PILATES: UM GRANDE ALIADO À ANSIEDADE

Estresse no trânsito, lidar com várias cobranças no trabalho, cumprir prazos, filas para tudo, correria, não ter tempo nem para almoçar direito, encaixar o laser quando sobrar um tempo na agenda, trabalhar de 12 a 15 horas por dia, qualidade de sono péssimo. Ufa!! Só de pensar já cansa. Infelizmente esta é a rotina de várias pessoas deixando a saúde para segundo, ou até mesmo, terceiro plano. Vamos falar um pouco sobre uma doença silenciosa que está afetando muitos profissionais hoje em dia, a chamada “doença da modernidade”: a ansiedade.

A ansiedade é uma sensação ou sentimento decorrente da excessiva excitação do sistema nervoso central consequente à interpretação de uma situação de perigo. Por vezes a pessoa que sofre este transtorno sente uma necessidade de fazer coisas de forma a fugir do seu estado emocional para que se sinta melhor. Desta forma a pessoa fica com uma respiração curta, muitas vezes gera uma tensão nas partes dos ombros, pescoço assim tendo muitas vezes fortes dores de cabeça e na região do pescoço e no meio das costas tudo isso gerada pela tensão excessiva nesta região. Com uma respiração curta o músculo diafragmático fica tensionado não funciona adequadamente isso ocasionando muitos distúrbios no nosso organismo como dores de cabeça, doenças gastrointestinais e dores nas costas. Pois bem, o pilates é um grande aliado para combater a ansiedade pois o método trabalha com uma respiração própria onde irá potencializar muito a capacidade respiratória. Em todos os exercícios do pilates a ênfase é a respiração e também a contrologia (movimento com fluidez) com esta prática a pessoa começa a ter mais controle e levando para o seu dia a dia. O pilates traz inúmeros benefícios em pessoas ansiosas por modificar a capacidade respiratória. Quando uma pessoa ansiosa começa a controlar mais sua inspiração e sua expiração podemos obter uma melhora muito grande no seu tratamento com a ansiedade pois seu diafragma se torna mais competente e aí isso se torna um benefício para o seu dia a dia.

Se você sofre deste transtorno convidamos você estar reservando 1 hora do seu tempo para começar a praticar pilates conosco e sentir na pele esta mudança em sua vida!

Por

Cristina Muhlbrandt Keller

Educadora física

Especialista em pilates e em método hipopressivo

Studio Top Pilates

http://www.toppilates.com.br | 47 3045-2444 |   98861-5024

Av. 7 de Setembro, 1005 – Fazenda – Itajaí 

 

A prática do exercício físico contribuí também durante o tratamento de câncer

A atividade física promove o equilíbrio dos níveis de hormônios, reduz o tempo de trânsito gastrointestinal, fortalece as defesas do corpo e ajuda a manter o peso corporal adequado. Com isso, contribui para prevenir o câncer de intestino (cólon), endométrio (corpo do útero) e mama (pós-menopausa).

Conforme Battaglini et al. (2003), o exercício aumenta o volume cardíaco para suprir oxigênio e nutrientes e eliminar dióxido de carbono e resíduos metabólicos. Logo, o sistema respiratório lida com um aumento de trabalho, troca de oxigênio e gás carbônico entre sangue e atmosfera seguido do sistema nervoso e vários hormônios, que têm de integrar a resposta do organismo ao exercício e regular as mudanças metabólicas que ocorrem nos músculos e em outros tecidos.

Entretanto, para que o exercício seja efetivo e seguro nessa população, ele deve ser prescrito respeitando princípios como individualidade, tipo, intensidade, frequência e duração do exercício, incluindo no programa de treinamento tanto componentes anaeróbios quanto aeróbios.

Considera-se, portanto, que a prática de exercício físico durante o tratamento de câncer contribuiu com melhorias dos aspectos psicológico, social e físico, porém é importante considerar quais práticas podem ser desenvolvidas com esse público e em qual momento do tratamento essas podem ser inseridas.

Sempre com acompanhamento profissional capacitado.

