Dia dos Pais: Rede Cia da Saúde lança sorteio de uma viagem para Europa

A Cia da Saúde Bistek Itajaí é uma das lojas participantes da promoção

Em comemoração ao dia dos pais a rede Cia da Saúde irá sortear uma viagem para Europa, com direito a um acompanhante, para visitar as três cidades da Europa: Barcelona, Madri e Lisboa.

A loja Cia da Saúde Bistek Itajaí é uma das lojas participantes da promoção. A cada R$ 50,00 em compras o cliente ganha um cupom para participar e concorrer à viagem. A ação iniciou em junho e se estende até o dia 8 de agosto. O sorteio será realizado no dia 28 de agosto, às 14 horas.

O ganhador terá o prazo de um ano, após a data do sorteio para contatar a agência responsável pela viagem e montar um roteiro personalizado entre Barcelona, Madri e Lisboa, com duração de 10 dias.

Participe! Mais informações no site: http://www.redeciadasaude.com.br

Fernando Dal Bosco nos Estados Unidos

Quem aproveitou um descanso no trabalho para curtir merecidas férias foi o Designer de Interiores Fernando Dal Bosco. Ele está de retorno dos Estados Unidos, onde passeou por cidades como Orlando e Miami e conheceu a Disney e a Universal. Em Miami, Fernando aproveitou para passear pelo badalado Design District, onde procurou inspiração para compor seus futuros projetos.

O Designer é uma das atrações da CASACOR Balneário Camboriú, que começa em julho e acontece no bairro Ariribá. Depois de conquistar o exigente público da mostra com uma casa à beira-mar, contemporânea, na mostra de Itapema, no ano passado, levando a capa do Anuário e prêmio, Dal Bosco retorna cheio de novidades e promete surpreender nesta edição!

Fotos: Divulgação

Vivendo e comendo em Portugal

Nos últimos cinco anos houve um aumento significativo no número de brasileiros que emigrou para antiga metrópole. Esse fenômeno se deu basicamente por duas razões: crise econômica e o crescimento da violência. Além disso, há também a facilidade da língua, por que na pátria que educa somente 20% da população brasileira domina outro idioma. Mas uma coisa é passar algumas semanas como turista e outra, bem diferente, é morar. Em primeiro lugar os preços. Um quarto com banheiro e cozinha compartilhados com outras pessoas não sai por menos de 200 euros e um apartamento de um quarto, mobiliado, no mínimo 500. Além disso, os salários pagos em Portugal estão entre os mais baixos da Europa. O clima é bastante parecido com o de Santa Catarina e o tamanho é um pouco menor, embora a população seja maior. Mas tem suas vantagens. No quadrinômio segurança, transporte, saúde e educação o país é realmente muito bom. E a comida? A comida é ótima. São basicamente os mesmos ingredientes, mas é diferente. Nós que estamos acostumados com banana e mamão descobrimos que lá essas frutas são bem inferiores as nossas, bem como a manga e o abacaxi. Em compensação melões, pêssegos e frutas vermelhas são ótimos. Os adeptos do suco de laranja pela manhã certamente vão sair decepcionados pois as laranjas são muuuito azedas. Água de coco nem pensar. No pequeno almoço, que é como eles chamam o café da manhã eles tomam geralmente café, leite e uma tosta mista – o nosso misto quente. Tem muito queijo de cabra, ovelha e queijo de vaca amarelo. Queijo branco não tem, mas o pão em Portugal é até melhor do que na França.

