Por que não consigo emagrecer?

Olá, galera! Hoje nosso assunto é sobre as dificuldades de quem quer emagrecer e não consegue, seus desafios e como o exercício pode ajudar nesta batalha.

Você com sobrepeso e ou obeso é um fator complexo, que envolve diversos fatores sociais, familiares, biológicos, econômicos e emocionais que interagem entre si. A má alimentação, o consumo de dietas inadequadas, os estilos de vida sedentários, a tendência natural para o excesso de peso, a facilidade com que se encontram alimentos calóricos, os hábitos familiares, a correria do dia a dia e o aumento do tamanho das porções dos alimentos facilitam a ocorrência da obesidade. (Programa de Mestrado e Doutorado em Psicologia, UCDB – Campo Grande, MS).

Esses fatores fazem com quem batalha em busca do emagrecimento se torne algo muito difícil e complicado, questões socioeconômicas são consideradas prejudiciais no processo do emagrecimento. A falta de dinheiro e de tempo para adquirir e preparar alimentos mais saudáveis leva ao consumo de alimentos de fácil preparo, altamente calóricos e gordurosos.

Segundo Scagliusi e Palacow (2006), o aumento na frequência de ingestão alimentar pode ajudar no controle do peso corporal, por controlar a sensação de fome e promover uma diminuição da quantidade dos alimentos nas refeições subsequentes.

Nossas células de gordura secretam várias substâncias, entre elas a leptina, hormônio responsável em levar ao nosso cérebro-hipotálamo sinais de saciedade, podem levar de 20 a 40 minutos para essa mensagem ser “recebida” pelo cérebro avisando que estamos satisfeitos e podemos concluir nossa refeição, esta ai um dos motivos que devemos aprender a saborear a comida, comer mais devagar, não é a quantidade que “mata nossa fome”, mas, sim, o tempo
que levamos para comer, consumindo assim somente a quantidade suficiente de alimentos para nos manter saudáveis e controlar o peso corporal.

Em relação a genética, a tão conhecida “tendência em engordar” deve ser respeitada, mas não é uma receita de bolo: família obesa, filhos obesos. Por meio de mudanças comportamentais e exercícios podemos combater o desanimo, falta de estimulo causado pelo excesso de peso, uma sessão de treino de ajuda a liberar muitos hormônios (serotonina, adrenalina, GH) capazes de melhorar sua autoestima, e trazer resultados que faça você cada vez mais se empenhar com seus progressos.

Espero ter ajudado!

Por

Rodrigo Bender 

Personal Trainer

Academia Estação Azul

47 3045-3139  | Centro – Itajaí

Facebook e Instagram: estacaoazul.com.br 

Obesidade

Olá, galera! Hoje vamos falar sobre a obesidade na infância e adolescência, quais tipos de exercício aeróbico pode ser mais eficiente para o emagrecimento.

A obesidade é uma doença crônica, e independente da fase da vida que nos encontramos, bebes, criança, adolescência e fase adulta ela é caracterizada pelo acúmulo excessivo de gordura corporal em decorrência de um balanço energético positivo (excesso de ingestão alimentar), a falta de atividade física e exercícios orientados causam um sedentarismo muito grande, tornando o indivíduo com sobrepeso e ou obeso.

No Brasil, a obesidade acomete cerca de 14% dos adolescentes, e ao contrário do observado em décadas anteriores, atualmente, verifica-se uma manutenção da prevalência de obesidade (Effects of different intensities of aerobic training on body composition in obese adolescentes).

Assim, o acompanhamento e monitoramento do aumento de peso e tecido adiposo nas fases de criança, adolescência e puberdade é de essencial importância, tendo em vista que, durante este período do desenvolvimento, a composição corporal é um potente preditor da massa corporal na fase adulta, podendo sim ser um adulto com sobre peso e ou obeso. (Effects of different intensities of aerobic training on body composition in obese adolescents Priscyla Praxedes Gomes¹ Humberto José Gomes da Silva1 Camila Tenório Calazans de Lira1 Mara
Cristina Lofrano-Prado2 Wagner Luiz do Prado)

Portanto, devemos o quanto antes conseguir identificar essas necessidades e incentivar cada vez mais as crianças a brincarem a moda antiga, correr, andar de bicicleta, pega-pega, pular corda, assim como os pais devem ter atitudes dentro de sua família onde existem muitas atividades, e apenas ficar assistindoTV, Netflix e eventos onde apenas o “sedentarismo” esteja próximo.

Agora que já identificamos os grandes causadores da obesidade nessa fase de desenvolvimento, vamos tentar entender como podemos através dos exercícios aeróbicos e quais os melhores protocolos para combater essa etimologia.

Na próxima edição irei trazer um artigo falando sobre os benefícios e resultados por meio de três protocolos de treinamento aeróbico.

Espero ter ajudado, grande abraço.

Por

Rodrigo Bender

Personal trainer

Academia Estação Azul

estacaoazul.com.br 

47 3045.3139 | Centro | Itajaí