Praticar esportes com varizes: é possível?

Além de serem esteticamente desagradáveis, as varizes também são um incômodo por conta da sensação de dor, formigamento, queimação e o inchaço que causam no paciente. Em média, 70% de brasileiros que sofrem com este problema. Veias dilatadas, alongadas e tortuosas (nas pernas e pés), são causadas pelo mal funcionamento das veias em enviar o sangue de volta ao coração. O problema maior da patologia é o risco de evoluir para doenças mais graves, como a trombose, que interferir diretamente na qualidade de vida e autoestima do paciente – isso porque, o paciente, não consegue dormir por causa das dores e evita certas vestimentas. Essas são dificuldades corriqueiras para quem sofre com doenças venosas.

Dentre os muitos fatores que levam ao surgimento das varizes, como idade avançada, fumo, uso de anticoncepcionais, gestação e predisposição genética a doenças venosas) deve-se estacar o sedentarismo e a obesidade – o que não significa que pessoas fora deste grupo de risco estejam imunes à doença. Segundo o último levantamento do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), realizado em 2015, 100,5 milhões de brasileiros acima de 15 anos não praticavam nenhum tipo de atividade física.

Além de ser importante na prevenção das varizes (e de muitos outros problemas físicos e/ou psicológicos), o esporte pode ser uma maneira de ajudar no tratamento das indesejáveis dores. Os esportes mais indicados são os que exigem maior desempenho aeróbio, como corrida, caminhada, ciclismo, futebol e vôlei, por exemplo – enquanto levantamento de peso, remo e vela são algumas das atividades não recomendadas para este tipo de caso.

As meias de compressão, que são eficazmente usadas como método de prevenção e tratamento das varizes, podem ser também ser utilizadas para a melhora da circulação durante as atividades físicas. Além de estimularem o retorno venoso e, assim, combater as varizes, as meias amenizam as dores pós-treino causadas pelo acúmulo de ácido lático no sangue – colaborando, assim, para uma melhor oxigenação de todo o organismo e, consequentemente, facilitar a dispersão do ácido lático liberado.

Além da linha Medical, que conta com diferentes modelos que atendem a todos os tipos de pacientes, a Sigvaris, empresa suíça líder em compressão graduada, possui também a linha Sports, com meias e polainas que ajudam na prevenção e tratamento das varizes – e contribuem, também, para um melhor desempenho do atleta. Associado a isso, é importante que o atleta cuide da circulação após à prática esportiva também. Por isso, recomenda-se o uso das meiasRecovery, ideais para o pós-treino, que amenizam as dores e diminuem a fadiga, a dor e o cansaço causado pelo exercício e aceleram a recuperação muscular.

A linha conta com a meia Performance (compressão 20-30 mmg), nas cores preto e branco, a polaina Pulse Road (compressão 20-30 mmHg), disponível nas cores preto, branco, azul, rosa, verde e laranja e a meia Recovery (compressão 15-20 mmHg), que pode ser encontrada nas cores preto e branco. Em caso de doença varicosa, consulte um especialista para avaliar qual atividade física e modelos de meia são mais adequados.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s