Atenção. Por aqui presunto é o que chamamos de presunto cru. O nosso presunto é chamado de fiambre. Na hora do almoço outra diferença. Por aqui não tem restaurantes por quilo. No sul do país e também na região de Lisboa e Cascais os restaurantes servem uma boa variedade de pratos do dia e aqui mais uma diferença: se come peru o ano inteiro de modo que bifes de peru ao molho de cogumelos são muito comuns, bem como arroz de pato, bacalhau a brás e bolinhos de bacalhau com salada e arroz de tomates. As porções são parecidas com as nossas. Mas não se preocupe, há Mc Donalds, Burguer king, sushis e uma variedade enorme de restaurantes indianos, chineses e também brasileiros. No norte de Portugal é beeem diferente. Menos cosmopolita, mais conservador, muito melhor. Mesmo os mais jovens valorizam a sua gastronomia. Não há self-service, redes de fast food ou sushis. É cozinha portuguesa típica e em porções pantagruélicas. O pequeno almoço é igual em todo o país, mas no Norte eles servem, um menu composto de pão, sopa, uma bebida – peça uma jarra de vinho da casa – prato, sobremesa e café por preços que variam entre 8 e 10 euros. Comem bastante porco, boi e coelho. Tripas e embutidos. Nesse quesito aliás vale provar as alheiras que são linguiças de frango e /ou de caça, bem temperada e engrossada com pão e farinha.

As sobremesas são um pouco diferentes também. Natas do céu, bolo de bolacha, rabanadas com calda de vinho do Porto e pão de ló. Pastel de Belém só em Belém, no restante do país tem pastel de nata. Peixes e frutos do mar: Polvos, lulas, robalos, linguados e sardinhas. Tem também chocos e potas que são primos dos polvos. Poucos mexilhões e ostras, mas muitas amêijoas, navalhas e percebes. E evidentemente bastante bacalhau. As formas mais comuns são: Bacalhau a brás, a Gomes Sá, a lagareiro, com broa, a braga e a zé do pipo.

Outra diferença é que os portugueses jantam. Para quem gosta de beber: Portugal tem mais de 5000 rótulos de vinho. Uma boa parte custa até 7 euros e são ótimos. Tem duas grandes marcas de cerveja: Sagres, no Sul e super bock no Norte. Equivalem as nossas Brahamas e Antárcticas. A boa notícia é que aos poucos eles estão começando a fazer cervejas artesanais de boa qualidade. Destaco a 1927 que pertence a Super bock e a Nortada, cuja fábrica fica na rua Sá da Bandeira, no Porto e onde se pode também tomar as cervejas.

Destilados: ao contrário do que ocorre por aqui, os portugueses não bebem whiski, caipiras e cachaças antes das refeições, somente depois e uma curiosidade: pela lei portuguesa nenhum destilado pode ser servido gelado nos bares e restaurantes.

Caso prefira fazer comida em casa você vai se tornar cliente do Pingo doce e / ou do Continente as duas grandes redes de supermercados do país. O primeiro é um pouco menor que o nosso Angeloni, enquanto o segundo é bem maior. Importante: os sacos plásticos tão comuns por aqui lá eles são pagos e reutilizáveis por isso acostume-se a ir com eles quando for fazer compras. Aliás todo mundo lá faz isso. Por último e muito importante: em Portugal o caminhão de lixo não passa nas casas, mas há enormes depósitos espalhados pela cidade e o recolhimento é feito de madrugada.

Dito isso fica a pergunta que muitos brasileiros me fazem: Vale a pena morar em Portugal? Sim e não. Depende muito da situação da qual você está saindo, das suas expectativas E pretensões e também da sua capacidade de adaptação.

Por

Renato Justo

Chef de Cozinha

A grande tentação no inverno de Bariloche

 A cidade já se prepara para oferecer ao turista brasileiro o que há de melhor na temporada 2019

Maior conectividade aérea, novas propostas de infra-estrutura e a chegada de turistas de toda a região no destino, transformam Bariloche na capital do inverno argentino. As companhias aéreas Azul, Latam, Aerolíneas Argentinas e a agência online Decolar anunciaram benefícios em pacotes, descontos e vôos diretos para esta temporada, tão aguardada pelos brasileiros que apreciam o frio das montanhas e os esportes típicos da estação – além de uma culinária espetacular.

