casal decide realizar o
casamento em outra cidade ou país onde mora.

Você que nos acompanha nas redes sociais, viu o casamento que fizemos recentemente em
Punta Cana. (Em outra matéria falamos sobre o casamento que realizamos no México –
Cancún).

Irei falar sobre as principais dúvidas que escuto das clientes quando o assunto é casar fora.

Casar em Punta Cana ou em algum outro destino escolhido, é simplesmente incrível. E não só
para o casal, mas para todos os envolvidos que passam por essa experiência.

1) Qual o custo para realizar um casamento fora?

Essa é uma pergunta que muitos acham que está fora de cogitação realizar uma cerimônia em
outro país. Mas aí que você se engana. Casar fora tem sido tão frequente justamente pelo
baixo custo. Tem muitos hotéis que oferecem a cerimônia sem custo nenhum. Claro que para
os brasileiros que estão acostumados com muita decoração, flores e toda a estrutura… o que é
oferecido sem custo talvez não agrade a todos. Mas com certeza quem pensa em casar com o
pé na areia irá se encantar pelo simples. Afinal, o cenário já é maravilhoso.

2) O que o casal terá de custos?

Então, depende muito do que irão querer. Como falei na pergunta anterior, alguns hotéis
oferecem todo o casamento sem cobrança. O casal paga o valor do hotel (o quarto). A
decoração da cerimônia está inclusa, o celebrante que fale português, um som ambiente
durante toda a cerimônia, e o jantar que pode ser realizado em algum dos restaurantes do
hotel ou em algum outro local que desejar.
Como os hotéis são all inclusive, você não se preocupa com comida e bebida. Por isso eles
oferecem essa cerimônia sem custo.

3) Os noivos pagam os custos dos convidados?

Não! A não ser que vocês queiram. Mas a maioria não paga. Cada convidado paga o seu. Para
os convidados é uma oportunidade de ficar em um hotel de luxo pagando muito menos,
porque para casamento são pacotes especiais. Além de vivenciar essa experiência incrível ao
lado de amigos e familiares.

4) Devo levar fornecedores do Brasil para o casamento ou tem tudo no hotel?

Essa é a pergunta mais difícil. Já que eu sou do Brasil kkkkk
Mas quem já casou fora e levou alguém daqui, não se arrepende!
O hotel oferece tudo! Mas a cultura é TOTALMENTE diferente. Nos casamentos que fiz fora do
Brasil, tive o auxílio de cerimonialista do próprio hotel. Que já está incluso no pacote uma
pessoa do hotel que apenas está lá para coordenar a montagem e os horários(o evento é
fechado por hora lá). A concepção de cerimonial é muito diferente da nossa. Tanto em Cancun
como em Punta Cana, eram duas meninas que não tinham muita noção dos nossos protocolos.
Elas ficam à disposição para ajudar, mas sem saber ao certo o que e como fazer. Então prefiro
não envolver muito para não prejudicar a qualidade do meu serviço. Sugiro então, ter uma ou
duas cerimonialistas do Brasil para que vocês se sintam mais seguros e tranquilos em relação a
tudo. Afinal realizar um casamento desse porte e ficar tudo uma bagunça não da!!! Sem contar
que o evento não é apenas no dia do casamento. Já que estarão lá por tanto tempo irão
querer fazer outros encontros com seus convidados.
O fotógrafo também acho fundamental que seja da sua confiança. Já que é a única coisa que
fica. Os fotógrafos de fora não possuem a mesma qualidade que nós brasileiros. Além disso,
eles trabalham por hora. Todos os demais dias não terá foto.
Você quer festa? Então precisa de um dj. No hotel eles também fornecem, mas claro que
tocando as musicas locais. Até possuem algumas brasileiras mas nada que estamos
acostumados a ouvir. No casamento que fizemos em Cancun levamos um dj daqui e fizemos a
festa!!!!
Acredito que esses seriam os fornecedores fundamentais. Querem acrescentar luxo? Músicos
ao vivo o que acha? Também é uma ótima ideia. Mas lembre-se que tudo agrega valor, e o
custo para levar os fornecedores além do valor do serviço, teria que ser pago os custos de
viagem também. Esse é o valor que o casal acaba gastando com o casamento fora. Além de
itens adicionais que queiram incluir na decoração e pacote escolhido pelo hotel. Mas garanto
que sai mais barato casar fora do que no Brasil.

Você tem mais dúvidas? Estamos à disposição.

Por

A Fada Madrinha