AFINAL, A MENOPAUSA ENGORDA?

Na realidade a menopausa facilita o ganho de peso, o acúmulo de gordura visceral e de percentual de gordura corporal.

A queixa mais comum é o ganho de peso, mudança da circunferência abdominal, dificuldade na perda de peso e em fazer dieta.

E POR QUE ISSO OCORRE?

O principal hormônio relacionado aos sintomas e às consequências da menopausa é o estradiol. Com o fim da nossa reserva ovariana, nossos ovários cessam a produção desse hormônio, além de não produzirmos mais a progesterona e de haver uma queda na produção de testosterona. Apesar de serem chamados de hormônios sexuais, não é apenas nessa área que eles atuam.

O estradiol tem papel importante na manutenção da massa óssea, na proteção cardiovascular, na memória, no metabolismo da glicose e dos lipídios. Além disso, ele atua nas células de gordura, no hipotálamo – no centro da fome e saciedade e nos níveis de serotonina (neurotransmissor da felicidade).

Portanto, a falta deste hormônio afeta todas essas áreas, levando ao aumento de gordura, principalmente em região abdominal. Isso aumenta o risco cardiovascular e a resistência insulínica.

Há também sintomas de fogachos, insônia, irritabilidade e cansaço. Todas essas alterações aumentam a ansiedade e a busca por alimentos chamados de “comfort food”, basicamente ricos em carboidratos, que aliviam a ansiedade e oferecem uma sensação de bem-estar.

E como fugir de tudo isso? A resposta é muito parecida com os posts dos meses anteriores. Bons hábitos! Costumo explicar para as pacientes que, nesta fase, nosso corpo não nos ajuda como antes. O cuidado com nossa saúde precisa ser dobrado, não apenas pela estética, mas pela saúde, qualidade de vida e prevenção de doenças como osteoporose e doença cardiovascular.

Portanto, alimentação equilibrada, exercícios regulares, cuidar da saúde mental, fazer boas escolhas na vida (trabalho, companhias) e na alimentação são a chave para um envelhecimento saudável.

Além disso, existe a reposição hormonal, que ajuda a melhorar os sintomas do hipoestrogenismo e prevenir muitas dessas alterações metabólicas relacionadas com a falta dele.


Dra. Natália Roberta Andrade Dalla Costa

Ginecologia | CRM/SC 18370 | RQE: 13342

@dranataliaginecologista

• Atendimento em Ginecologia e Estética íntima na Clincare 

Avenida Joca Brandão, 265. Centro, Itajaí.  📱 (47) 9 9753-0185

• Atendimento em Estética Íntima na Lipolaser 

Rua 600, 349. Centro Balneário Camboriú 📱 (47) 9 9164-3811

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s