Novidades nas montanhas

O centro de esqui mais importante da América do Sul anunciou suas novidades para esta temporada: o Cerro Catedral se prepara para o inverno oferecendo entretenimento para todas as idades. Entre eles, o anúncio de um novo Magic Carpet (uma correia transportadora é um meio fácil e confortável) instalado na base da montanha, melhorias na pista panorâmica e no sistema de fabricação de neve (foram instalados 13 canhões de alta tecnologia, que oferecem uma melhor experiência aos turistas), eventos de primeira classe – como o Congresso Internacional de Patrulheiros, a Copa do Mundo e vôlei na neve –, além das melhorias na infraestrutura e nos equipamentos de elevação.

Uma das trilhas emblemáticas da Catedral é a Panorámica, um passeio pela orla da montanha que oferece uma vista inigualável da Cordilheira dos Andes e dos lagos da região. Esta pista foi preparada para os esquiadores e praticantes de snowboard desfrutarem da sua descida ao máximo em uma paisagem única, que inclui o redesenho e a construção da estação superior do teleférico La Hoya.

O “Cathedral Snow Park” é um setor para os fãs de adrenalina, trazendo nesta temporada novos módulos que exigirão o máximo de cada esquiador e, como todos os anos, o local será palco de diferentes competições de primeiro nível.

Também neste ano, a Catedral sediará uma das datas do Campeonato Mundial de Vôlei de Neve, organizado pela Federação Internacional de Vôlei (FIVB).

Na gastronomia, o emblemático Refugio Lynch reabre durante o pôr do sol neste inverno. Com edifício renovado e uma nova proposta gastronômica, o passeio é praticamente “obrigatório”.

Centro de esquí nórdico

Um passeio perto do centro de Bariloche, onde você pode praticar esqui cross-country com 10 quilômetros de trilhas, andar em quadriciclos com esteiras para a neve ou curtir uma noite de montanha em um abrigo próprio, uma noite bem nórdica. O evento noturno também inclui passeios de quadriciclo e jantar gourmet com sabores da patagônia. Há também passeios especiais com raquetes de neve.

Cerro Otto

O Cerro Otto é um complexo de atividades que inclui sua tradicional confeitaria rotativa. Os turistas contam com o teleférico e podem brincar e se divertir com caminhadas, trenós e jogos. O complexo também proporciona ao visitante uma galeria de arte, mini cinema, terraços panorâmicos, funicular no topo e um simulador de voo de parapente. O transporte de ida e volta ao Cerro é gratuito, desde o centro de Bariloche, e é um dos principais produtos turísticos da cidade.

Vale do Challhuaco
Distante apenas 20 quilômetros de Bariloche, o Vale do Challhuaco, que possui uma incrível floresta de lengas (árvore típica da região), é o lugar ideal para fazer atividades recreativas de montanha em seu exclusivo Espaço Neumeyer. Andando pelas trilhas do vale é possível observar a vida selvagem da floresta, com vistas panorâmicas e uma lagoa congelada. Cada atividade é celebrada com um momento gastronômico único e inesquecível em espaços aquecidos e ambientado no espírito das montanhas e da Patagônia.

Você também pode desfrutar de caminhadas de raquetes de neve na floresta e brincar com trenós.

Informações sobre esses e outros passeios de Bariloche, acesse o site: https://www.barilocheturismo.gob.ar/br/home

 

Para mais fotos de Bariloche: https://www.flickr.com/photos/emproturbariloche/albums/with/72157683010701154

Facebook: /BarilochePatagoniaBR

Instagram: @Barilochear

Férias luxuosas no Centro de Portugal

Hotéis de charme e marcas centenárias garantem experiências exclusivas no país

No Centro de Portugal, região que fica entre Lisboa e Porto, há inúmeros destinos maravilhosos, como Coimbra, Aveiro e Fátima. Mas, além de visitar as cidades e vilas encantadoras que se espalham por seu território, os turistas podem ter muitas experiências inesquecíveis – desde hospedar-se em hotéis de charme deslumbrantes até comer em restaurantes de qualidade indiscutível.