Por

Raphael Mello Block 

(CREF-4547/SC)

Studio Top Physical

Personal Trainer & Ginástica Laboral

http://www.topphysical.com.br

fanpage:/studiotopphysical

47 3348-2424 (Agende a sua visita)

Rua: Lauro Muller, 863, Fazenda – Itajaí – SC

Exercícios para evitar lesões

Olá, galera! Tudo bem? Como eu havia prometido na última edição, segue uma série de exercícios que podem e devem ser feitos para evitar as lesões e que ajudam a melhorar a mobilidade articular. Lembrando que se for se exercitar, o ideal é sempre procurar orientação por profissionais capacitados. Agora vamos aos nossos exercícios de hoje. 

1 – Prancha Abdominal (fortalecimento do abdômen): de barriga para o chão, manter na posição onde o quadril esteja na mesma altura dos ombros, pés afastados na largura do quadril, cabeça onde o queixo fique mais próximo do peito. 

Fazer: 3 x de 20-30 segundos (sugestão) ou ficar o tempo que conseguir na posição.

2 – Posição do bebê (alongamento para as costas e lombar): com os joelhos apoiados no chão, sentar o quadril nos calcanhares e levar os braços para cima da cabeça apoiando os mesmos no chão, tentar manter o quadril firme nos calcanhares e estender o máximo que conseguir os braços.

Fazer: 3 x 20 – 30 segundos (sugestão) ou ficar o tempo que conseguir na posição.

3 – Elevação de Pelve (fortalecimento de glúteos, posteriores de coxa e lombar): Ficar de Costas para o chão, joelhos flexionados e afastados na mesma linha do quadril assim como os pés, realizar o movimento de elevação da pelve até a altura dos joelhos e descer até o chão.

Fazer: 3 x de 20 – 30 repetições.

Por

Rodrigo Bender

Personal trainer

 

Estou com dor: devo repousar ou fazer alguma atividade física?

Para quem sente dores nas articulações ou nas costas, pensar em seguir uma rotina de exercícios pode parecer assustador. Quando começamos a sentir dores, por cautela, a tendência é diminuir a quantidade de exercícios físicos, porém, sabemos que é um mito. Estudos comprovam que mexer o corpo em crise de dor ajuda a aliviar.

O pilates pode ser uma opção e ainda traz inúmeros benefícios, se realizados de maneira correta. Por isso, se você tem problemas nas articulações, artrite, dor nas costas ou limitações provocadas pelo excesso de peso, não fique parado. Buscar se mexer é a melhor opção, e dentro das atividades físicas de baixo impacto, o mais indicado é o pilates, sempre com uma orientação médica e de um profissional capacitado e habilitado no método.

LEMBRE-SE: mexer-se mais é essencial para a saúde!

Por

Cristina Muhlbrandt Keller

Educadora física e proprietária do Top Pilates, especialista em pilates e coach internacional em exercícios hipopressivos

Studio Top Pilates

http://www.toppilates.com.br | 47 3045-2444 | 98861-5024

Av. 7 de setembro, 1005 – Fazenda – Itajaí

 

 

Treinar em dupla ajuda a ter melhores resultados?

Olá, galera! hoje irei falar sobre uma forma interessante de realizar seus treinos, “treinamento em dupla”.
Às vezes a maior “desculpa” para não começar a realizar algum tipo de exercício, sendo ele na academia ou até mesmo nas ruas, é a falta de motivação e a preguiça. Quem deseja começar uma rotina de treinos pode acabar se esbarrando nessas dificuldades, e para quem já treina, pode ser mais um estímulo, onde a “competição saudável” ajuda a superar os limites, melhorar o rendimento e alcançar os objetivos.

Pensando nisso resolvi listar alguns benefícios para essa prática de treino em dupla que vem ganhando cada vez maios espaço tanto nas ruas, quanto nas academias também.

Certeza para quem é ativo em seus exercícios semanais vez ou outra bate uma preguiça, cansaço e até mesmo falta de estimulo, ai você pensa se vai treinar ou ficar em casa no sofá, ou ir no barzinho ou até mesmo ficar trabalhando até tarde, mas quando você tem uma parceria em seus treinos, sendo ele em dupla ou mesmo em pequenos grupos, diminui essa chance de você se boicotar.