A Vista Alegre, por exemplo, é uma das marcas da região que podem deixar uma viagem por lá ainda melhor. A célebre fabricante de porcelanas finas tem em Ílhavo, a uma hora de Porto, uma fábrica em pleno funcionamento e um museu, que não apenas conta toda sua história, mas também exibe peças icônicas de suas coleções ao longo dos anos, que fascinam por seu design.

A contribuição da marca Vista Alegre para o turismo português não acaba por aí. Ela também é tema do Montebelo Vista Alegre Ílhavo Hotel, também em Ílhavo, um cinco estrelas totalmente decorado com as cobiçadas peças da marca, com um edifício moderno e sofisticado e outro histórico e clássico, onde vivia a família do fundador da companhia. Outro empreendimento já está em desenvolvimento: um novo hotel na cidade de Caldas da Rainha, que será associado à marca de cerâmicas tipicamente portuguesa, Bordallo Pinheiro.

Na Serra da Estrela, o destaque vai para a Casa de São Lourenço, um novíssimo hotel cinco estrelas com 17 quartos e quatro suítes que fica no Vale do rio Zêzere, o maior vale glacial da Europa. A 1.200 metros de altitude, conta com vistas panorâmicas de tirar o fôlego, decoração elegante e minimalista, e mobília de design contemporâneo.

A decoração conta com objetos e obras de arte produzidas em pura lã de ovelha chamada burel e que dá tema ao hotel. Originalmente utilizado por pastores, o burel se transformou em matéria-prima de design e é produzido exclusivamente nesta região. Os turistas também podem visitar a fábrica que fica na vila de Manteigas, que mostra a história do burel e possui uma loja com roupas, acessórios e peças de decoração.

E falando em fábrica, em Viseu encontra-se a produção da Abyss & Habidecor, que trabalha com algodão egípcio para criar toalhas que estão entre as melhores do mundo. A marca faz parte do grupo Celso de Lemos, que também tem nas redondezas de Viseu a Quinta de Lemos, produtora de vinhos, mel e azeite, e um restaurante, o Mesa de Lemos, que garante uma das melhores experiências gastronômicas da região. Ele está sob o comando do chef Diogo Rocha, que aposta em produtos regionais trabalhados com imaginação e técnicas consoantes com a cozinha contemporânea.

Por fim, o litoral também tem luxo a oferecer, muito diferente dos resorts pé na areia existentes no Brasil. O Noah Surf House, na praia de Santa Cruz, a uma hora de Lisboa, é dedicado ao mar e ao surfe, e possui oito quartos e 13 bangalôs maravilhosos, além de piscina, jacuzzi, skate park, loja de equipamento de surfe e um restaurante na praia. Com uma localização mais tranquila que Nazaré e Peniche, os hubs do surfe português, garante boas ondas, vistas estupendas para o oceano e uma atmosfera positiva, com experiências exclusivas.

Serviço

Museu da Vista Alegre
3830-292 – Ílhavo
https://vistaalegre.com/int/t/vaa_VisiteMuseudaVistaAlegre_OMuseuVistaAlegre-1

Montebelo Vista Alegre Ílhavo Hotel
3830-292 – Ílhavo
https://montebelohotels.com/montebelovistaalegre/

Casa de São Lourenço
Estrada Nacional 232, km 49,3 – Manteigas
http://casadesaolourenco.pt/

Abyss & Habidecor
Zona Industrial de Mundão, 3.500 – Viseu
http://www.celsodelemos.com/

Quinta de Lemos e Mesa de Lemos
Passos de Silgueiros, 3500-541 – Viseu
http://www.celsodelemos.com/

Noah Surf House
Avenida do Atlântico, 2560-042 – Santa Cruz
http://www.noahsurfhouseportugal.com/