Vou listar aqui alguns pontos positivos de treinar sempre com alguém do seu lado:

– Incentivo nos resultados: o treino se torna mais dinâmico, proporcionando um melhor desempenho, trazendo mais benefícios em seus resultados.

– Competição saudável: com essa “disputa” de resultados, você sempre tenta superar seus limites, o que não acaba acontecendo com tanta intensidade quando realizamos os exercícios individualmente.

– A companhia: é notório que ao realizar qualquer atividade em dupla ou grupos, sejam relacionadas a treinos físicos ou não, adquirimos maior motivação, vencendo nossos limites, aumentando a adesão por maior período de tempo do que se estivéssemos realizando tais atividades individualmente.

A parceria também se torna um olhar crítico sobre a execução dos exercícios para corrigir erros de postura e motivar sempre naqueles momentos de cansaço. Agora sem desculpas e mão na massa. Vamos treinar!

Por

Rodrigo Bender

Personal trainer

Fibromialgia e a melhora da qualidade de vida com o exercício físico

Olá, galera! Hoje irei falar de uma doença que não tem um diagnóstico muito fácil de ser encontrado, mas quando identificado e sendo tratada por uma equipe multidisciplinar, a qualidade de vida pode melhorar muito.
Fibromialgia pode ser definida como uma síndrome dolorosa crônica, não inflamatória, de etiologia desconhecida, que se manifesta no sistema musculoesquelético, podendo apresentar sintomas em outros aparelhos e sistemas. Sua definição constitui motivo de controvérsia, basicamente pela ausência de substrato anatômico na sua fisiopatologia e por sintomas que se confundem com a depressão maior e a síndrome da fadiga crônica. A sua prevalência é de aproximadamente 2% na população geral, ela é responsável por aproximadamente, a proporção de mulheres para homens é de aproximadamente 6 a 10:1, tem sua maior prevalência entre as idades de 30-50 anos. (Sociedade Brasileira de Reumatologia, 2 de março de 2004, Provenza JR, Pollak DF, Martinez JE, Paiva ES, Helfenstein M, Heymann R, Matos JMC, Souza EJR).
O exercício físico apresenta um efeito analgésico por estimular a liberação de endorfinas, funciona como antidepressivo; e proporciona uma sensação de bem-estar global e de autocontrole.
Todos sabemos que os exercícios são importantes e fazem parte do tratamento para qualquer tipo de patologia, mas nesse caso devemos tomar mais cuidado pois se trata de dores constantes, causadas por vários fatores. Quando recebo algum aluno que pode ter essas características, o mais importante é saber identificar e saber conversar com o mesmo para traçar a melhor forma de ajuda-lo. A fisioterapia tem um papel muito importante no início do
tratamento. Pois o fisioterapeuta ajuda com o tratamento para diminuir as tensões causadas pela dor melhorando a funcionalidade do corpo, permitindo a possibilidade de o mesmo conseguir realizar os exercícios.
O cuidado na prescrição dos treinos deve ser redobrado, pois nem sempre o aluno conseguira realizar o treino com as mesmas intensidades devido as dores, ter acesso ao estilo de vida e suas funções em seu dia a dia ajuda a montar o planejamento dos exercícios.
Como todo treino deve ter um início de adaptação, caminhadas, hidroginástica, natação, hidroterapia (com Fisioterapeuta) e até mesmo exercícios de carga precisam ser prescritos com uma pratica aconselhada de, no mínimo, três vezes na semana, com duração de 30-40 minutos ou conforme suportar as dores e desconforto.
Entenda que por se tratar de um diagnóstico um pouco mais difícil de ser encontrado, ter paciência, não desistir e saber procurar profissionais capacitados lhe trará uma qualidade de vida sempre melhor!
Espero ter ajudado, grande abraço!