Sobre o Centro de Portugal

A mais charmosa região portuguesa é cheia de destinos populares: Aveiro, Coimbra, Viseu, Nazaré, Óbidos, Tomar, Fátima e tantos outros. Suas belezas se estendem por todo o território – ocupado por 2,3 milhões de habitantes que têm o dom de bem receber. O Centro de Portugal possui inúmeros patrimônios da UNESCO, um litoral que é um paraíso do surfe, aldeias históricas, gastronomia riquíssima, vinhos inesquecíveis, natureza exuberante e muita cultura, que se somam a incontáveis motivos para uma visita. A principal cidade, Coimbra, está a apenas 200 quilômetros de Lisboa e a 135 quilômetros do Porto. Acesse www.centerofportugal.com.

No Egito

A Designer Josy Melo está aproveitando as férias no Egito, onde chegou dia 29 de abril e retornará nesta quinta-feira (09). Josy, que assinará ambiente na CASACOR Balneário Camboriú, ao lado da Designer Hevelin Buss, promete voltar com ainda mais inspiração para se dedicar a mostra, que abre em junho.

Na viagem a Designer foi conferir as pirâmides de Cairo e após seguiu para Luxor, onde embarcou num cruzeiro pelo Rio Nilo com destino a Aswan.

Fotos: Arquivo pessoal

Por Agência A

Arquiteta Micheli Barni passa feriado de páscoa na serra catarinense

A arquiteta brusquense Micheli Barni escolheu a Vinícola Thera na serra catarinense para aproveitar os dias de feriado da páscoa. 

“O lugar é lindo, a decoração da pousada é de extremo bom gosto sem perder os ares de simplicidade e o clima de fazenda” ressalta Micheli.

A vinícola Thera fica localizada em Bom retiro próximo aos municípios de São Joaquim e Urubici no planalto serrano de Santa Catarina.

Reserve um tempo para os pais, o casal merece

Você sabia que a Praia do Rosa foi eleita entre as trinta baías mais belas do mundo? E foi o destino que eu e meu marido escolhemos para passar um final de semana sem a nossa filha e reservarmos um tempo só pra gente.

Confesso que as primeiras horas são mais difíceis de se desligar, o pensamento fica se a filha está bem, se se alimentou, se tomou banho, mas depois passa e realmente acreditamos que é necessário esse tempo para o casal, vale a pena desligar-se um pouco.

O hotel Villa Gardena está localizado na Praia do Rosa, em Santa Catarina, no alto do morro em frente a Lagoa do Meio. Com apenas quatro suítes, o Villa Gardena preza por um ambiente aconchegante e visual deslumbrante da lagoa e do mar dos quartos e da área comum dos hospedes.

Somente hóspedes adultos são permitidos e lá não há nenhuma pressa de sair do quarto, o café da manhã é servido até as 10h30. E falando no café da manhã, esse é um dos diferenciais do hotel Villa Gardena, são servidos queijos produzidos na região, parma, pães caseiros sem lactose, iogurte e granola produzidos pelo Hotel, frutas como morango, carambola e kiwi a vontade, sucos verde detox entre outros para você tomar aquele café da manhã de rei
e rainha.

O casal que quer comemorar a Lua de Mel ou mesmo curtir um final de semana romântico indicamos sem medo de errar o hotel Villa Gardena.

O hotel disponibiliza para os hóspedes bicicletas para fazer trilhas e pedalada pela Praia do Rosa.

Além disso, também oferece vinhos e espumantes com um preço justo para os hóspedes. Outra informação que deixa mais interessante a visita ao hotel é que caso o hóspede não queira sair para jantar, são feitas pizzas no hotel e cobrado a parte, no verão funciona um bistrô com mais opções de gastronomia.

Os bolos, tortas caseiras, cafés e chás ficam expostos durante a tarde para os hospedes fazerem um lanche (sem custo adicional).

Quartos amplos com sacada e um visual de tirar o fôlego incentiva o casal aproveitar e desfrutar da beleza da natureza.

Foi um experiência maravilhosa!

Para reservas e mais informações acesse http://villagardena.com.br ou entre em contato pelo Whats (48) 9 9938- 7270.

Por

Marcella Zorzo

Guia da Família SC 

Instagram: guiadafamiliasc

Conheça o Vinho Verde, a nova sensação da vinicultura

Queridinhos na Europa, os vinhos verdes estão ganhando força no Brasil e já podem ser encontrados com facilidade no país

CURITIBA, 18/01/2019 – Você sabe o que é Vinho Verde? Nunca vi, nem bebi, eu só ouço falar. Mas apenas por enquanto, porque a bebida – que já é febre entre os europeus – tem tudo para conquistar o coração dos brasileiros. Localizada ao Noroeste de Portugal, a Região dos Vinhos Verdes é considerada uma das maiores e mais antigas regiões vitivinícolas do mundo. Movimenta milhares de produtores, produzindo vinhos sob a denominação de origem Vinho Verde, considerados únicos no mundo.

Sensação na década de 1970 e até hoje considerado sinônimo de vinho português, o Vinho Verde voltou a chamar atenção dos amantes de vinhos, se desenvolveu e ganha força principalmente nos dias quentes, acompanhando refeições leves. O termo Vinho Verde remete às características naturais da região que o produz, densamente verdejante, mas também para o próprio perfil do vinho, que pelo seu frescor, aroma e leveza, além do baixo teor alcoólico, se diz verde em alusão à sua juventude, leveza e por oposição a outros vinhos mais complexos e encorpados. Portanto, há opções de vinhos verdes brancos, rosés, tintos e, até mesmo, espumantes.

Opção para todas as ocasiões

Com tantas curiosidades sobre a bebida, o especialista Abel Blumenkrantz, executivo da Garage Vinhos, explica as principais características dos vinhos verdes e indica a bebida para quem procura momentos descontraídos e um estilo de vida saudável.  “Estamos tratando de um vinho jovem, o nome também diz respeito à maturidade dele. Ele está pronto para consumo sem ter passado por períodos de maturação. Diferente dos vinhos tradicionais, que tendem a ter uma taxa mais baixa no teor de acidez, o vinho verde torna-se único justamente por isso, junto do frescor marcante”, comenta.

Para o especialista, outro grande diferencial dos vinhos verdes fica por conta de sua versatilidade em harmonizações gastronômicas. “O Vinho Verde é extremamente versátil e tem poucas calorias. É ideal para acompanhar saladas, mariscos, peixes, carnes de aves e gastronomia oriental. Harmonize sem erros com mexilhões gratinados, salada de cogumelos frescos, salmão defumado, dourado grelhado, robalo ao forno, polvo assado, peito de pato e sushi”, sugere o especialista.

Com o consumo crescendo no Brasil, os vinhos verdes já podem ser encontrados com facilidade nas prateleiras de supermercados e casas de vinhos. De acordo com Abel Blumenkrantz, o vinho Costa do Sol (preço sugerido de R$ 39,90) é uma ótima opção para quem quiser conhecer as principais características do estilo. “Com aromas de frutas e toque cítrico, esse vinho possui um paladar leve e frutado. Fácil de beber e de harmonizar, perfeito para momentos de descontração, como à beira da praia ou da piscina, esse rótulo é produzido na Denominação de Origem Controlada Vinho Verde, em Portugal. Com um estilo que expressa a tipicidade do terroir, o Costa do Sol é uma ótima opção para os dias mais quentes do ano”, completa.

 

Praia do Forte, na Bahia, com as crianças

Algo que é verdade sobre o Nordeste, não existe inverno por lá! Que sol, energia e céu maravilhoso que encontramos nos dias que passamos na praia do forte na Bahia. A Praia do Forte não é uma cidade, pertence ao município mata de São João e para você se localizar melhor, fica aproximadamente a 50 km de Salvador, capital da Bahia.