Rodrigo Bender

Personal trainer

Exercício físico para vencer a depressão


Por: Marianne Thieme Meyer

Infelizmente a depressão se tornou uma patologia comum, com certeza você conhece alguém, ou até mesmo você, que teve ou tem esse diagnóstico. Primeiro passo com certeza é procurar um médico e ajuda de terapia psicológica, porém o exercício físico é um aliado poderoso para o controle e cura desse mal.
Conforme uma pesquisa de doutorado realizada no Hospital de Clínicas de Porto Alegre, pelo profissional de Educação Física Felipe Schuch, para avaliar os efeitos de adição de exercício físico ao tratamento usual de pessoas com depressão grave, os sintomas da doença foram aliviados devido a prática regular de exercícios aeróbicos.
Segundo Felipe “acredita-se que o efeito ocorra em função do aumento da capacidade de regeneração neuronal e, potencialmente, da regulação dos marcadores de inflamação sistêmica, que parecem estar alterados em pessoas com depressão.” (Fonte: Revista Educação Física nº 65)
A falta de ânimo é um sintoma comum nos pacientes com depressão, por isso a ajuda de amigos e familiares para incluir o hábito do exercício físico na rotina se torna fundamental. Ter um parceiro de treino estimula o paciente a manter a prática do exercício e ainda torna as sessões mais divertidas.
Outra opção é ter um treinador físico particular (personal trainer). Esse profissional pode ajudar de diversasmaneiras:

1. Compromisso: ter um profissional a disposição diminui as abstenções nas sessões de treinamento.

2. Motivação: o profissional é preparado para estimular, motivar e conscientizar o aluno da importância da prática de exercícios físicos, isso facilita a manter o hábito da atividade física no cotidiano.

3. Resultado: com um profissional planejando as sessões de treinamento, ajustando as cargas, orientando e corrigindo durante os exercícios, fica mais rápido alcançar os objetivos, otimizando os resultados.

Não deixe o desânimo dominar sua vida, busque ajuda, física e espiritual. Você pode vencer a depressão. A equipe do Studio Top Physical acredita nisso e está pronta para te ajudar.

Agende sua visita.

Pilates Day acontece no próximo sábado (06 de maio) em Balneario Camboriú

Dia 02 de maio é comemorado o dia do Pilates, ou Pilates Day, como é conhecido em vários lugares do mundo, inclusive no Brasil. Um evento criado pela PMA (Pilates Method Alliance) onde amantes do pilates se reúnem para levar o Pilates às comunidades, a fim de mobilizar a população para a prática da atividade.

Anualmente, no primeiro sábado do mês de maio acontece a comemoração do Pilates Day. O evento é realizado ao redor do mundo e promove aulas e diversas atividades gratuitas. O objetivo é difundir a técnica e mostrar os inúmeros benefícios do Pilates para o bem estar e para a saúde. Hoje a cidade de Balneário Camboriú com sua beleza natural voltada a prática de atividades físicas ao ar livre nos motivou a fazer parte deste ciclo mundial e lançar a primeira edição do Pilates Day na nossa cidade.

O objetivo do  evento é mobilizar mais pessoas para conhecer o Pilates, apresentando a técnica e seus inúmeros benefícios. E para celebrar esse dia, reunimos 15 estúdios de Pilates para organizar a primeira edição do Pilates Day de Balneário Camboriú.

Local: Praça Almirante Tamandaré Horário: 8h30 as 11h
Público-alvo: A comunidade e convidados.
Inscrições: · Gratuitas · As primeiras 100 pessoas ganharão uma ecobag, uma camiseta e uma bola.
O que vai acontecer: · 8h30 início das inscrições
9h00 abertura do evento,  9h15 prática da aula de Pilates, 10h15 sorteio de brindes, 10h30 encerramento do evento.

A aula de Pilates acontecerá no solo com o uso do acessório bola, ministrada pelos instrutores dos estúdios de Pilates envolvidos na organização.
A comunidade receberá orientação e demonstração dos exercícios. A aula de Pilates durará em torno de 50 minutos.

Pilates Day 06 de Maio Balneario Camboriú

Você é nosso convidado especial para participar de uma deliciosa aula de Pilates ao ar livre.
– Data: 06/05/2017
– Local: Praça Almirante Tamandaré (o evento acontecerá independente das condições climáticas)
– Horário: 8h30
Evento gratuito, onde as primeiras 100 pessoas ganharão um kit contendo: camiseta, ecobag e bola. – inscrições no local;
Crianças acima de 10 anos e idosos (que consigam sentar no chão) também poderão participar.

Chame sua turma e venha curtir uma manhã diferente conosco!