Nos hospedamos no Hotel Via dos Corais. Antes de irmos, fizemos uma pesquisa sobre uma boa opção de estadia com as crianças e acertamos 100% em escolher o Hotel Via dos Corais. Logo na entrada do Hotel tem uma SUPER BRINQUEDOTECA climatizada com dezenas de brinquedos, mesinhas para colorir, televisão e espaço para as crianças brincarem.

A piscina em forma de “caracoeis” (veja as fotos) com três níveis de profundidade e faz com que as crianças não fiquem limitadas a uma pequena parte da piscina, pelo contrário, podem circular por toda a piscina em segurança, nossas filhas amaram!

O café da manhã é completo com direito a pratos nordestinos como o cuscuz de tapioca, tapiocas doces ou salgadas feitas na hora.

Outros detalhes importantes, tanto na Brinquedoteca quando nos quartos e na área de descanso (próximo a piscina) as televisões são smart com Netflix.

Ficamos quatro dias na Praia do Forte e o que mais nos chamou atenção foi estacionar o carro na chegada e só usá-lo novamente no dia do check out. Tudo é perto na Praia do Forte e se faz a pé, tem uma infinidade de lojas de marca, lojas de artesanato local, de sabonetes em formato de frutas, lojas de essências, de chocolates da Bahia, bares, restaurantes com música ao vivo, tudo uma do lado da outra.

Lá também há uma igrejinha linda, pintada de branco e azul claro e todas as noites fica iluminada (tipo decoração de luzes de Natal).

Onde comer na Praia do Forte?

A gente adora a comida forte e apimentada do Nordeste, com bastante coentro, dendê e pimenta caseira.

Restaurante Sobrado da Vila (www.instagram.com/sobradodavila).

Pensem em uma moqueca de camarão deliciosa no Restaurante Sobrado da Vila. Além disso, tem música ao vivo e várias caipirinhas de frutas como seriguela, pitanga, caju e etc. para animar à noite.

Tango Café (https://www.instagram.com/tango_cafe)

Para quem nos seguem no Instagram sabe que adoramos fazer churrasco e comer carne, então posso dizer que somos experts em comer carne. Pedimos no Tango café um aperitivo de linguicinha choripam e filé mignon acebolado que estava divino, também pedimos bife de chorizo. Perceberam algo? Sim, a proprietária do Tango Café é Argentina e trouxe a qualidade das carnes argentinas para a Praia do Forte. Também provamos as bruschettas de parma e pesto e as Empanadas Argentinas.

Its Gastrônomia ( https://www.instagram.com/itsgastronomia/)

À noite, sem dívidas a melhor pedida é ir no Its Gastrônomia, música ao vivo de qualidade, menu kids que as crianças amaram e o preço é ótimo, sem falar na cerveja gelada e é perto do Hotel Via dos Corais, dali pra cama.

Depois de toda essa comilança aproveitamos para fazer um passeio guiado de bicicleta com a empresa Eco Bike Tour (você encontra informações sobre eles no https://www.instagram.com/ecobiketour). Foi um passeio sensacional em família, um guia acompanha a gente até as praias naturais da Praia do forte, o caminho é asfaltado, seguro e o
Guia faz a gentileza de levar água pra gente.

A empresa Eco Bike Tur também tem as cadeirinhas para crianças pequenas e grandes, então nossas meninas foram conosco, adoraram o passeio!

Gostaram das fotos? Aproveitamos e fizemos uma sessão de fotos com o fotografo Kleber Dias (Você o encontra no Instagram https://www.instagram.com/kleberdiasfotografo)

Espero que tenham gostado das dicas!

Por

Marcella Zorzo

Guia da Família de Santa Catarina

Instagram: guiadafamiliasc    marcellazorzo